Top 15 Episódios “The Originals”

Top 15 Episódios “The Originals”

The Originals” é uma série spin-off do mundo de “The Vampire Diaries”. A família Mikaelson depressa conquistou os fãs da série original, logo justificou-se desenvolver a sua própria história. Aliás, a série original perdeu qualidade depois da saída dos carismáticos Mikaelson, e a série dos mesmo surpreendeu pela qualidade. Uma série com bons diálogos e boas cenas de ação, na qual também não faltou traições, guerra, mas também amor e amizade. E, nos fez apaixonar pela cidade Nova Orleães, pintada com as cores da sua rica cultura (o Jazz, a gastronomia, o Mardi Gras…), e conhecida também pelas lendas que por lá se sussuram. A série chegou ao fim, talvez não no seu melhor, mas podemos sempre recordar alguns dos melhores episódios. Esta é a nossa amostra (BeautifulDreams e MoreThanEntertainment) de alguns dos melhores episódios.

 

15) 3X04 “A Walk on the Wild Side”

De forma a descobrir o que o seu colega, Tristan, está realmente a fazer em New Orleans, Elijah considera marcar presença numa gala. Organizada por um grupo de vampiros anciões, conhecidos como Strix, Hayley decide ir com Elijah ao evento.

14) 2X1 “Rebirth”

Hayley esforça-se para compreender os seus novos poderes. Marcel junta-se a Klaus para a vingança sobre os lobos. Esther está ocupada a planear os seus objetivos. Todos querem controlar a cidade.

13) 1X6 “Fruit of the Poisoned Tree”

Quando Klaus descobre que a vida de Hayley está a ser ameaçada, ele assume medidas extremas para protege-la e ao seu bebé. Cami pede ajuda ao Padre Kieran, quando ela própria está a ter dificuldades em lidar com os trágicos eventos do seu passado. Marcel visita um antigo amigo por um conselho, enquanto Davina tenta controlar a sua magia.

12) 2X19 “When the Levee Breaks”

Preparando um palco para um confronto sangrento, Dahlia dá a Klaus e Hayley um prazo para entregar a bebé Hope. Elijah tenta convencer Klaus para trabalharem juntos na luta contra Dahlia. Mas, Klaus já tem um plano e decide agir sozinho, preocupando todos. Entretanto, Hayley apercebe-se que as hipóteses de enganar Dahlia são escassas e decide pedir ajuda a Aiden. Freya oferece a Rebekah e Elijah um ultimato, e Marcel cria estratégias para melhor lidar com os possíveis erros de Klaus.

11) 2X9 “The Map of Moments”

Rebekah convence Klaus e Elijah a fazer parte de uma tradição de família da infância dos irmãos.

10) 1X11 “Après Moi, Le Déluge”

Quando Davina fica drasticamente doente, as repercussões rapidamente começam a afetar o French Quarter. Marcel, Klaus, Elijah e Rebekah apressam-se a procurar uma solução. Sophie aproxima-se com algumas revelações sobre o Harvest Festival e apresenta um plano drástico para salvar Davina. Por último, uma sequência de acontecimentos violentos abalam o French Quarter.

9) 3X18 “The Evil Comes Here and Sighs”

Enquanto a cidade celebra o Jazz Fest, uma equipa de inimigos dos Mikaelson junta-se para tornar Klaus prisioneiro. Decidido a recuperar o irmão, Elijah e Freya confrontam uma poderosa força nunca antes vista. Enquanto Cami e Hayley aceitam o próprio risco de resgatar Klaus. Entretanto o comportamento errático de Kol, alerta Davina que decide pedir a ajuda de Marcel e Vincent

8) 4X1 “Gather Up the Killers”

No quinto aniversário da derrota dos Mikaelson, Marcel é o rei da cidade e dá as boas-vindas a novos vampiros. Descobre que desobedecem às suas regras, levando-o a procurar ajuda a uma fonte improvável.

7) 5X12 “The Tale of Two Wolves”

Com Hope a enfrentar uma situação de vida ou morte, Klaus viaja a Mystic Falls à procura da ajuda de Caroline. Com a tarefa de manter a sobrinha, despreocupada com a sua situação, Elijah apercebe-se de algo infeliz. Entretanto na Escola Salvatore para Jovens Especiais, um encontro com Alaric Saltzman pode abalar o plano de Klaus.

6) 2X21 “Fire with Fire”

Após descobrir que está a ser traído pelos próprios irmãos, Klaus junta-se contra um improvável aliado, e lança uma onda de vingança. Com a notícia da fuga de Klaus, Elijah, Rebekah e Freya avançam com o plano sobre Dahlia, para destrui-la de uma vez por todas. Entretanto, Hayley e Jackson tentam escapar pelo bayou. Marcel sente-se ameaçado. Davina é presenteada com uma oferta que pode trazer Kol de volta.

5) 4X13 “The Feast of All Sinners”

Os Mikaelson encontram-se sem opções enquanto enfrentam uma força poderosa e maligna, conhecida como o Hollow. Com a vida de Hope em perigo, Vincent propõe um plano desesperado.

4) 5X8 “The Kindness of Strangers”

Quando surgem questões urgentes em New Orleans, os irmãos Mikaelson são forçados a manter de fora as suas diferenças e trabalhar em conjunto para escapar à “Chambre de Chasse”

3) 3X14 “A Streetcar Named Desire”

A inesperada chegada de Stefan Salvatore pode ser a chave para ajudar Freya a resgatar Klaus e Elijah de uma armadilha mágica.

2) 3X22 “The Bloody Crown”

Após meses a evitar ameaças perigosas e confrontos sangrentos, os irmãos Mikaelson finalmente encontram-se com a única pessoa que lhes poderia levar à morte final. Com as apostas altas, Klaus é exposto ao seu julgamento. Anos e anos de atrocidades que cometeu. Entretanto Marcel, que está fora de controlo nos últimos dias, aceita o acto de traição para aqueles próximos dele. Finalmente Elijah, Freya e Kol freneticamente procuram por uma solução que os possa salvar a todos.

1) 1X22 “From Cradle to Grave”

Enquanto a data do nascimento aproxima-se, Klaus e Elijah embarcam na procura de Hayley. Enquanto isso, a loba procura de todas as maneiras manter o bebé a salvo das bruxas. Francesca decide reunir-se com Oliver e Jackson para determinarem o futuro dos lobisomens em New Orleans. Davina e Cami juntam forças para destruir Klaus. Finalmente, na decisão de proteger aqueles que ama, Klaus opta por uma decisão de partir o coração.

“Always and Forever”

 

Anúncios

The Originals

The Originals

O spin-off da série “Diários do Vampiro” conseguiu superar o seu mestre. Tal como já acontecera com “Buffy a Caçadora de Vampiros” e “Angel“. Enquanto que o primeiro ainda se focava em assuntos e protagonistas mais adolescentes, no segundo é apresentado uma narrativa mais madura e com mais sobriedade. Durante cinco temporadas acompanhamos o destino da família de Originais após a saída da série.  Num episódio de apresentação do spin-off é evidenciado que Klaus (Joseph Morgan) e Elijah (Daniel Gillies) mudam-se para New Orleans para reconquistarem o espaço que outrora fora deles, agora governado pelo vampiro Marcel, noutros tempos protegido da família Mikaelson. Contudo esta não é uma narrativa sobre recuperar impérios perdidos, mas sobre uma nova esperança para esta família. A lobisomem Hayley Marshall (Phoebe Tonkin) descobre que está grávida do híbrido Klaus, algo que se considerava impossível acontecer. O bebé milagre será a salvação e a destruição da família mais antiga e poderosa.

Resultado de imagem para the originals gif

O tópico sobrenatural é um foco constante. Vampiros, bruxas, lobisomens, um trio de seres diferentes mas que pretendem habitar no mesmo espaço. Tal cria conflitos de interesse e cada raça é posta à prova várias vezes. Inicialmente não são os interesses das personagens que são valorizados, mas sim este background  de conflitos com as espécies.

The Originals” conseguiu superar a sua série criadora, pois não valorizou temas supérfluos, foco-se na família e na amizade. Além disso a abordagem geral foi bastante positiva e conseguia cativar os espectadores a cada episódio. As personagens também são interessantes e apresentam pontos de vista positivos para o desenvolvimento da narrativa.

Resultado de imagem para the originals gif

Admito que não fiquei logo apaixonada pela série desde o primeiro episódio, mas logo os ritmos do jazz de New Orleans captaram a minha atenção. Depois de uma boa primeira temporada entre os conflitos das raças sobrenaturais, somos abordados com uma segunda temporada melhor. Segredos passados da família são desvendados e novos elementos adicionados aos Mikaelson. Na terceira temporada uma profecia deixa os protagonistas no limiar da loucura e não sabemos em quem confiar. A partir daí o número de episódios diminuiu e a qualidade também. Quanto ao final, na minha consideração merecia um melhor. Os produtores estavam apenas preocupados em fazer uma introdução ao próximo spin-off, “Legacies” do que terminar esta fantástica narrativa, que mais que tudo era história sobre família. “The Originals” foi considerada das melhores séries de sobrenatural da actualidade, e apesar de este foco estar bastante saturado, ainda é possível acrescentar algo de novo.

Séries que vão terminar em 2018

Séries que vão terminar em 2018

2018 será o ano de despedida de algumas séries de televisão. Estas são a que mais vamos sentir falta. Até ao momento estes foram os finais anunciados. Qual é a que te vai custar mais?

The Americans

Apreciada pela crítica (e com bons motivos) “The Americans” vai chegar ao fim. Os produtores sempre assim o disseram, quando chegar a altura certa, terminamos. Parece que é agora. A história segue um casal de espiões soviéticos disfarçados nos Estados Unidos da América como americanos na década de 80. A sexta temporada será a última, com 11 episódios. Estreia a 28 de março.

Scandal

O drama político criado por Shonda Rhimes vai deixa-la mais à vontade quando terminar. Olivia Pope uma das gerentes de crises da Casa Branca vai terminar a sua estadia na televisão na sétima temporada que já exibiu sete episódios em 2017. Vai voltar agora para mais onze.

House of Cards

A série que catapultou a Netflix para a fama, vai chegar ao fim. Após o escândalo com o ator Kevin Spacey, o que resultou no seu despedimento, “House of Cards” terá apenas só mais uma temporada.  Esta será apenas focada em Claire (Robin Wright), mas ainda sem data de estreia.

Nashville

Após seis temporadas baseadas em música country, “Nashville” tem o seu fim contado com 16 episódios. Muito drama e música à mistura foi o que esta série nos ofereceu nestes anos.

New Girl

A série de comédia da FOX protagonizada por Zoey Deschanel vai terminar na sétima temporada com oito episódios. Será assim o desfecho das aventuras de Jess. A estreia será no dia 10 de abril.

The Originals

Um ano depois do fim da série-mãe, “Vampire Diaries” será a vez de “The Originals” chegar ao fim. A história dos vampiros originais tentarem recuperar a sua cidade vai terminar com 13 episódios na quinta temporada, provavelmente no início da primavera. Além disso a criadora Julie Plec não descartou a possibilidade de continuar com mais um spin-off sobre os vampiros.

12 Monkeys

Esta adaptação do clássico de ficção científica de Terry Gilliam com Bruce Willis esteado em 1995 vai finalizar a história do homem mandado para o passado (nosso presente) com o propósito de encerra o desfecho de uma praga mortal que irá extinguir a Humanidade. Segundo o canal Syfy a quarta será a última.

The Fosters

A história da família adotiva mais diversa da televisão vai terminar após cinco temporadas, já no início do ano. No entanto a emissora Freeform anunciou que irá começar um nosvo spin-off da série com a presença de Callie (Maia Mitchell) e Mariana (Cierra Ramirez).

Veep

A série de comédia política da HBO vai terminar este ano. O canal televisivo já anunciou que a sétima temporada desta série vencedora de vários prémios será a última. A protagonista Julia Louis-Dreyfus explicou a decisão de concluir a produção: “Nós não queremos repetir-nos ou desgastarmo-nos”. Contudo recentemente também anunciou que estava a enfrentar um cancro da mama e iria começar os tratamentos.

Séries que ando a ver – Parte 2

Séries que ando a ver – Parte 2

Neste post vou fazer um update sobre as séries que ando a ver ultimamente. Saem umas, entram logo outras. Nesta lista excluí os animes, entretanto depois também posso fazer um post sobre esse tema. Também aqui só estão as séries que de momento está no ar a temporada, ou então as que eu estou a seguir e que já terminaram.

Series que ando a ver-3

The Walking Dead – Já sigo há imenso tempo esta série e não é agora que vou parar. Aliás já me afeiçoei às personagens e não é agora que as vou largar. A história ainda consegue ser interessante, apesar de não concordar com muitas das decisões. Pobre Carl.

The Originals – Esta é recente, ainda só comecei a vê-la há uma semana. O spin-off de Os Diários do Vampiro, mantém o mesmo carácter sobrenatural, mas não tão adolescente. Soube que vai terminar este ano, mas ainda tenho muito para ver antes de aí chegar.

Once Upon a Time – Na minha opinião esta série já deu tudo o que tinha para dar. Nada de novo tem surgido nesta nova temporada. A maioria das personagens saíram e entraram outras novas. Ainda a continuo a ver porque tem aquele carácter de fantasia e é da autoria da Disney.

Anatomia de Grey – O meu guilty pleasure de fim-de-semana. Mesmo após anos a ver esta série, ainda consegue fascinar-me. O elenco não é tão forte como o das primeiras temporadas, mas lá se mantém.

Empire –  Comecei a seguir esta série nas férias do ano passado. Ultimamente não tem dado uma para a caixa. A narrativa dos episódios é cansativa e as personagens com histórias desinteressantes. Espero que termine nesta temporada. O que vale é a banda sonora que continua cinco estrelas.

Series que ando a ver-1

Narcos – Segui as duas temporadas anteriores, mas esta está a demorar mais a arrancar. Como os episódios são demoradas, por vezes é difícil conciliar o tempo. A história baseada em eventos reais é fantástica e até conseguem uma qualidade cinematográfica em cada episódio. A não perder.

This is Us – Adoro dramas familiares, mas This is Us não é uma série comum. Consegue por os nossos sentimentos à flor da pele. Acreditem quando vos digo que passo o episódio inteiro com lágrimas nos olhos. Aguardo sempre todas as semanas por um episódio novo.

Supernatural – Estes dois já passaram por tudo e eu estive sempre a acompanhar os bons e maus momentos durante estes anos todos. A série ainda se mantém muito devido aos fãs, mas os argumentistas fazem um bom trabalho com a qualidade dos guiões.

Gotham – Confesso que já começo a ficar cansada desta série. A história demasiadamente apressada e vilões aos molhos, danifica a qualidade da narrativa. Ainda continuo porque estamos a falar do Batman. Tenho cá para mim que não vai durar muito mais.

Rescue Me – Esta série já terminou. Comecei a vê-la porque lembro-me de assistir a alguns episódios na televisão e gostar. Contudo como não é muito popular, apesar das sete temporadas que teve só consigo vê-la online e nem sempre é fácil encontra-la. Por isso estou atrasada, já que comecei a vê-la há um ano.

Series que ando a ver-2

Sabrina a Bruxinha Adolescente – Esta série de 20 minutos é a minha felicidade antes de ir dormir. Um episódio de Sabrina anima o dia por mais crappy que tenha sido. Vi isto em miúda, mas a qualidade mantém-se. Adoro as piadas do gato Salem e o humor maduro da protagonista.

Ficheiros Secretos – Esta série vão assistindo quando posso. É um tapa-buracos, posso assim dizer. Quando não tenho nada para ver assisto a um episódio de X-Files, já que os episódios não seguem uma história linear, mas sim casos diferentes. Se continuam a fazer mais temporadas, por este andar nunca mais termino.

Dois Homens e Meio – Uma série de comédia que também gosto muito. Como estou naquela parte em que saiu o Charlie Sheen tem sido um pouco complicado de arrancar. Fiz uma pausa para começar um anime, e ainda não arranquei. Mas este ano tenho de terminar.

 

Novas estreias e novos horários

O canal CW está em renovações. Devido à entrada de novas séries, algumas séries, outras terão o seu horário reajustado. Foi confirmado a estreia de DC Legend’s of Tomorrow para 21 de Janeiro de 2016. Vampire Diaries e The Originals serão agora transmitidas à quinta-feira quando recomeçarem a 29 de Janeiro para a mid-season. E a série The 100 terá destaque como a DC Legend’s of Tomorrow em horário-nobre.