A Noite de Todas as Almas

A Noite de Todas as Almas

As séries sobre o universo sobrenatural podem já ser consideradas de saturadas na televisão. Mas de vez em quando aparece algumas que ainda nos surpreendem. ” A Noite de Todas as Almas” criada por Sarah Walker, Alice Troughton e Juan Carlos Medina já tem uma temporada completa e a segunda já está em desenvolvimento. Baseada nos livros de Deborah Harkness, conhecemos a história de Diana Bishop uma bruxa que tenta viver uma vida normal, mas rapidamente é “arrastada” para uma crise entre bruxas, vampiros e demónios. A única pessoa viva a descobrir o livro de Ashmore, conhecido como o Livro da Vida, onde explica a origem das espécies. Diana está em perigo, até ao dia em que conhece o sedutor e misterioso, Matthew Clairmont, um vampiro muito antigo que começa a sentir-se atraído pela jovem bruxa. Mesmo quebrando todas as regras das espécies, os dois apaixonam-se.

Imagem relacionada

O argumento bem lógico convida o espectador às lindas paisagens históricas de Londres, em Oxford, Veneza e França. Com um ambiente muito europeu, mas confiante de linhagens passadas. Enquanto acompanhamos o rumo das personagens somos abordados com temas interessantes da História. A narrativa bem escrita e completa deixa-nos de coração aos saltos com esta história sobre o sobrenatural e muito misteriosa. Um romance que se torna empolgante e seduz o público.

Teresa Palmer (Lights Out) é Diana Bishop, uma bruxa que ainda não conhece bem o seu poder completo. Sofre por ser orfã, mas tem a ajuda das tias. Acredita que consegue viver sem magia, mas as suas habilidades tem uma forma especial de aparecem quando menos espera. Curiosa e corajosa, apaixona-se por Matthew. Matthew Clairmont é interpretado por Matthew Goode (Downton Abbey) um inteligente vampiro que procura a cura para a mortalidade da espécie. Encontra em Diana aquilo que se proibiu a ele próprio ter. No entanto ajuda-a nesta jornada de descoberta pelos segredos dos antepassados da Congregação das espécies. Goode apresenta uma seriedade à personagem, mantendo a sua postura e charme de cavalheiro. Já Palmer apresenta o sentimento à série, no entanto não tem o medo de arriscar e descobrir mais sobre o seu passado.

Resultado de imagem para a discovery of witches gif

A Discovery of Witches” em título original tem apenas 8 episódios, mas muito completos. Já foi renovada para a segunda e terceira temporada. Não esperava outra coisa, depois daquele final que nos deixou a chorar por mais. Esta série de fantasia tornou-se o drama mais visto do ano passado e não estou admirada. Um problema que apresento é que focam-se mais no clã das bruxas, os vampiros não tem medo do sol e dos demónios pouco se sabe, pois na verdade quase parecem humanos. Contudo muitos mistérios ficaram por desvendar e acredito que nada está certo e muito vai acontecer. Podem assistir à série na HBO Portugal.

Anúncios

Uma Escolha Por Amor

Uma Escolha Por Amor

Título: The Choice
Ano: 2016
Realização: Ross Katz
Interpretes: Benjamin Walker, Teresa Palmer, Alexandra Daddario, Tom Welling…
Sinopse: Travis e Gabby conhecem-se como vizinhos, numa pequena cidade na costa e começam uma relação que vai ser desafiadas pelos mais complicados eventos.

Uma história de amor banal que junta Travis e Gabby. Como vizinhos odeiam-se, ele põe a música alta no seu jardim e ela só reclama. Evidente que existe faísca entre ambos. Ela tem namorado, e ela tem e não tem. Depois de um convite informal e uma viagem de barco com direito a churrasco na praia decidem avançar no amor. Gabby é uma mulher comprometida, mas deixa o namorado por Travis. No início do filme percebemos que existe uma tragédia e que a vida de Gabby está em perigo. Tal facto irá desabar a vida de Travis.

The Choice-2

Baseado no livro com o mesmo nome de Nicholas Sparks, esta narrativa é vítima dos mais comuns clichés. Normalmente é a personagem feminina que já se encontra comprometida, até que aparece a personagem masculina com personalidade mais rebelde e a conquista facilmente. Vivem momentos felizes numa praia, principalmente, ou em campos verdes da Carolina do Norte. Eventualmente algo de trágico acontece que nos faz ir às lágrimas e coloca em risco o amor deste casal. Neste filme a história repete-se e não surpreende o espectador.

As personagens não desenvolvem com a narrativa e não se tornam carismáticas. Contudo apreciei a interpretação vivaça da atriz Teresa Palmer. “Uma Escolha por Amor” não acrescenta nada de novo e é um filme que será totalmente esquecido. Apesar de existir um forte drama, não liberta as nossas emoções. Torna-se apenas muito mediano. O blogue atribui 2,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2