Homem-Aranha: No Universo Aranha

Homem-Aranha: No Universo Aranha

Título: Spider-Man: Into the Spider-Verse
Ano: 2018
Realização: Bob Persichetti, Peter Ramsey…
Interpretes: Shameik Moore, Jake Johnson, Hailee Steinfeld…
Sinopse: O adolescente Miles Morales torna-se o Homem-Aranha da sua realidade, cruzando o caminho com cinco outros iguais a ele de outras realidades para travarem a confusão onde estão metidos.

 Um Óscar de Melhor Filme de Animação merecido. “Homem-Aranha: No Universo Aranha” é muito mais do que uma fantástica obra-cinematográfica, é uma experiência. Quase como se estivéssemos a ver a banda desenhada como um filme. A interação da imagem é sublime com um grafismo diferente e sem falhas. Muitas cores invadem o ecrã. Neste filme acompanhamos uma nova história do herói Homem-Aranha e dos seus vários universos diferentes, mas com o mesmo background. Uma abordagem resumida dos filmes, comics e todo o universo do spiderman.

Miles Morales, um adolescente com descendência negra e latina, que surpreendentemente é mordido por uma aranha geneticamente modicada e recebe os poderes de aranha. Envolvido numa difícil situação é testemunha de uma alteração das várias realidades existentes e depois de conhecer os outros como ele, ajuda-os a regressar ao lugar de cada um, mas para isso vai aprender da pior maneira a responsabilidade de ser o Homem-Aranha do seu mundo. Não só os heróis devem ser mencionados, os vilões também foram plenamente bem conseguidos.

Foi necessária uma equipa de excelentes profissionais para avançarem com este filme. Sem falhas e com uma imagem digna de excelência, o espectador fica hipnotizado com as cores vibrantes que compõe o filme. Além disso o argumento bem delineado e imprevisível torna esta obra cinematográfica numa fantástica surpresa. Num mundo saturado com filmes de super-heróis, este destaca-se pela inovação e requinte do que é original. Esta mistura de diferentes universos resultou bastante bem e considero já dos melhore filmes de heróis de sempre. Um filme bastante completo e um presente cinematográfico. Pode-se esperar muita ação, drama e comédia. Até são vários os momentos em que sentimos um arrepio na espinha, devido às fantásticas cenas apresentadas. Aconselho vivamente a assistirem a este filme e principalmente se fores fã de banda desenhada. O blogue atribui 5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Miles Morales: When will I know I’m ready?

Peter B. Parker: You won’t. It’s a leap of faith. That’s all it is, Miles. A leap of faith.

Anúncios

Michael Keaton e os passáros

Michael Keaton vai participar no filme Spider-man Homecoming?

Ao que tudo indica o ator de “Birdmam”, podem ler a crítica aqui, está em negociações com a Marvel para fazer parte do elenco do filme “Spider-man Homecoming” a estrear em julho de 2017, a notícia é avançada pelo site Variety. Ainda não é conhecida a personagem de Michael Keaton, mas espera-se que seja o vilão Vulture, ou “Abutre”, como é conhecido na versão portuguesa. O ator não aceitou de imediato o papel devido a indecisões sobre o orçamento, mas segundo o Hollywood Reporter os estúdios estão a conseguir negociar. Os valores são um caso delicado, já que no mesmo filme Robert Downey Jr. vai participar como Homem de Ferro, sendo o tutor do Homem-Aranha.
Michael Keaton não é novato no mundo dos super-heróis, pois já interpretou duas vezes Batman no cinema. Se esta notícia se confirmar, o ator será novamente um pássaro no cinema.

michael keaton

Marisa Tomei será Tia May no novo filme Spider-Man?

marisa tomei

Agora que a Marvel e a Sony descobriram o seu Peter Parker, a escolha foi o ator Tom Hollan, a próxima personagem a fazer casting era a sua tia May. Fontes informaram à Variety que Marisa Tomei fará dessa personagem. Mas ainda não houve confirmações sobre o assunto. Os estúdios ainda estão à procura de um argumentista para se juntar a Watts. Enquanto isso podemos ver a evolução da personagem Tia May pelos anos no cinema.

Evolucao-TiaMayCom os anos tem ficado mais nova. Confesso que para mim a tia May será sempre a do primeiro filme Spider-man (2004), que também é assim representada nas bandas desenhadas. Mas também percebo que como estão a escolher cada vez um Peter Parker mais novo, a tia também assim tem de ser.