Vingadores: Guerra do Infinito

Vingadores: Guerra do Infinito

Título: Avengers: Infinity War
Ano: 2018
Realização: Anthony Russo, Joe Russo
Interpretes: Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo….
Sinopse: Os Vingadores e os seus aliados serão confrontados com uma força poderosa que pretende destruir o Universo como existe, o temível Thanos.

A promessa feita há 10 anos, foi cumprida com esplendor. A Marvel Studios conseguiu concentrar-se eficazmente em realizar um filme épico. Um culminar de experiências e expectativas que se tornaram no desejo de qualquer fã de super-heróis. Os irmãos Russo voltaram a provar a sua capacidade resumida de juntar num só filme várias personagens com origens e histórias diferentes. Anthony e Joseph Russo já nos conquistaram em filme como “Capitão América: Soldado de Inverno” e “Guerra Civil“, mas foi com “Vingadores: Guerra do Infinito” que superaram o esperado.

O filme mais longo da Marvel, quase 3 horas de duração é provavelmente aquele que reúne o melhor deste universo. Apesar das várias personagens, conseguiu destacar em tempo devido cada um destes indivíduos importantes para o desenvolvimento satisfatório desta obra cinematográfica.

O protagonismo foi mesmo bem dividido, mesmo pelas personagens principais. Homem de Ferro criou uma amizade com Dr. Strange, e Homem-Aranha. Os Guardiões da Galáxia conheceram Thor e outros Vingadores. Capitão América já não é Capitão mas ainda luta pelo mais correto aliando-se a Hulk, Black Panther e Viúva Negra. Um ponto de vista interessante, onde os Vingadores e os seus aliados lutam por um objectivo em comum, travar Thanos e a sua missão de destruir o Universo.

Vingadores: Guerra do Infinito” é claramente baseado no propósito de Thanos. Brilhantemente interpretado por Josh Brolin, esta personagem já é por muitos considerado como dos melhores vilões da Marvel. A sua missão destrutiva era composta por uma forte razão, e não destruir planetas só porque sim, como acontece normalmente com vilões do género. O que muitos argumentistas esquecem-se de atribuir sentido aos objectivos dos vilões, mas neste filme isso não aconteceu. A vontade de Thanos prevalece fundamentada de forma consistente e quase conseguimos ter sentimentos amistosos com ele.

Nesta obra cinematográfica todos os planos estão interligados e bem definidos para uma guerra final sem igual. A interacção entre as personagens é do mais interessante e inesperado de assistir. De um momento para o outro estamos a rir sobre uma citação, como já estamos com o coração nas mãos sobre o que vai acontecer. Admito que quase nem pestanejei durante todo o filme para tentar não perder um segundo. Toda a narrativa está bem fundamentada e queremos sempre ver mais e mais.

A ação decorre de maneira diferente e vários locais. O grupo de heróis está separado, mas cada um tem a sua função nesta luta. Posso dizer que a montanha russa está sempre em andamento e cada sequência é importante. Neste filme não existem momentos parados, o que se torna uma mais-valia. Sem spoilers refiro que este filme manteve um final totalmente inesperado, mas sem outra forma de terminar esta primeira parte. Como já estávamos à espera, existem certas fatalidades, mas coerentes com as necessidades do enredo. Contudo ainda muito pode acontecer e nada é certo.

Concluindo “Vingadores: Guerra do Infinito” tornou-se dos melhores filmes da Marvel Studios. O argumento bem composto, as personagens que conseguiram partilhar o protagonismo e os alicerces fundamentais, juntando com qualidade fortes momentos de ação com magia, artes marciais e ataques explosivos, com várias cenas de humor e também drama. Voltava a ver novamente o filme. O blogue atribui 4,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

 

Anúncios

O caminho até “Vingadores: Guerra do Infinito”

O caminho até “Vingadores: Guerra do Infinito”

O culminar de toda a história e todas as linhas temporais vão juntar-se neste próximo filme que estreia mundialmente a 26 de abril. Com esta técnica os produtores da Marvel previnem possíveis spoilers. Este será o maior e provavelmente o mais longo filme da Marvel alguma vez feito.  Esperam-se grandes surpresas (boas a más)  sobre o destino das nossas personagens favoritas.  No entanto algumas perguntas prevalecem. Será que Thanos vai conseguir todas as Pedras do Infinito? Se sim, a que custo?  Está tudo em aberto, e sem dúvida tudo pode acontecer.

Black Panther

Black Panther

Título: Black Panther
Ano: 2018
Realização: Ryan Coogler
Interpretes: Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o…
Sinopse: T’Challa após a morte do seu pai, torna-se o Rei de Wakanda, que retorna à sua terra africana isolada do resto do mundo, onde consegue sobreviver através da densidade tecnológica que mantém.

Chegou um  novo herói da Marvel, que recebe uma adaptação cinematográfica. A personagem Black Panther (Chadwick Boseman) já nos tinha sido apresentada no filme Capitão América: Guerra Civil” (2016). Revoltado e com desejo de vingança, culpa Bucky Barnes, Soldado de Inverno (Sebastian Stan), pela morte do seu pai. O destaque atribuído a esta personagem é notório e esperava-se um filme próprio sobre o novo herói.  Não demorou muito a sua chegada.

“Black Panther” apresenta os acontecimentos após o encontro com o Vingadores. T’Challa terá agora que substituir o pai como líder legítimo de Wakanda. Nação fictícia que apresenta dois lados. Um conhecido aos “olhos do mundo”, que pensam em Wakanda como um país pobre e subdesenvolvido. Por outro olhar, a realidade, reflecte Wakanda como uma nação isolada que esconde uma poderosa tecnologia avançada capaz de desafiar os seres alienígenas que constantemente ameaçam o Planeta Terra. O vibranium, o forte material que gera este poder, está presente em toda a cidade e ajuda diariamente os seus habitantes. Seja em infra-estruturas básicas como o transporte, mas também a medicina, comunicação e armas. Wakanda é considerada, sem ninguém saber, como a Atlântida do Continente Africano.

O contraste  de culturas neste filme é notório. Por um lado, temos a tecnologia incrivelmente avançada, por outro, os habitantes continuam a viver sobre a ordem de tradições ancestrais. Com rituais tribais e lutas corpo a corpo para elegerem o seu líder. Esta interacção dos diferentes modos de vida, é interessante de assistir. O moderno versus o antiquado. T’Challa tem outros desafios como rei. Além de proteger Wakanda do resto do mundo, descobre segredos sobre a sua família que mudaram a perspectiva sobre se é mesmo digno de ser o Black Panther. [LER MAIS]

Thor: Ragnarok

Thor: Ragnarok

Título: Thor: Ragnarok
Ano: 2017
Realização: Taika Waititi
Interpretes: Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Cate Blanchett…
Sinopse: Aprisionado, Thor encontra-se num torneio gladiador contra o Hulk, seu aliado. Thor deve lutar pela sobrevivência contra o tempo para prevenir que a vilã Hela destrua o seu planeta Asgard.

Chris Hemsworth volta a interpretar o herói que lhe deu fama. Este é o terceiro filme de Thor o Deus Trovão da Marvel. Dois anos após os acontecimentos de “Capitão América: Guerra Civil“, Thor terá de enfrentar um novo inimigo. A sua irmã Hela pretende o trono de Asgard. Preso num planeta governado por um tirado, Thor terá que participar nas lutas de gladiadores contra o seu amigo Hulk. Além disso tem que se preocupar com a lealdade do seu irmão Loki. Neste filme realizado por Taika Waititi, tornou-se no mais divertido e bem-disposto da trilogia deste herói. São vários os momentos de descontracção que fazem rir o espectador. Conhecemos o herói noutro registo, que entretém bastante o espectador.

Thor Ragnarok-2

Este filme serviu como introdução ao que irá acontecer este ano com “Avengers: Infinity War” onde todos os heróis da Marvel vão estar juntos num só filme. Por isso é um filme de conduta. Em “Ragnarok” ao contrário do que pensava a narrativa não é cansativa e explora o desenvolvimento das personagens principais. Muita ação, comédia e efeitos especiais tornam deste filme algo agradável de assistir. Coerente e com potencial que até ao momento não tinha sido explorado nos filmes do Thor, mas não sendo a personalidade correta da personagem que mantém uma postura mais séria. O ator Chris Hemsworth consegue estar mais à vontade neste papel mais descontraído. “Thor: Ragnarok” excede as expectativas e não apresenta um argumento saturado. O blog atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Quarteto Fantástico (2015)

Quarteto Fantástico (2015)

Título: Fantastic Four
Ano: 2015
Realização: Josh Trank
Interpretes: Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan…
Sinopse: Quatro jovens outsiders teletransportam-se para outra dimensão. Um mundo perigoso que os atribuí poderes especiais. O grupo terá que conviver que estas habilidades e trabalharem juntos para salvarem a Terra das ameaças.

O remake de Quarteto Fantástico nunca devia ter avançado para a produção. Aproveitando a “onda” dos super-heróis no grande ecrã, o Quarteto Fantástico que já mereceu o seu próprio filme em 1994, 2005 e 2007. Voltou a ganhar destaque, mas desta vez pelos piores motivos. O filme desconexo volta a retratar o início do grupo e como mais tarde seria chamado de Quarteto Fantástico. Reed Richards (Miles Teller) é um jovem com especial curiosidade pela física e electrónica. Por esse motivo junta-se ao grupo do Dr. Franklin Storm. A trabalhar num projeto que permite o teletransporte de matéria, está Victor Von Doom (Toby Kebbell), o seu filho Johnny e a sua filha adotada Sue.

Fantastic Four-2

Ao envolverem-se demasiadamente no projeto o grupo arrisca as suas vidas, mas conseguem receber habilidades especiais. Reed transforma-se no homem-elástico, Johnny no tocha humana e Sue na mulher invisível. A juntar-se à equipa está Ben, amigo de Reed que torna-se no homem pedra.

Quarteto Fantástico” é uma obra totalmente descartável. Um produto meramente comercial que não conseguiu diferenciar-se nem inovar. O enredo é fraco e as personagens despreocupadas sem qualquer ponto de ligação. A ação do filme é aborrecida, pois 80% acontece dentro do laboratório, o que se torna monótono para quem assiste. O único fator positivo foi os efeitos visuais apresentados, nomeadamente a utilização dos poderes. Quanto ao vilão, aparece nos últimos 10 minutos de filme com ataques farruscos e nada entusiasmantes. O blogue atribui 2 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2

Homem-Aranha: Regresso a Casa

Homem-Aranha: Regresso a Casa

Título: Spider-Man: Homecoming
Ano: 2017
Realização: Jon Watts
Interpretes: Tom Holland, Michael Keaton, Robert Downey Jr….
Sinopse: Peter Parker com a ajuda do seu mentor Tony Stark, tenta encontrar o equilíbrio entre ser um aluno normal de secundário e um super-herói.

Spiderman Homecoming-2
O Homem-Aranha volta a ter mais uma nova adaptação cinematográfica. Adeus exclusividade da Sony e Olá parceria com a Marvel. Decididos os conformes, o aranhiço voltou com uma história mais refrescante e atual. O objetivo era juntar este super-herói ao grupo dos Avengers. Já conhecíamos a personagem do filme “Capitão América: Guerra Civil, onde faz uma pequena participação. O que tem de bom este filme, é ser diferente na abordagem da história do herói. Já todos conhecíamos bem Peter Parker dos filmes protagonizados por Tobey Maguire e Andrew Garfield. Em “Spiderman: Homecoming” continua um adolescente frustrado (típico da idade) mas sem o dramatismo de perder o tio (por sua culpa). Procura o seu lugar na cidade de Nova Iorque como o típico vizinho melhor-amigo que está sempre lá para ajudar. Talvez foi por esse lema, o Homem-Aranha ser o meu herói favorito. Tom Holland, foi o escolhido para interpretar o protagonista. Vivaz e cheio de energia, consegue bem dominar a fera. É mesmo um Peter Parker aka Homem-Aranha de alma e coração.

Spiderman Homecoming-3

O argumento é baseado nos eventos pós-Capitão América: Guerra Civil. Tony Stark torna-se guardião de Parker e uma figura paternal para o protagonista. Este trama foi desenvolvido mesmo como antecedente para Infinity War que chegará aos cinemas em 2018. Homem-Aranha aprendeu que com grande poder, existe uma grande responsabilidade e por isso está preparado para o que está por chegar. Esta obra cinematográfica apesar de desgastantemente comercial, agrada ao padrão dos filmes de super-heróis. Os efeitos visuais são dos aspectos mais positivos do filme, assim como as cenas de ação, o argumento bem escrito e o vilão. Michael Keaton é Vulture, um dos inimigos do jovem aranhiço. Este filme não decepciona e consegue satisfazer maioritariamente o público. Como aspecto negativo aponto para as personagens multi raciais do filme. Não que seja contra essa situação. Nada disso. Mas sou da opinião que as personagens tem de ser como apresentadas na sua versão original. Não quero spoilar, mas aviso que no final do filme fiquei mesmo furiosa. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Maquilhagem da Marvel

Maquilhagem da Marvel

A marca coreana The Face Shop volta a inovar. Desta vez juntou aos seus produtos uma nova coleção baseada nos heróis Marvel. Pó Compacto do Capitão América, Batôn do Homem-Aranha e Rímel da Viúva Negra, sim existe. Estejam preparados que este verão de 2017 vai ser mais cheio de cor. Esta edição limitada de produtos não sei se chegará a Portugal. Clica nas imagens para mais pormenores.

Guardiões da Galáxia Vol.2

Guardiões da Galáxia Vol.2

Título: Guardians of the Galaxy Vol. 2
Ano:2017
Realização: James Gunn
Interpretes: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista…
Sinopse: Baseado no fundo da Awesome Mixtape #2 os “Guardiões da Galáxia” continuam a sua aventura de grupo enquanto eles revelam a verdadeira identidade do pai biológico de Peter Quill.

Guardioes da Galaxia2-2

“Guardiões da Galáxia” voltam para um segundo volume. A história do grupo mais incoerente de sempre é abalada com a chegada de novos super-vilões e novas situações hilariantes. Star-Lord, Gamora, Drax, Rocket e Baby Groot são considerados a equipa de salvamento da galáxia quando esta está em perigo. Neste novo filme terão um desafio diferente, descobrir a verdade sobre o pai de Peter Quill.

Já aprendemos a gostar destas personagens. O seu humor invulgar, deixam-nos à vontade e mostram que conseguem ser como família. Já dizia Drax, personagem de Dave Batista “No, We’re Family“, quando Nebula afirmou que só sabiam gritar com os outros, por isso não eram amigos. A verdade tornou-se mesmo essa, são mesmo uma família. Tal Velocidade Furiosa. Enquanto que no primeiro filme criavam-se os primeiros laços de amizade, apresentando um grupo de outsiders que tinham muito em comum. Neste filme é notório um amadurecimento.

Momentos hilariantes e surpreendentes continuam a ser o grande forte deste fruto do entretenimento. A química entre todas as personagens é soberba e até consegue superar qualquer outro grupo conhecido de heróis como “Os Vingadores” e os “X-Men“. Mesmo apesar do meio envolvente estar aberto a mais possibilidades de interacção.

Guardioes da Galaxia2-3

“Guardiões da Galáxia Vol.2” consegue ser melhor do que o primeiro. O argumento bem elaborado  consegue ter uma piada a cada esquina, acreditem em mim é rir do princípio ao fim. Além disso acumula mais drama e um enredo mais complexo do que o filme anterior. Para completar esta obra de fantasia os efeitos visuais foram ilustremente concebidos de forma a criarem cores e texturas dignas da galáxia. Eu fui ver em versão normal, mas acredito que este filme em 3D tinha outro encanto.

Este filme da Marvel é um espectáculo luminoso de fantasia e ficção científica. Consegue convencer e não nos importamos que demore quase duas horas e meia. Além disso as cinco cenas finais abrem novas portas para o que está para vir. Sim porque a confiança do sucesso foi imensa que o terceiro filme já foi anunciado.

O blogue atribui 4,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Ideias Carnaval 2017

O Carnaval está aí a chegar e não existe melhor altura para sermos quem quisermos. Utilizem  a imaginação e mão à obra se quiserem ter a melhor máscara. Estas são algumas ideias para ires mascarado no Carnaval de 2017.

La La Land

LLL d 29 _5194.NEF

Inspirado nas cores dos filmes musicais dos anos 40 e 50 chega-nos “La La Land“. A dança, o jazz, e a música fundem-se completamente neste filme que é o grande candidato aos Óscars. O vestido amarelo para as senhoras, com calçado de sapateado e para os senhores um fato com o mesmo género de calçado. Não é nada complicado.

Angry Birds

angry-birds

Depois do jogo de sucesso, chega o filme que não foi bem recebido pela crítica, no entanto arrasou nas bilheteiras. Angry Birds é um excelente disfarce para se ir com amigos. Versátil, colorido e pode ter muitas cores e feitios, a imaginação é o limite.

Thor

 Thor-2-22abr2013-01

O filme do Thor está para sair este ano e qualquer pessoa gosta de um super-herói. A capa vermelha, e o martelo não pode faltar, mas se preferires a versão clássica podes utilizar sempre o capacete. Além disso Thor é dos heróis mais fortes, todos vão gostar.

Monstros Fantásticos

Monstros Fantasticos

Com estilo dos anos 20 é fácil apaixonarmos-nos por estas roupas. Além se conseguirmos ser mágicos ainda melhor. “Monstros Fantásticos” parece-me bem além disso é óptimo contra o frio com estes casacos compridos quentes e os cachecóis. Veste-te da tua equipa favorita e vai de tema Harry Potter. Junta os amigos e vais-te divertir ainda muito mais.

Guardiões da Galáxia

Meet-The-Guardians-of-the-Galaxy

“I can’t stop this feeling deep inside of me…” confessem disseram isto a cantar. Outro filme da Marvel que marca presença este ano nos cinemas é “Guardiões da Galáxia”. Podem ser desde o Star-Lord, à Gamora, passando até pelo Groot. Os heróis menos respeitados de toda a galáxia vão provar daquilo que são feitos.

Zootopia

Zootroplis-3

A máscara de animal voltou a estar na moda, a culpa é do filme “Zootopia” da Disney. As opções são imensas, raposa, coelha ou lontra (que protagonizou dos momentos mais engraçados do filme). Usa a imaginação e todos vão adorar. Além disso também é uma boa opção para usar contra o frio.

Smurfs

smurfs

Os pequeninos azuis voltam este ano para o terceiro filme. Uma animação já antiga, mas que nunca passa de moda. Pinta a cara de azul, com um barrete e calças brancas e estás pronto para a festa. Esta máscara também é ótima para utilizar com amigos.