A Senhora da Água

A Senhora da Água

Título: Lady in the Water
Ano: 2006
Realização: M. Night Shyamalan
Interpretes: Paul Giamatti, Bryce Dallas Howard, Jeffrey Wright…
Sinopse: Um faz-tudo e atendente de um condomínio, Cleveland resgata uma estranha mulher da piscina do local. Quando ele descobre que ela na verdade é uma personagem de uma história para adormecer ele decide ajudá-la a voltar para casa.

A Senhora da Água” é um filme idealizado pela imaginação de M. Night Shyamalan (Sinais) onde também é realizador e ator neste película. Novamente o recurso ao factor fantástico que desta vez chega-nos através da história de uma sereia humanizada, caracterizada como “Lady in the Water“.

A vida pacata de Cleveland não apresenta nenhum entusiasmo, aliás ele já sentiu uma perda muito forte e por isso vive os seus dias deambulando e auxiliando os condóminos de um prédio que ele gere. Cleveland começa a suspeitar de algo diferente quando descobre vestígios de utilização da piscina clandestinamente.  Numa noite descobre uma mulher misteriosa a nadar nas águas. Story é o seu nome e tenta voltar a casa, mas é perseguida por estranhas criaturas. Cleveland decide socorrer a jovem e ajuda-la no seu objectivo de regresso. A sua história pode não ser a mais lógica possível, mas facilmente se convence que está a fazer o mais correto.

Uma longa-metragem de com situações previsíveis de mais, com um elenco sem confiança e um argumento muito fraco, causam o desastre deste filme. A narrativa não é muito coerente, assim como a prestação de M. Night Shyamalan como ator. Faltou a confiança. “A Senhora da Água” é uma obra que não satisfaz e deixa-se ficar no limiar do que podia ser um história interessante. Estou sempre a apanhar desilusões com este realizador e estou a esgotar as oportunidades aos seus filmes. O blogue atribui 2,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Fragmentado

Fragmentado

Título: Split
Ano: 2016
Realização: M. Night Shyamalan
Interpretes: James McAvoy, Anya Taylor-Joy, Haley Lu Richardson…
Sinopse: Três raparigas são raptadas por um homem diagnosticado com 23 personalidades diferentes. Elas tentam escapar, antes da chegada da personalidade número 24.

Esta temática das múltiplas personalidades sempre foi um tema que me despertou curiosidade. Acedi ao tema com no filme Identidade Misteriosa (2003) e a série Bates Motel (2013-2017). Considero interessante como deixamos de ser quem somos e passamos a ter diferentes personalidades diferentes. “Fragmentado” realizado por M. Night Shyamalan, é um misto de mistério, drama e triller psicológico sobre uma pessoa que sofre com esta patologia. O ator James McAvoy interpreta um homem com 23 personalidades diferentes. Como forma de conseguir evocar a vigésima quarta personalidade, rapta três raparigas adolescentes. Casey, Claire e Marcia terão de lutar pela própria vida e arriscarem-se a saírem da cave onde estão mantidas prisioneiras.

Split-1

O que se destaca deste filme satisfatório de M. Night Shyamalan (que já há muito tempo não realizava nada de relevante) é mesmo o fantástico argumento. De maneira subtil, carismática e misteriosa agarra o espectador a todos os segundos do ecrã, para tentar perceber o fluxo narrativo. Um aplauso para a extravagante interpretação de James McAvoy, um ator de mão cheia. Interpreta diferentes personalidades desde a criança Hedwig que dança freneticamente Kanye West; à controladora Patricia, ao protetor e forte Dennis, ao estilista Barry, entre outros. Conseguimos facilmente descobrir qual a personalidade que emergiu devido à sua capacidade camaleónica. Desta forma se descobre o que separa os bons dos excelentes atores. Apesar da exuberante performance de McAvoy, a atriz Anya Taylor-Joy como Casey também consegue estar à medida do peso da sua personagem. Os seus silêncios são muito expressivos “Split” conseguiu ainda um final totalmente inesperado e conseguiu interligar-se com o filme “O Protegido” com Bruce Willis e Samuel L. Jackson que Shyamalan realizou à 18 anos atrás. Vamos finalmente receber uma continuação à película. Concluído o blogue atribui 3,5 estrelas em 5. golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2