As melhores mães do cinema

A comemorar o Dia da Mãe este domingo, estive a rever quais as melhores mães do mundo do cinema. Esta é a minha escolha.
Sarah Connor em Terminator 2

sarahconnor

Mulher de armas com certeza. Quando o seu filho John esteve ameaçado pelos robôs, Sarah não teve mãos a medir. Preparada para o Apocalipse, Sarah demonstrou que tem força, músculo e determinação. Não se sentia intimidada pelas armas de grande porte e só por isso tornou-se uma guerreira

 

Leigh Anne Tuohy em The Blind Side

Leigh Anne Tuhy

Baseada numa história verídica, Leigh Anne Tuohy provou ser uma mulher “desenrascada” num mundo cheio de preconceito. Esta é a história inspiradora de  Michel Oher, de uma adolescente sem-abrigo a uma estrela, e tudo graças ao amor de Leigh.

 

Christine Collins em A Troca

Changeling Movie - Angelina Jolie

Outra história verídica. Christine Collins procurou desesperadamente pelo seu filho desaparecido. Uma mãe lutadora nos anos 20. Esta foi a luta de uma mãe solteira que tenta encontrar a todo o custo o seu filho de 9 anos, e nunca conseguiu. A polícia afirma que o menino foi encontrado, mas Christine jura que não o seu filho. Acusada de se mentirosa e histeria, Christine teve um processo complicado, mas nunca desistiu da verdade.

 

Srª. Weasley  em Saga Harry Potter

MrsWeasley

Mãe de sete filhos, e ainda acolheu Harry, como seu próprio, Mrs Weasley é a mulher mais maternal dos filmes. Dona de casa, conselheira e mulher preocupada, Molly só pretende o melhor para os seus rebentos. Além disso quem não gostou daquela cena contra a Bellatrix “Not my daughter you bitch“.

 

Vanessa Loring em Juno

Vanessa loring

Vanessa desde sempre que tinha o sonho de ser mãe. Não conseguia engravidar, então ela e o marido decidiram adoptar. O bebé escolhido foi o de Juno, uma adolescente grávida que não queria o rebento. No final o casamento de Vanessa com o marido falhou, mas mesmo assim aceito o bebé, porque esse sempre foi o seu sonho, ser mãe.

Meg Altman em Sala de Pânico

 megaltman

Meg era uma mulher absolutamente comum, mãe solteira de uma filha adolescente. Muda de casa e é assaltada, juntamente com a filha refugia-se na sala de pânico da moradia. Para salvar a sua vida e a da filha terá de manter a calma, respirar fundo e se for necessário lutar. No final conseguiu.

 

Maria em Música no Coração

Maria

Maria uma freira divertida é escolhida para ser ama de uma família cheia de crianças. O que se torna um desafio, mas Maria ensina os irmãos a ver a vida por um lado mais positivo, através das músicas. Orfãos de mãe, as crianças adoptam a ama e fazem de tudo para que fique com o pai.

 

Sybil Stone em Uma Jóia de Família

sybill stone

Tudo o que Sybil gostava era de ver a família reunida e apesar de não ser perfeita só quer o melhor para os seus. A família Stone é desorganizada e cada um tem as suas preocupações, mas todos tem de perceber que juntos são mais fortes. Sybil é a matriarca desta família confusa, mas muito divertida.

 

Peg Bogg em Eduardo Mãos de Tesoura

Peggbogg

Peg ajudou Edward numa altura em que mais precisava.Toda a gente assustava-se com as suas mãos em forma de tesoura, mas Peg viu o que ninguém mais viu, a sua utilidade. Sempre foi muito caridosa com Edward, um rapazinho confuso e muito triste. Sempre o fez sentir em casa, mesmo após momentos complicados.

 

Aibileen Clark em As Serviçais

Aibilleen

Nesta época nos Estados Unidos da América, empregadas de cor, eram também as mães das senhoras com mais dinheiro. Tratavam das crianças, desde bebés, até à idade adulta. Todo esse processo é explicado no filme “The Help“. Aibileen é uma ama cuidadosa e sempre atenta às necessidades das crianças. Mesmo não sendo a mãe biológica, é como se fosse.

Para descobrires quais são as melhores mães da animação, podes ver aqui.

Crítica: Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 1

harry potter and the deathly hallows part 1_1

Título: Harry Potter and the Deadly Hallows Part 1

Ano: 2010

Realização: David Yates

Interpretes: Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, Alan Rickman…

Sinopse: Enquanto Harry corre contra o tempo para salvar o mundo do mal, ele descobre a existência dos três amuletos mais poderosos dos feiticeiros: Os Talismãs da Morte.

harry potter and the deathly hallows part 1_3

Este é um filme de transição. O livro final de “Harry Potter e os Talismãs da Morte” foi dividido em duas partes. A razão pode estar na decisão da indústria querer fazer mais dinheiro, mas assim também conseguiu captar melhor os pormenores da história. Pela primeira vez o grupo dos três feiticeiros: Harry, Ron e Hermione não estão na escola. Estão sozinhos, numa jornada quase impossível, traçada por Dumbledore para Harry finalmente cumprir o seu destino. A missão é descobrir os horcruxes restantes de Lord Voldmort e destruí-los. A tarefa não é fácil: primeiro porque um horcruxe pode ser qualquer coisa e segundo, os feiticeiros ainda não sabem uma forma de os destruir. Esta Parte 1 é um filme sobre indecisões, onde a amizade é posta à prova. O final da infância termina aqui, a morte de Hedwing tem propositadamente esse significado, segundo a escritora J.K.Rowling. As crianças cresceram e agora tem de enfrentar o mundo, o vínculo que protegia Harry (a morte da sua mãe significa o amor) foi quebrado e agora numa corrida contra o tempo tem de ser um adulto “obrigado” e terminar de uma vez por todas com o mal. Muitos podem achar este filme esquisito (eu achei) estava habituada a Hogwarts, mas não é por isso que deixa de ser uma excelente aventura.

Harry Potter and the Deathly Hallows Part 1

Talismãs da Morte: Parte 1” é um filme mais nostálgico e sombrio, numa road trip à procura de pistas sobre a história de Voldemort. Neste vai-e-vem seguimos Harry, Ron e Hermione em acampamentos em florestas e descampados tentando perceber a mensagem escondida que Dumbledor deixou para o trio antes de morrer. Apesar de não conter tudo que está retratado no livro, o filme é bastante interessante com uma narrativa fluída e construtiva. Quando termina a vontade de saber a continuação é enorme, este é o factor negativo do filme ser dividido em duas partes. Para ser perfeito tinha mesmo de conseguir durar 5 horas no total. Concluindo o filme é bom, mas não aconselho a vê-lo apenas sem o filme seguinte. A Parte 1 é apenas a rampa de lançamento para algo ainda mais espectacular e o final de toda a saga. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Crítica: Harry Potter e o Príncipe Misterioso

harry potter and the half blood prince_1

Título: Harry Potter and the Half-Blood Prince

Ano: 2009

Realização: David Yates

Interpretes: Daniel Radcliffe, Alan Rickman, Emma Watson, Rupert Grint…

Sinopse: Quando Harry Potter começa o seu sexto ano na escola de magia e feitiçaria, ele descobre um livro antigo marcado como “propriedade do príncipe misterioso” e começa a perceber mais sobre o passado de Voldemort.

harry potter and the half blood prince_2

Recentemente revi “Harry Potter” e como tal decidi fazer a crítica já que ainda não a tinha feito para o blogue. Em “Harry Potter e o Príncipe Misterioso” mais um ano em Hogwarts começa e mais uma vez a vida de Harry está em perigo.  Neste filme não muita ação, ao contrário dos anteriores, aqui os jovens dedicam-se mais à escola, e às provas de Quiddich, agora Ron também tenta a sua sorte no desporto, e ao romance. Além de Harry que começa a apaixonar-se por Ginny, os sentimentos de Hermione por Ron começam a ser mais claros , entretanto este tem a sua primeira namorada.”O Príncipe Misterioso” é o início da batalha épica entre Harry e Voldemort, aqui compreendemos melhor o passado do vilão, a sua infância e adolescência e o motivo da sua imortalidade durante os anos. O trio está mais unido e existem mais momentos de descontracção e comédia no filme, pois este é uma pré-ação do final épico.

harry potter and the half blood prince_3

Novas personagens são apresentadas, exemplo do professor Slughorn, Lavender Brown, entre outros. O cast principal mantém-se firme e consistente tal como nos filmes anteriores, afinal vimos-los crescer no grande ecrã. Neste filme também acontece a morte do Professor Dumbledore (não é spoiler) o que para mim no livro esta cena esta muito bem escrito, mas no filme o sentimento de perda devia ter sido mais explorado. O final deste filme dá logo vontade de ver os dois restantes filmes, termina em aberto e com expectativa para o próximo, que entretanto também vou por aqui fazer crítica. Adoro fazer maratona dos filmes “Harry Potter”, talvez deva instruir essa regra a mim, de 5 a 5 anos fazer maratona dos filmes de “Harry Potter”, e de “Senhor dos Anéis” e de “Star Wars” bem é melhor parar por aqui. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Novembro é o mês….da barba

Novembro é o mês da barba. E como tal o blogue Beautifuldreams decidiu criar uma lista das melhores barbas do mundo do cinema e televisão. Ficam aqui as ideias.

Hagrid

hagrid

De barba robusta Hagrid surgiu no universo de Harry Potter como aquele que o informa que é feiticeiro. De bom coração o protetor do castelo tornou-se amigo de Harry desde o primeiro instante. A sua inocência  e compaixão pelos outros torna Hagrid um bom companheiro.

Bob Barnes

syrianna

Não estamos habituados a ver George Clooney assim. Com um look mais desleixado e barba por fazer assim é no filme Syriana (2005). Bob Barnes é um agente da CIA metido numa guerra de organizações.

Khal Drogo

Khal-Drogo-5

Segundo a lenda dos dothraki, clã dos livros e série Guerra dos Tronos, um verdadeiro homem mede-se pelo tamanho da sua barba e pelo tamanho do seu cabelo. Khal Drogo era líder do clã e tal era reconhecido pela sua aparência muito masculina.

Gandalf

gandalf

Um verdadeiro feiticeiro que se preze tem de ter longas barbas. Mostra sinal de sabedoria e conhecimento. Em Senhor do Anéis, Gandalf é um excelente feiticeiro e as suas longas barbas brancas comprovam-no.

Rick Grimmes

rick

Em Walking Dead a sobrevivência é o mais importante e certos hábitos são deixados de lado. Acompanhamos o crescimento da barba de Rick de temporada para temporada. Agora já não está assim, mas a sua barba era sinal de masculinidade no combate aos mortos-vivos.

 Obi-Wan Kenobi

obi wan kenobi

Ora aqui está outro exemplo de que para se ser mestre tem de se mostrar algum respeito e a barba branca mostra outra vez posição. Na luta contra o lado negro da força Obi Wan Kenobi em Star Wars era um homem muito respeitado.

Rei Triton

king triton

No filme da Disney de 1989 “A Pequena Sereia”, o rei Triton era um pai muito preocupado. O seu tridente mostrava quem é que manda nos mares. Quanto às suas longas barbas brancas eram o seu símbolo de força.

Blondie

clint-eastwood

Em 1966 o ator Clint Eastwood fazia a delícia das mulheres. Foi através do filme “O Bom, O Mau e o Vilão” que conhecemos uma das melhores barbas do cinema. Com um estilo de mauzão do verdadeiro western é difícil dizer que não a uma barba tão bem aparada como esta.

Hugh Glass

the revenant

Leonardo Dicaprio é outro ator que normalmente não estamos habituados a ver de barba. Bem, apenas nos seus filmes e passadeira vermelha, porque no seu dia-a-dia o ator adopta este look. Ainda não estreou o filme The Revenant de Alejandro González Inãrritu, mas já está a dar que falar  pela aparência de Dicaprio.

Rei Leonidas

300

Outra barba invejável é de Gerard Butler no filme 300 como rei Leonidas. O seu grito de Ipiranga convenceu 300 homens do seu exército a ir para uma batalha impossível. O esperado aconteceu, não conseguiu vencer mas verdade seja dita a sua barba deu-lhe imenso estilo, e quem sabe talvez não foi por causa disso que convenceu tanta gente.

Harry Potter Party

BlogBeautifuldreams

Este ano decidi fazer algo de diferente com a minha festa de aniversário. Pensei no tema com um ano de antecedência, mas como portuguesa de gema, os preparativos foram feitos em cima da hora. Mas voltando à festa, o tema escolhido foi Harry Potter. O que fazia todo o sentido, já que cresci a ver os filmes e a ler os livros do feiticeiro. Além disso como Outubro é o mês de Halloween, a decoração alusiva é fácil de encontrar. Comecei por entregar os convites que era nada mais nada menos do que a carta de aceitação à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts (quem não gostava de receber uma). Depois era tratar dos comes e bebes e da decoração.

Continue reading “Harry Potter Party”

Quem são os melhores namorados da saga Harry Potter?

Baseado na série de romances de J. K. Rowling, os filmes “Harry Potter” foram um dos maiores sucessos de bilheteira de todos os tempos. A saga Harry Potter pode já ter chegado ao fim, mas ainda falamos sobre o assunto. Desta vez num silly post realizei uma lista sobre os melhores namorados de todos os filmes. Qual é aquela personagem que mais faz suspirar uma mulher? Aqui está a lista.

Continue reading “Quem são os melhores namorados da saga Harry Potter?”

Harry Potter: A Batalha Final

Recentemente vai ser lançado em DVD e Blu-Ray um grande épico cinematográfico que chegou ao fim este Verão”Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 2″ finaliza o fenómeno que conseguiu juntar milhões de fãs por todo o mundo. Iniciou-se em 1997 com a escritora J. K. Rowling que deu vida a Harry Potter , completando um conjunto de sete livros com uma história repleta de aventura e fantasia. Mas foi em 2001 que conseguiu ter um maior destaque mundial, através da  concepção do filme. Após sete livros e oito filmes, chegou ao fim a derradeira batalha que culmina toda a saga que durou uma década nos cinemas, mas promete marcar várias gerações.


A história é simples: um órfão, Harry Potter descobre que os seus pais eram feiticeiros e que ele também possui poderes mágicos. Este passou 11 anos da sua vida na casa dos seus tios Muggles (nome que se atribui a não-mágicos) que não gostam dele. Porém quando é convidado a estudar na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts toda a sua vida muda. E com os seus novos amigos Ron Weasley e Hermione Granger, Harry enfrenta vários perigos e aventuras, onde o mundo da fantasia não tem fim.

Harry Potter, herói de toda a história, encontra a Pedra Filosofal; enfrenta o terrível monstro da Câmara dos Segredos; procura descobrir a verdade com o Prisioneiro de Azkaban; participa no Torneio de Feiticeiros no Cálice de Fogo; alia-se à Ordem de Fénix com o propósito de destruir o seu inimigo, Lord Voldemort que assassinou os seus pais e cada vez está mais forte; desvenda o mistério do Príncipe Misterioso e  juntamente com o seu mentor, Professor Dumbledore descobre segredos do passado do rival. Por fim descobre todos os enigmas representados nos Talismãs da Morte, que muitos acreditavam como sendo mitos da feitiçaria. Este último livro e filme (reproduzido em duas partes) desvendam mistérios importantes que serão úteis a Harry na luta contra o mal,o seu inimigo Lord Voldemort e o exército dos seus seguidores. Será que o Bem triunfa contra o Mal, ou herói sairá derrotado? Não percam o final épico de toda a história.


Toda a aventura cinematográfica começou à 10 anos, no Reino Unido onde os atores Daniel Radcliffe (Harry Potter), Rupert Grint (Ronald Weasley) e Emma Watson (Hermione Granger) foram escolhidos para os papéis que mudaram as suas vidas e davam os primeiros passos no cinema. A ficção aliou-se à realidade e atualmente são os melhores amigos na história da saga e atrás das câmaras.

Curiosidades

    • A escritora da saga J. K. Rowling, Daniel Radcliffe eo próprio Harry Potter, festejam os seus aniversários no mesmo dia, 31 de Julho.
    • Os livros do feiticeiro mais famoso do mundo, estão traduzidos em mais de 60 línguas.
    • 16 mil foram o número de miúdos que fizeram o teste para o papel de Harry Potter, antes do actor Daniel Radcliffe conseguir ficar com ele.
    • J. K. Rowling demorou cinco anos para escrever o primeiro livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal“. Foi escrito num café na Escócia onde as primeiras anotações foram escritas em guardanapos.
    • Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Tom Felton, Alan Rickman, Bonnie Wright, Devon Murray, James Phelps, Oliver Phelps, Matthew Lewis, Robbie Coltrane e Warwick Davis foram os únicos actores que participaram nos oito filmes.
    • A produção inglesa escolheu quatro vezes – desde 2007, David Yates para realizar o filme Harry Potter.
    • David Yates fez questão de manter o último capítulo o mais fiel possível à história escrita por J. K. Rowling.
    • O último filme Harry Potter e os Talismãs da Morte – parte 2 foi o único lançado com a tecnologia 3D nos cinemas.