Saltar para o conteúdo

EtiquetaEddie Redmayne

Crítica: Os Aeronautas

A piloto Amelia Rennes e o cientista James Gaisher encontram-se numa descoberta incrível de sobrevivência e novas descobertas sobre o balão de ar quente.

Crítica: A Rapariga Dinamarquesa

“A Rapariga Dinamarquesa” é a história verídica de Lili Elbe, nascida Einar Wegener, e considerado o primeiro caso documentado de um homem que através de intervenção cirúrgica, mudou de sexo. As expectativas eram altas para este filme, o realizador britânico Tom Hooper já é veterano em trabalhos como “Os Miseráveis” (2012) e “O Discurso do Rei” (2010) e previa o mesmo para “A Rapariga Dinamarquesa”. O filme estava tão determinado para os Óscares que o resultado final apresentou algumas falhas. Ficou de parte a nomeação para melhor filme e melhor realizador. Apenas Eddie Redmayne e Alicia Vikander conseguiram sair vitoriosos com Melhor Actor Principal e Melhor Actriz Secundária respectivamente, juntando-se à Melhor Direcção Artística e ao Melhor Guarda-Roupa nas nomeações dos Óscares.

Crítica: A Teoria de Tudo

Em 1963, enquanto estudante de cosmologia na conceituada Universidade de Cambridge, no Reino Unido, Stephen consegue grandes avanços e está determinado a encontrar uma “simples, eloquente explicação” para o Universo. O seu mundo expande-se quando se apaixona por Jane Wilde, uma estudante de artes, também em Cambridge. Mas, aos 21 anos, este jovem saudável e ativo recebe um diagnóstico que vai abalar a sua vida: a degeneração dos neurónios motores vai atacar os seus membros e as suas capacidades, deixando-o com limitações de fala e movimento e terminando com a sua vida em dois anos

Crítica: Os Miseráveis

Com a França do século XIX como pano de fundo, Os Miseráveis conta uma apaixonante história de sonhos desfeitos, de um amor não correspondido, paixão, sacrifício e redenção, num testemunho intemporal da sobrevivência do espírito humano. Jackman interpreta um ex-prisioneiro, Jean Valjean, perseguido durante décadas pelo cruel polícia Javert (Russell Crowe), depois de ter quebrado a sua liberdade condicional. Quando Valjean aceita cuidar de Cosette, a filha da operária Fantine (Anne Hathaway), as suas vidas mudam para sempre.