Saltar para o conteúdo

Etiquetadisney

Crítica: Big Hero 6 – Novos Heróis

Comédia de aventura repleta de ação sobre o prodígio da robótica Hiro Hamada, que aprende a tirar partido do seu génio – graças ao seu brilhante irmão Tadashi e aos seus amigos: a viciada em adrenalina Go Go Tamago, o obcecado pela organização Wasabi No-Ginger, a génio da química Honey Lemon e o fanboy Fred. Quando uma inesperada mudança de acontecimentos os catapulta para o centro de uma trama perigosa que se desenrola nas ruas de San Fransokyo, Hiro torna-se, para o seu companheiro mais próximo, um robot chamado Baymax e transforma o grupo em heróis de alta tecnologia, determinados a resolver o mistério.

Crítica: Maléfica

A história da vilã mais icónica do clássico de 1959 da Disney A Bela Adormecida e os elementos da sua traição acabam por lhe transformar o coração puro em pedra. Determinada em conseguir vingança e em proteger o reino da floresta que governa, Maléfica lança uma cruel maldição sobre Aurora, a filha recém-nascida do rei. À medida que a criança cresce, Aurora é apanhada no meio do conflito fervilhante entre o reino da floresta que aprendeu a amar e o reino humano ao qual pertence o seu legado. Maléfica percebe que Aurora pode deter a chave para a paz no reino e vê-se forçada a tomar acções drásticas que irão mudar para sempre os dois mundos.

Crítica: O Encontro de Mr. Banks

Em 1961, a autora P. L. Travers viaja de Londres para Hollywood, para finalmente discutir o desejo manifestado por Walt Disney de adaptar a sua amada personagem Mary Poppins ao cinema – uma odisseia que principiou nos anos 40 com uma promessa de Disney às suas duas filhas.
Disney encontra não só uma sexagenária arrogante, sem qualquer desejo de negociar e com uma forte desconfiança em relação às intenções do empresário, mas também uma mulher que luta com o seu passado.

Crítica: Frozen – Reino de Gelo

A intrépida optimista Anna junta-se ao montanhista Kristoff e à sua leal rena Sven numa jornada épica, enfrentando condições próprias do Evereste, trolls místicos e um hilariante boneco de neve chamado Olaf, numa corrida para encontrar a irmã de Anna, Elsa, cujos poderes gelados aprisionaram o reino de Arendelle num Inverno eterno

Crítica: Monstros A Universidade

O sonho da vida de Mike Wazowski de se tornar um Assustador vê-se comprometido durante o seu primeiro semestre na Universidade dos Monstros, quando ele conhece o grandalhão James P. Sullivan, “Sulley” e o espírito competitivo fora de controlo de ambos faz com que sejam expulsos do prestigiado curso de Sustos da Universidade