Saltar para o conteúdo

EtiquetaDavid Frankel

Crítica: Beleza Colateral

Depois de uma tragédia, um homem com dúvidas para o Universo escreve uma carta para a Morte, Tempo e Amor. Recebe estranhas respostas e percebe que a vida tem outro significado de beleza.