Os animes que ando a ver…

Os animes que ando a ver…

A par das séries que ando a ver, para quem não leu aqui está o texto  também estou a ver anime. Normalmente consigo adiantar mais episódios na minha hora de almoço. Fica então aqui a lista do que ando a ver de momento.

Animes que ando a ver1

Sakura Card Captor: Este anime ainda é recente. Estreou há três semanas. Como sou uma fã assumida da Sakura não podia deixar escapar esta oportunidade de continuar a ver a sua história. A animação é linda e as personagens estão mais crescidas.

Boruto: Este está um pouco fora de contexto. Eu não estou a seguir Boruto. Vi alguns episódios soltos, mas nada que me surpreendesse. A história é maçadora, não acontece nada e o Boruto é um embirrento. Nada como o Naruto no seu tempo.

Inuyasha: Comecei a ver para fazer cosplay da Kagome para o Iberanime OPO no ano passado. Fiquei logo rendida a este anime. Como via os episódios no youtube e como houve um tempo que não tive internet, perdi o fio à meada e entretanto comecei a ver outras coisas, como Sabrina A Bruxinha Adolescente. Entretanto já estou a terminar esta temporada da série e já começo com o meu querido Inuysha.

One Piece: Uma relação de amor-ódio. Adiantei muitos episódios e consegui a chegar a meio do anime. Mas entretanto fiquei sem episódios e agora vou ter de começar a ver online. Algo que me custa mais. Estou empenhada a terminar este anime. No meu tempo de almoço vou aproveitar para adiantar os episódios.

Animes que ando a ver2

Fairy Tail: Este é um daqueles animes que seguia de semana em semana religiosamente. Contudo com a proximidade da manga, o anime ficou em hiatus. Já voltou e vai terminar este ano. Nunca mais recuperei “Fairy Tail“. Mas quando terminar os que me falta vou dar mais uma oportunidade.

Dragon Ball Super: Tal como “Fairy Tail” e devido às pausas semanais que fui perdendo o rasto deste anime. Tenho mesmo que me actualizar porque esta história é épica e este ano vai ser o ano de Dragon Ball.

The Heroic Legend of Arslan: Só vi um episódio porque estava à procura de um anime para começar a ver. Como era da mesma escritora de Full Metall, why not? A história parecia interessante, mas tive de abandonar o projeto porque Inuyasha chegou à frente.

Baccano: Outro anime que só vi um episódio. A história era confusa, mas foi isso que me intrigou. Não sei o motivo de não continuar, mas quero fazer isso.

Animes que ando a ver3

Nanatsu no Taizai: Não é dos meus animes favoritos. A narrativa ainda tem muito para dar. A primeira temporada terminei muito bem, mas soube que a segunda já está a ser transmitida. Mais uma para começar a ver.

Digimon Tri: Adoro Digimon. Assim que soube que este grupo ia voltar fiquei feliz da vida. Por isso tenho seguido estes mega episódios. Os últimos tem saído fracos, uma narrativa confusa e com muito para explicar. Espero que próximo seja muito melhor.

One Punch-Man: Adorei ver este anime. Muito engraçado e com personagens carismáticas.  Vai voltar ainda este ano a segunda temporada. Este não vou perder.

Attack on Titan: Terminei recentemente a segunda temporada de Attack on Titan que gostei mais do que a primeira. A história está a tornar-se mais madura e complexa o que é positivo. A continuação deve estar para breve.

Anúncios

Crítica: Boruto – Naruto the movie

boruto1

Título: Boruto – O filme

Ano: 2015

Realização: Hiroyuki Yamashita

Interpretes:  Yûko Sanpei, Kokoro Kikuchi…

Sinopse: Passou-se anos desde a Grande Guerra Ninja. Naruto Uzumaki é o sétimo hokage da Vila de Konoha, numa nova era. O seu filho, Boruto Uzumaki, está prestes a participar nos exames Chûnin, juntamente com Sarada Uchiha e o misterioso Mitsuki.

boruto2

Criado pelo mangaka Kishimoto, chega-nos mais um filme do franchise de Naruto. Depois de um final de manga conclusivo, acompanhamos neste filme um Naruto crescido e cheio de responsabilidades a que o seu trabalho obriga. O seu sonho sempre foi ser o hokage da vila de Konoha, ou seja o ninja mais forte e responsável por todas as decisões. Mas como perde o seu dia de cabeça enfiada em papelada, sem nada de muito interessante para o espectador acompanhar, Kishimoto, criador da história original, decide apresentar-nos ao filho mais velho do protagonista. Boruto é um miúdo irrequieto, muito parecido com o pai, que sofre muito com a ausência deste. Vive os seus dias sempre à procura de atenção e conforto nos seus amigos Sarada Uchiha (filha de Sakura e Sasuke Uchiha) e com Mitsuki que pouco revela sobre a sua vida familiar. Com o propósito de impressionar o pai e ficar bem-visto, Boruto decide por tudo vencer o Exame Chunin e para tal escolhe Sasuke para ser o seu tutor.

boruto3

Este filme tem aproximadamente a diferença de um ano do anterior, “Naruto: The Last Movie“. Em “Boruto” é apresentada uma nova geração de ninjas, conhecemos os filhos dos protagonistas, e a continuidade da vida. O enredo até está interessante, apesar de se apresentar previsível. Mas porque é que os heróis de fantásticas séries animadas se tornam maus pais? Além de Naruto, temos o exemplo de Songoku (Dragonball) e Aang (The Last Airbender), para mim descredibiliza bastante a personagem. Apesar de perceber as dificuldades que tem em conectar-se com o filho, Naruto esforça-se para melhor, e esses momentos tocam-nos no coração. Concluindo este é dos melhores filmes da saga ninja Naruto, apesar de não ter percebido as intenções do vilão. Mas o filme é mais do que isso, é a relação emocional entre pai e filho e por isso já valeu a pena. O anime ainda não terminou, e o fim ainda parece longínquo, já que só maçam com fillers e mais fillers. O blogue atribui 3,5 em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2