Big Little Lies

Big Little Lies

Temporada 2

Depois do sucesso de uma temporada bem produzida, a equipa avançou à risca com uma segunda temporada. “Big Little Lies” terminou, ou será que não?

A conceituada atriz e vencedora de Óscares, Meryl Streep, foi o trunfo escolhido para salvar a segunda ronda da série “Big Little Lies”. Depois do trágico desfecho da temporada anterior, as Cinco de Monterey tentam viver a sua vida normalmente, cada uma ainda a lutar contra os seus demónios. Celeste (Nicole Kidman) tenta ser uma mãe dedicada dos seus dois filhos gémeos, que repentinamente perderam o pai no início do verão, após uma noite de festa na cidade. Perry (Alexander Skarsgard) era um marido abusivo que maltratava a esposa. O tema violência doméstica foi dos assuntos mais abordados na temporada passada. Para lidar com esta difícil fase da sua vida, Celeste tem a ajuda de Mary Louise (Meryl Streep), a sua sogra, que cuida das crianças. Mas apesar da ajuda, Mary Louise quer muito mais.

Mais um ano escolar recomeça e com isso novas revelações começam a aparecer. Madeline (Reese Witherspoon) tenta a todo o custo salvar o seu casamento com Ed (Adam Scott), após a sua infidelidade recente. Renata (Laura Dern) culpa o marido da estarem na falência e do stress que impõe à sua filha. Bonnie (Zoe Kravitz) está num mau estado, quando luta contra os seus próprios demónios, após se sentir culpada pela morte de Perry, quando o empurrou para o seu destino final. Jane (Shailene Woodley), enquanto encontra o amor novamente, descobre que afinal ainda tem muitos problemas a resolver, muito devido à violação que foi vítima por Perry. Enquanto isso, o seu filho, Ziggy, descobre a verdade sobre o seu pai e Jane tem de ser sincera sobre o que aconteceu. Desenterrar memórias do passado que ainda são muito dolorosas.

Andrea Arnold segue as mesmas instruções de realização de Jean-Marc Vallée com os flashbacks sobre situações que aconteceram atormentam as personagens. Essas memórias rápidas são cenas recorrentes em todos os episódios. Esta realização é dos factores mais positivos, pois deixa a dúvida pairar no ar sobre suposições do que será que aconteceu e o que se passa na mente das personagens. A banda sonora também é um aspecto de respeito nesta série. A música é recorrente e apresenta muitos significados para o que bem a seguir.

What have they done?” este é o primeiro episódio da série e foca-se nas desconfianças da inspectora do caso que vitimou Perry, pois não acredita que tenha sido uma queda acidental.  As mesmas desconfianças surgem em Mary Louise que já tinha perdido um filho. O seu maior objectivo é descobrir a verdade dos acontecimentos. Atenta aos comportamentos bizarros da mãe dos seus netos, Mary Louise não vai ficar calada nesta situação. Meryl Streep está fantástica neste papel. Conseguiu apresentar-se com duas caras. A simpática avó que está sempre disponível a ajudar e a maldade que esconde no seu interior. Os pontos altos da atriz foi a pequena disputa entre ela e a personagem de Reese Witherspoon com a frase “Não gosto de pessoas pequenas, não me inspiram confiança” e o grito desalmado durante a hora de jantar para libertar a raiva do luto. Além disso os momentos que passava com Nicole Kidman era intensos, duas grandes atrizes juntas num só ecrã.

A diferença entre as duas temporadas é notória. Nesta, não temos o mistério. Já sabemos quem foi a vítima e o culpado. Agora temos um pacto de silêncio que une as cinco mulheres, intituladas de as Cinco de Monterey. Apesar de ser um drama, esta série apresenta alguns momentos de comédia, principalmente através do sarcasmo, que é uma das suas maiores armas. O argumento da lado privado é muito bom e entramos mesmo no íntimo das personagens, contudo, de um modo geral faltava algo. Houve situações mito convenientes, como o facto das crianças descobrirem sobre o pai biológico de Ziggy e a descoberta de Ed sobre a infidelidade de Madeleine.  Os flashbacks da vida de Bonnie com o tempo que esteve com a mãe foram desnecessários e deitaram por terra várias teorias sobre o seu futuro. No entanto, a interpretação de Zoe Kravitz está excelente, a atriz está mesmo um caco. Laura Dern também recebeu um arco melhor nesta temporada. A sua personagem estava histérica com motivo e proporcionou dos melhores momentos da série.

Concluindo, só a presença de Meryl Streep foi o melhor, apesar de ter sido um assunto sem desfecho, pois a sua personagem veio procurar a verdade e não aprofundou o assunto. Novas revelações, nem desenvolvimentos futuros para as personagens foram conhecidos, excepto a cena final do último episódio. Agora paira no ar. Será que “Big Little Lies” terá uma terceira temporada?

Anúncios

HBO com novo serviço em Portugal

HBO com novo serviço em Portugal

Brace yourselfs que uma nova plataforma de streaming chegou…

Desde a semana passada que já pode assistir às suas séries favoritas da HBO e não só na plataforma streaming do canal. Recente em Portugal promete animar os dias dos portugueses viciados em série e filmes. Numa colecção com mais de 4500 escolhas. Séries como “Guerra dos Tronos“, “Big Little Lies“, “Girls, ” True Detective“, “A Teoria do Big Bang“, “Sharp Objects“, “Westworld” e clássicos como “Os Sopranos” e “Sexo e a Cidade“. Além de séries a biblioteca de filmes está bem recheada como “Velocidade Furiosa“, “Harry Potter e os Talismãs da Morte“, “Mulher-Maravilha“.

Além destas opções existe uma categoria para crianças. Tudo pode ser visto em tablets, smartphones, computadores e televisões. A mensalidade é de 4,99€ por mês e qualquer pessoa pode subscrever e ainda conseguir um mês gratuito. A Vodafone Portugal é o distribuidor oficial e consegue pacotes especiais para os seus clientes.

A melhor maneira de começar é a fazer maratona de “Game of Thrones” já que a temporada final está a chegar. Estreia a 14 de abril. A HBO Portugal vai transmitir de imediato os episódios, por isso vamos conseguir ver na mesma altura que é transmitido no país de origem. Fiquei curiosa em experimentar, é desta que não vou sair de casa.

Podem conhecer tudo aqui: HBO Portugal

 

O que esperar de 2019…

O que esperar de 2019…

2018 foi um ano excelente com bons filmes e boa televisão. Avançamos para 2019 e já se espera como grande. No cinema excelentes estreias vão encher as salas e fantásticas séries também são aguardadas. Esta é uma lista do que melhor podem esperar para 2019.

Avengers: Endgame

Depois de um final de partir o coração em Avengers: Infinity War (crítica aqui) é esperado um final épico para os nossos heróis. Ainda muito está em jogo e a guerra ainda não terminou. Capitão América, Homem de Ferro, Viúva Negra, Homem-Formiga, terão de “arregaçar as mangas” e lutar contra o inimigo para recuperarem o que foi perdido. Espera-se muito deste filme.

Dumbo

Tim Burton decidiu adaptar esta história da Disney para live-action. O elefante de orelhas grandes que vive no circo apenas deseja reencontrar a mãe. Aquele que é dos filmes mais tristes, também apresenta um trailer repleto de emoção. Os sentimentos mantém-se e espera-se algo diferente, mas idêntico à obra original.

Aladdin

A Disney está em força este ano. Aladdin será também um live-action do filme animado. Um jovem rato de rua que acidentalmente encontra uma lâmpada mágica e tem todos os seus desejos realizados, consegue conquistar a princesa. Contudo é ameaçado quando descobrem o seu segredo. Ainda com um teaser, adocicou bastante a curiosidade que temos sobre este filme, também já conhecemos o visual de Will Smith como génio.

Rei Leão

Outro dos mais esperados o live-action do filme animado da Disney “O Rei Leão“, um clássico que terá uma nova adaptação. Simba e os outros animais da savana serão retratados com a ajuda das novas tecnologias digitais nesta história recontada e que marcou a nossa infância. O detalhe da cinematografia visual é dos factores mais esperados.

Guerra dos Tronos

O derradeiro final desta fantástica série, está próximo. A última temporada vai estrear em abril. A guerra pelo trono está quase a terminar. Muito se espera desta temporada, e os atores já revelaram que vão existir muitas surpresas. Um final agridoce. Apesar de ser mais pequena a oitava temporada, também os episódios serão maiores, quase como um filme.

Stranger Things

A data de estreia já está marcada. 4 de julho será o lançamento da terceira temporada. Os monstros do mundo inverso vão voltar e cada vez mais fortes. No dia do feriado da independência norte-americana o grupo terá uma nova batalha para defender-se e evitar que os monstros consigam chegar ao mundo deles.

Star Wars: Episódio IX

Ainda sem nada revelado sobre este filme, espera-se um muita ação e aventura. Com estreia a 19 de dezembro de 2019, o confronto entre Rey e Kylo Ren está cada vez mais próximo. Realizado novamente por J.J. Abrams (que tem muito para corrigir) este é o monumental final da saga de Luke Skywalker.

La Casa de Papel

Depois do forte sucesso da série espanhola “La Casa de Papel” a terceira temporada vai chegar à Netflix ainda este ano. Com o mesmo grupo: O Professor, Tokyo, Rio, Denver, Helsinki, Nairobi, Estocolmo e Berlin? O grupo novamente unido para mais  um fantástico assalto que nos vai colar ao ecrã (mais uma vez).

Big Little Lies

Nesta série de mistério e drama da HBO tudo é possível e cada um é o suspeito. Depois do terrível crime, as mulheres vão unir-se para guardarem um segredo em comum. Protagonizada por Nicole Kidman, Reese Witherspoon e Shailene Woodley e agora acrescentaram ao elenco Meryl Streep, tem tudo para ser boa.

The Witcher

Espera-se muito da nova séria da Netflix. “The Witcher” baseada no jogo com o mesmo nome foca-se em Geralt of Rivia, um solitário caçador de monstros que procura o seu lugar no mundo, onde as pessoas são mais desumanas do que as bestas que caça. Protagonizado por Henry Cavill está personagem vai ser o seu novo desafio.

John Wick 3

O último filme do John Wick ou “O Papão” vai estrear este ano. Depois de ser banido do mundo dos assassinos, John tem a sua cabeça a prémio. Sozinho e rejeitado, sem armas nem ajuda, terá que lutar contra todos os seus inimigos, numa guerra que ele próprio provocou. Depois de dois fantásticos filmes, Keanu Reeves volta a ser o protagonista.

Toy Story 4

A Pixar volta a recriar o seu primeiro. Depois de um fantástico terceiro filme (muito difícil será ultrapassar), Tom Hanks e Tim Allen voltam a ser Woody e Buzz Lightyear. No Verão de 2019 este filme vai animar os cinemas, com as personagens que já conhecemos e novas.

Once Upon a Time in Hollywood

 Quentin Tarantino também está a preparar uma surpresa para 2019. Juntou um elenco de luxo: Margot Robbie, Leonardo Dicaprio, Brad Pitt, Dakota Fanning, Kurt Russel e Al Pacino para a sua obra-prima. Durante o reinado de terror de Helter Skelter em Los Angels em 1969, uma dupla tenta vingar no mundo da indústria cinematográfica.

Big Little Lies

Big Little Lies

Começa com uma morte. Ninguém sabe quem é. Muito menos desconfiamos quem é o assassino. Ouvimos testemunhas. Várias testemunhas, mas nenhuma parece saber do que está a falar. Ninguém conhece a história, não verdadeiramente. Conhecemos as personagens principais. Madeline Mackenzie (Reese Witherspoon), melhor amiga de Celeste Wright (Nicole Kidman), conhece Jane Chapman (Shailene Woodley), recente na cidade de Monterey, enquanto ambas levam os seus filhos para a escola primária.

As aparências de vidas perfeitas começam a dissuadir com o avançar dos episódios. Madeline, pessoa desinibida e um pouco controladora, sofre com a desobediência da sua filha adolescente. Vive às turras com o seu ex-marido, mas tenta ser feliz ao lado do seu atual marido, que faz tudo por ela. Celeste, abdicou do seu trabalho como advogada para se dedicar inteiramente à família, aos seus filhos gémeos e marido. No seu casamento é vítima de um amor obsessivo, e incoerente liderado por muita raiva e agressão. Jane ainda não conhecemos muitas informações sobre a sua vida privada. Mãe solteira, vive quase sem a ajuda da família num lugar estranho. A amizade que tem por Madeline vai ajudá-la a resolver falhas do passado.

big-little-lies 2

Um trio feminino que se junta todos os dias depois de deixarem as crianças na escola, mas cada uma esconde os seus próprios segredos. Ao longo de sete episódios acompanhamos a história baseada no livro de Liane Moriarty. “Big Little Lies” é uma série que me fez lembrar “Donas de Casa Desesperadas“, portanto o seu enredo não contém nada de novo. Contudo a sua concepção bem realizada e o elenco de luxo tornam a série mais apelativa. Os foco principal dos temas da série são bastante atuais e que mexem bastante com a sociedade dos dias de hoje. Temos a violência doméstica, o abuso sexual, a descriminação, o bullying e como as relações pessoais que mantemos pode influenciar bastante a opinião de terceiros. Basicamente são demonstrados conflitos de como viver em sociedade. A par da excelente realização e das interpretações dos atores, temos a banda sonora que consegue captar os momentos mais emotivos.

Merecedora de prémios nos Emmy Awards de Melhor Série, Direcção, Melhor Atriz e Melhor Ator Secundário e Globos de Ouro. “Big Little Lies” consegue bem misturar o drama ao mistério, com um ligeiro tom de comédia e que torna o espectador empolgado por descobrir o final. A segunda temporada já está em gravações e Meryl Streep já foi confirmada no elenco. Considerada como das melhores séries de 2017.