Game of Thrones – Personagens influentes

Game of Thrones – Personagens influentes

 Parte 4

Mais uma semana passou, e já vamos para a quarta parte desta saga, sendo que esta semana saiu mais um trailer para alimentar ainda mais a vontade dos fãs e nos deixar a desesperar para que Abril chegue rápido.

Se ainda não viram o trailer, aqui está ele:

Neste artigo especulamos sobre o destino das principais personagens: Daenerys Targaryen, Jaime Lannister e Tyrion Lannister. Será a mãe dos dragões capaz de sobreviver à batalha e tornar-se Rainha dos 7 Reinos? Terá sorte no campo amoroso? Depois da decisão de Jaime no último episódio, será bem aceite longe de Cersei? Qual será o propósito de Tyrion? Fez uma proposta à irmã no último episódio, será que vai trair Daenerys? As teorias começam a rolar e já estamos a contar os dias para descobrir a verdade.

Daenerys Targaryen


Conhecida simplesmente por Dany ou Mhysa e mais complexamente por Daenerys of the House Targaryen, the First of Her Name, Daenerys Stormborn, The Unburnt, The Breaker of Chains, The Mother of Dragons, The Queen Across the Sea, … entre muitos outros nomes, esta é uma das personagens mais importantes e com mais impacto em toda a história, bem como a detentora de mais títulos. Irmã mais nova de Rhaegar e Viserys Targaryen e filha única do Rei Aerys II (Mad King) com a sua irmã e mulher, a Rainha Raella Targaryen, que foram expulsos do Trono de Ferro durante a rebelião de Robert Baratheon, estando a mãe grávida dela, fugiram para a ilha de Dragonstone, casa ancestral dos Targaryen, para escapar a Robert. Esta nasceu durante uma noite de tempestade, daí o nome Stormborn e a mãe acabou por morrer pouco depois, deixando-a órfã, sendo depois levada para o exilo com o seu irmão, estes acabaram em Pentos, este vendeu-a para se casar com Khal Drogo dos Dothraki, em troca de um exército, durante este casamento, esta recebe um presente especial, três ovos de dragão, o início deste casamento foi complicado para ela, mas conseguiu ultrapassar isso e comandar a seu lado, chegando mesmo a engravidar deste. No meio deste processo o irmão dela acaba por ser morto por Drogo, com ouro derretido derramado sobre a cabeça. No meio de várias tentativas de assassinato, Drogo acaba por morrer e o filho destes nasce deformado e morto, durante o funeral em que queima o corpo destes, coloca os ovos de dragão, acabando por ali nascer os pequenos e fofos dragõezinhos, fazendo todos reconhecerem-na e seguirem-na como rainha. Depois disto passou ainda por muitos maus bocados na tentativa de levar o seu exército para Westeros, procurando barcos para fazer a travessia, desde o conselho dos treze em Pyat Pree, em que chegaram a sequestrar os seus “filhos” na House of the Undying, após o reencontro em que estes cospem fogo pela primeira vez, escapando de Qarth para Astapor. Ela consegue um exército de Unsullied e encontra Missandei que a partir daí sempre a acompanhou, ordenou-os a matar os mestres e soltar todos os escravos, dominando Astapor, durante a viagem para Yunkai, Grey Worm foi o eleito como representante dos Unsullied e acabou por depois também libertar todos os escravos de Yunkai. No caminho para Meereen ela vê crianças escravas mortas e crucificadas, 163 no total e ordenou que fossem enterradas dignamente, acabando depois por fazer o mesmo aos mestres dali. Decide governar Meeren, Jorah chegou até a ser exilado, os dragões tornaram-se difíceis de controlar e assim esta teve mesmo de os prender. Esta acaba por ter a seu lado Tyrion (como Hand dela) e Jorah como conselheiros, alia-se a Yara e Theon Greyjoy que providenciam navios em troca de ajuda para derrotar o tio Euron Greyjoy e assim foi para Westeros com os Dothraki, Ironborn, Dornishmen, Reachmen, e Unsullied. Esta também tem Melissandre e Varys a seu lado também, ordenou Jon Snow (Rei do Norte) a ir ter a Dragonstone para se ajoelhar perante esta e reconhecê-la como rainha, este recusa, acaba por dar a conhecer a situação a norte da muralha e esta deixa fazer armas de dragonglass. Os Tyrell chegaram mesmo a aliar-se a esta, mas Ollena acabou por morrer, esta atacou Euron mas falhou, queimou o exercito de Tarly-Lanister, entretanto Jorah e Jon vão para norte para trazer provas da existência dos walkers, ela chega mesmo a ir lá ter, mesmo contra todos os conselhos para salvar Jon, perdendo mesmo um dos seus dragões, Viserion, morto pelo Night King, depois disto Jon jura lealdade a Daenarys. Acabamos por ver Daenerys a chegar a Dragonpit, transportada por Drogon, para a reunião com Cercei e todos os outros representantes dos diversos territórios de Westeros em que esta após ter recusado, acabou por aceitar ajudar. Daenerys navegou com Jon para norte, acabando por se envolverem. Momentos mais tarde descobrimos que eles são na realidade tia e sobrinho, mas isso ainda não é de seu conhecimento, o que será que vai acontecer quando descobrirem sobre isto?

Será que a suposta infertilidade desta vai ser superada e vai dali nascer um herdeiro Targaryen-Stark? Conseguirá Daenerys lutar contra o que aí vem e manter os seus restantes “filhos” a salvo?

Tyrion Lannister


Posto de parte desde que nasceu, Tyrion utiliza o argumento e inteligência como defesa. A “ovelha negra” da família Lannister. Por isso está habituado a não ser amado. Não tem receio de dizer o que pensa na cara, e talvez por isso, esteja sempre a ser acusado. Culpado de ter empurrado, Bran Stark da torre, Catelyn Stark, coloca-o em julgamento no Ninho da Águia. Bronn ajuda-o no combate, e conquista a sua liberdade. Tyrion volta para King’s Landing, onde se torna a Mão do Rei. Sobre a tutela do pai, desobedece a todas as suas ordens. No entanto torna-se uma grande ajuda na ameaça à coroa do sobrinho. Por tal o pai reconsidera-o como tesoureiro real. Vive um forte relacionamento com Shae, a aia da sua esposa Sansa. No entanto quando é acusado injustamente da morte de Joffrey, a sua amante culpa-o de tudo. Exigindo novamente uma libertação por combate, Tyrion não consegue prever mais solução. Oberyn Martell oferece-se como seu cavaleiro, mas morre em batalha. Certo que também vai morrer, Tyrion confessa ao seu irmão a verdade, que não está envolvido. Este ajuda-o a escapar. Mas antes Tyrion assassina o pai a sangue frio e Shae, pois descobre que tudo foi uma façanha entre ambos, pois eram amantes Convidado por Varys, viaja até Meeren para conhecer a lenda, Daenerys Targaryan. Provando a sua confiança em várias situações com o seu discurso fluente, Tyrion é congregado a Mão da Rainha. Uma forte ajuda para Daenereys na conquista ao trono. No reencontro com a sua irmã Cersei, a rainha, para o facto de todos juntos derrotarem os White Walkers que rapidamente se aproximam, Tyrion faz-lhe uma proposta. A verdade é que não sabemos o que foi conversado entre os irmãos. Acredito que está relacionado com o bebé por nascer de Cersei.

Será que Tyrion prometeu o trono à criança? Será que vai trair Daenerys? Ou terá mentido à irmã na sua proposta?

Jaime Lannister


Conhecido como o “Regicida”, Jaime Lannister sempre foi visto com desconfiança, por ser considerado um cavaleiro sem honra. Já que matou quem jurou proteger (embora tivesse uma razão válida para o fazer). Mas, também visto com inveja pois é irmão da Rainha Cersei Lannister, e cavaleiro da Guarda Real. Conhecemo-lo quando atirou Bran Stark para a morte, e julgamo-lo vilão a partir daí. Sempre foi deveras influenciado por Cersei, mas depois de ter passado por um cativeiro, ter conhecido Brienne e ter ficado sem uma mão, ele mudou gradualmente. Salvou Tyrion da morte certa e tenta agora honrar o acordo que fez ao se juntar à causa nortenha na luta contra os white walkers. Irá se reencontrar com Arya, Bran e novamente com Brienne. Será que Jaime irá cumprir a profecia do valonquar e matar Cersei? Será que terá oportunidade de viver um novo amor com Brienne? Pouco provável. Certo é que Jaime Lannister está em alta nas apostas das personagens com mais probabilidade de morrer. Contudo, acho que se isso acontecer, será uma morte digna e honrada, de forma a tornar-se também ele um exemplo para os futuros cavaleiros.

E à medida que a data de estreia desta última temporada se aproxima, a curiosidade vai aumentando exponencialmente e cada imagem e vídeo publicado pela HBO vai sendo analisado ao detalhe para tentar prever o que vai acontecer.

Qual será o destino de todas estas personagens?
Na próxima semana teremos mais um artigo desta saga, que será o último desta sequência, quem serão os escolhidos?

 

Anúncios

Isto é Vida!

Isto é Vida!

Título: Life Itself
Ano: 2018
Realização: Dan Fogelman
Interpretes: Oscar Isaac, Olivia Wilde, Annette Bening…
Sinopse: Enquanto descobrimos a vida de um jovem casal em Nova Iorque que depois da faculdade e do casamento esperam pelo primeiro filho, a viagem surpreendente da vida acontece, levando-nos numa jornada entre continentes e diferentes gerações.

Já conhecemos a escrita de Dan Fogelman em trabalhos de “This is Us” e Crazy Stupid Love“. Conhecemos o seu jeito natural de juntar pessoas e criar histórias realmente fantásticas e que apelam ao coração. Muito amor, carinho e ternura, mas também uma pitada de trágico. Foi nessa onda de juntar várias histórias marcantes diferentes, que criou o filme “Life Itself“. Juntando vários conhecidos atores como Oscar Isaac (Star Wars), Olivia Wilde (Tron), Annette Bening, Olivia Cook (Player 1) e Antonio Banderas, criou um enredo de ir às lágrimas mas que consegue fazer-nos pensar. O gosto musical do argumentista por Bob Dylan é bem notório e conseguiu captar a minha atenção pelo músico e compositor. A sua banda sonora adequa-se bastante bem neste filme.

Conhecemos fantásticas personagens que estão todas ligadas, mesmo sem o saberem. O destino de cada uma é definido pela vida que é mesmo assim. Se tal não acontecesse-se não éramos o que somos. Por isso temos de respeitar as voltas que ela dá. A narrativa comovente é dos factores mais preciosos desta obra cinematográfica. Enquanto avançamos em quatro capítulos, vamos aos poucos e poucos descobrir a verdade dos acontecimentos. Os primeiros 8 minutos do filme são confusos, mas lentamente entramos na história e na vida daquelas personagens.

As interpretações estão bem apresentadas e sentimos uma conexão com cada um dos atores nas suas personagens. “Isto é a Vida!” foi uma bela surpresa que conseguiu comover-me bastante. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

3-5-estrelas

Jack Ryan: Agente Sombra

Jack Ryan: Agente Sombra

Título: Jack Ryan: Shadow Recruit
Ano: 2014
Realização: Kenneth Branagh
Interpretes: Chris Pine, Kevin Costner, Keira Knightley…
Sinopse: Jack Ryan é um jovem recruta da CIA, disfarçado tenta infiltra-se na Rússia com o propósito de evitar um ataque terrorista.

Este é um daqueles filmes de ação que esperava-se dar origem a uma saga. Tal como “Jack Reacher“, “Missão Impossível”, “Jason Bourne“, “John Wick“,  mas não resultou. O argumento forçado e personagens sem atitude, ditaram a mediocridade do filme. Não é que o filme esteja completamente mau, é só que não se destaca dentro do género. Mais do mesmo. No entanto esta é uma personagem baseada nos livros de espionagem do escritor Tom Clancy. Muitos dos seus livros foram já adaptados ao cinema, mas esta versão mais atual saiu furada.

Chris Pine interpreta Jack Ryan, um jovem que esconde uma vida dupla. Corretor de investimentos, trabalha na verdade para a CIA. Esconde esse segredo da namorada, estudante de medicina, Cathy Mueller (Keira Knightley). Contudo numa missão à paisana, Jack infiltra-se na Rússia com o objetivo de evitar um ataque terrorista aos Estados Unidos da América.

Aproveitando ainda os acontecimentos da Guerra Fria, os argumentistas concentram a atenção para estes países super-potências: E.U.A e Rússia. Não correu bem, pois o argumento tornou-se previsível e mais uma vez delinearam os russos como os vilões do enredo. “Jack Ryan: Agente Sombra” é um filme apressado e com pouca densidade emotiva. Tudo muito feito para desenrascar. O vilão não teve um grande impacto, e o herói, Jack Ryan não sabia bem o que ali estava a fazer, safou-se apenas dos acontecimentos por mera sorte. A atriz Keira Knightley estava distraída na sua personagem e apresentou uma presença medíocre, esta personagem não ajudou a solidificar a sua carreira. Além disso não apresentou química nenhuma com Chris Pine, que tinha o esforço para avançar com mais filmes sobre este protagonista.

Concluindo tornou-se cansativo de assistir a esta longa-metragem, sem nenhum efeito de surpresa.  A pouca densidade construtiva das personagens é notória e “Jack Ryan” torna-se mais um do mesmo. O blogue atribui 2,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Game of Thrones – Personagens influentes

Game of Thrones – Personagens influentes

Parte 3

Nova semana, novo grupo de personagens. Sansa Stark, uma das personagens que mais mudou durante a história, será que no final irá finalmente se sentir livre e feliz? Theon Greyjoy é outra personagem que mudou bastante desde que o conhecemos no primeiro episódio. Sem dúvida, que fará de tudo para salvar irmã, se irá sobreviver isso já são outras suposições. Já Brienne of Tarth sempre foi igual a ela própria, destemida e honrada. Sem dúvida que será um elemento importante na guerra que se avizinha. O que vai acontecer a estas personagens? Lê e descobre.

Sansa Stark


Criada como uma donzela, a filha mais velha dos Stark, sonhava com um casamento e um príncipe encantado. Com a mão prometida a Joffrey e futuro rei, Sansa viaja para o Porto Real. Tudo muda com a morte do rei Robert. Com atitudes impassíveis e sádicas, Joffrey executa o pai de Sansa mesmo à sua frente. Abusada pelo futuro marido e prisioneira na cidade, Sansa tornar-se cúmplice de “Mindinho” que promete uma saída segura daquele local. O seu casamento com Joffrey é anulado, mas outro surge novamente. Sansa é obrigada a casar com Tyrion Lannister. O ódio de Sansa pelos Lannister aumenta, quando descobre que assassinaram o irmão e a mãe no casamento vermelho. Consegue escapar da cidade através de um plano para matar o rei Joffrey. Com a ajudo do Lorde Baelish, viaja para o Vale de Arrys, onde está a sua tia. Pouco tempo lá esteve. Lysa, tinha ciúmes de Sansa e do seu relacionamento com o Lorde Baelish. De volta a Winterfell e sua casa, Sansa volta a casar. Ramsay Bolton será o seu marido, o triplo de cruel comparando com Joffrey. Na sua noite de núpcias foi violada, as suas atitudes sádicas só pioraram de dia para dia. Decide fugir daquele local horrível juntamente com Theon. Reencontra-se com o seu irmão Jon Snow e convence-o a expulsar Ramsay de Winterfell. Sansa tem uma forte influência na Batalha dos Bastardos, quando ajuda o meio-irmão. Depois da morte de Ramsay, Winterfell volta a ser novamente dos Stark. Torna-se “Lady de Winterfell” e reencontra-se com os irmãos Bran e Arya. Sansa Stark será uma forte influência na Batalha Final, perdeu a confiança no amor, mas tornou-se numa mulher mais forte. Como ainda está legalmente casada com Tyrion, poderá continuar com ele, mas apenas como companheiro. Acredito que Sansa irá sobreviver e governar Winterfell.

Theon Greyjoy


Acho que não serei a única ao confessar que Theon Greyjoy nunca despertou muita confiança, apesar de ser quase como um filho para Ned Stark e um irmão para Robb Stark. Acho que essa desconfiança também provinha da forma como ele tratava Jon. Depois do aprisionamento e morte de Ned, Theon foi dos primeiros a proclamar Robb como Rei do Norte. Contudo, tudo não passaram de palavras ocas. Ao voltar para a sua casa, as Ilhas de Ferro, Theon reencontrou-se com o pai e a irmã, que não são fãs dos Stark ou do Norte. Plano? Theon, de forma a agradar ao pai, atacou Winterfell e proclamou-se senhor de Winterfell, não deixando alternativa para Bran e Rickon de fugir da sua própria casa. Mas, como what goes around comes around, Theon cruzou-se com Ramsay Bolton. Primeiro Ramsay fingiu ser seu aliado, mas depressa o cenário mudou. Theon sofreu uma tortura imaginável às suas mãos, tornando-o uma sombra da pessoa que foi. É como Reek que Sansa o reencontrou em Winterfell. Depois de um primeiro momento em que sucumbiu ao medo e influência de Ramsay, Theon fugiu com Sansa de Winterfell. Theon partiu depois para casa, com a finalidade de apoiar a pretensão da irmã ao trono de sal. Contudo, apareceu Euron Greyjoy, que os ameaçou. Theon foge com Yara e juntaram-se à causa de Daenerys Targaryen. Numa emboscada, Theon sucumbiu ao medo e fugiu, deixando a Yara á mercê de Euron. Depois de uma conversa frontal com Jon, Theon ganhou forças para resgatar Yara. Será que vai conseguir? Ou será que mais uma vez vai-se acobardar? Sobreviva ou morra, acho que Theon terá oportunidade de se redimir e tentar remediar os erros do passado.

Brienne of Tarth


Uma guerreira, alta e pouco amistosa, mas com uma força equivalente à dos homens mais fortes, literalmente uma mulher de armas, a única herdeira do Lord Selwyn Tarth de Evenfall Hall, na ilha de Tarth.Ela é uma mulher invulgarmente musculada e alta, com gosto pela luta desde criança, sonhando tornar-se numa cavaleira.

Começou como escudeira do rei Renly Baratheon, que acabou assassinado pouco depois pela criatura que Melisandre criou, quando todos a julgavam culpada, Catelyn Stark ajudou-a a fugir, fazendo com que ali Brienne lhe fizesse um voto de lealdade, tornando-se na sua espada.

Catelyn pediu depois para esta levar Jaime Lannister, que era prisioneiro dos Stark, como moeda de troca pelas filhas que estavam sequestradas em Kings Landing, durante este percurso Jaime e Brienne tiveram muitos momentos, não se entendiam inicialmente, mas depois deste a proteger de uma violação e este acabou mesmo por perder a mão pouco depois, cresceu ali uma admiração um pelo outro, que poderá vir a ser um amor?

Entretanto Catelyn foi morta, Sansa é agora cunhada de Jaime e Arya parece estar desaparecida, mas esta mantém a sua promessa para com Catelyn. Sansa foge de Kings Landing e Jaime pede a Brienne para encontrá-la e levá-la para um lugar seguro, longe da sua irmã e ali oferece-lhe uma nova armadura e a sua espada de Valyrian Steel, que ela nomeou de “Oathkeeper”, como presente de despedida, bem como o escudeiro de Tyrion, Podrick Payne.

Esta e Podrick vão em direção a Castle Black em busca de Sansa, mas acabam por descobrir pistas que levam até Arya, que estará acompanhada por Sandor Clegane (Hound), esta acaba por fugir durante a luta entre os dois.

Entretanto esta conseguiu matar o culpado pela morte de Renly, Stannis Baratheon, voltando para salvar a Sansa e depois levou-a para a segurança do seu meio irmão Jon Snow em Castle Black.

Ela conseguiu cumprir o seu dever por completo para com Catelyn Stark ao ter Sansa, Arya e Bran em Winterfell juntos. Durante um dos treinos com Podrick ainda fez uma pequena luta com a Arya e a sua espada “Neddle”, chegando a um bom empate.

Ela depois foi enviada por Sansa para Kings Landing para negociar com a Cercei, sendo que de seguida chegam Jon Snow e Daenerys Targaryan, ou seja ela esteve presente quando Cercei inicialmente recusou ajudar, mas no final pareceu que afinal iria ajudar.

Qual será o papel de Brienne nesta nova temporada? Será que as coisas entre ela e Jaime vão evoluir?

Sem dúvida que ninguém ficará indiferente ao final destas três personagens, resta-nos especular sobre o destino e o impacto destas na temporada que está para vir. Vamos descobrir mais sobre outras personagens no próximo artigo da saga, curiosos para saber quem são? Fiquem atentos e até para a semana.

 

Beleza Colateral

Beleza Colateral

Título: Collateral Beauty
Ano: 2016
Realização: David Frankel
Interpretes: Will Smith, Edward Norton, Kate Winslet, Helen Mirren…
Sinopse: Depois de uma tragédia, um homem com dúvidas para o Universo escreve uma carta para a Morte, Tempo e Amor. Recebe estranhas respostas e percebe que a vida tem outro significado de beleza.

Howard (Will Smith) era um homem feliz. No discurso da abertura da sua empresa falava sobre a importância de três tópicos: morte, tempo e amor. Essenciais à vida de cada um dos seres humanos e apenas no que pensávamos diariamente. Três anos depois Howard é um homem infeliz. Em desespero após a morte da filha de seis anos, escreve furiosas caras aos três principais responsáveis: morte, tempo e amor. Como o seu estado estava incapaz de conseguir controlar a sua empresa, os seus três amigos e colaboradores decidem ajuda-lo e para isso contratam um grupo de atores para personificarem-se nessas personagens e dar algum sentido à vida de Howard. Mas a resposta que vão ter vai ser surpreendente.

Neste filme conhecemos várias personagens, interpretadas por um elenco fantástico que se juntam numa mesma situação. O argumento é doce e meigo e percebemos os motivos das exigências da vida, por mais dolorosas que sejam. As personagens vão evoluindo ao longo do filme, contudo interpretei o final como muito apressado, mas com um forte twist.

Podemos parecer todos diferentes, a nível de gostos, personalidade, sonhos, mas somos todos iguais com o que temos. “Beleza Colateral” é uma obra dramática que contextualiza de forma agradável, mas triste aquilo que temos e perdemos. Concluindo esta obra cinematográfica apresenta-se como mediana, mas aborda temas fortes. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

3-5-estrelas

Stranger Things Experience Porto

Stranger Things Experience Porto

Nestes fim-de-semana passados entrei num portal que nos direcciona para os anos 80. Os jogos arcade, as roupas coloridas e aquela vibe de fição científica e fantasia. A Netflix propôs aos nortenhos uma experiência total de Stranger Things, tal como meses atrás realizaram em Lisboa. Ouviram as nossas preces e claro que eu não podia perder esta oportunidade de conhecer os cenários e props da série. Apelo para mais actividades do género de outras séries da plataforma online.

A fila era grande, mas valeu totalmente a pena. Não deixei de tirar fotos a todos os espaços. Prestei a minha homenagem à personagem Barb, que ficou totalmente esquecida no Mundo ao Contrário e apoio o #justiceforbarb. Passeei de bicicleta pelas paisagens da série e ainda comunicaram comigo no sofá da Joyce. Ainda fui a tempo do Snow Baile de 1984. Uma experiência engraçada para qualquer fã da série. Que venham mais momentos assim.

StrangerThings-Blogbeautifuldreams (2)

No fim-de-semana passado juntamente com um grupo de amigos, experimentei o Escape Room baseado em “Stranger Things” o cenário estava muito idêntico aos anos 80 e não posso spoilar muito sobre o assunto, pois tem que visitar. A empresa é White Rabbit e fica localizado no Porto.  Concluindo esta foi uma antevisão para a estreia da terceira temporada da série “Stranger Things” que estreia no dia 4 de julho na Netflix. Eu por aqui já estou ansiosa.

 

A Agente Vermelha

A Agente Vermelha

Título: Red Sparrow

Ano: 2018

Realização: Francis Lawrence

Interpretes: Jennifer Lawrence, Joel Edgerton, Matthias Schoenaerts…

Sinopse: A bailarina Dominika Egorova é recrutada para a escola de agentes, um serviço russo de inteligência, onde ela se foca no seu corpo como uma arma. A sua primeira missão é encontrar o agente da CIA que está a por em causa as duas nações.

Jennifer Lawrence é a protagonista deste filme de espionagem. Dominika Egorova, uma russa bailarina, desde criança sempre sonhou pertencer ao Bailado russo. Contudo a sua vida muda radicalmente quando se magoa gravemente em palco. Sem hipóteses de voltar a dançar e para ganhar dinheiro para cuidar da mãe doente, é obrigada pelo tio a trabalhar para ele. Entra num escola especial de inteligência russa, onde aprende a utilizar o seu corpo como arma, através de prazeres sexuais. Dominika muda de identidade e torna-se na agente vermelha. Numa rede de traição e infiltrados entre a Rússia e os Estados Unidos da América, a jovem terá de aprender a sobreviver neste mundo de desconfiança.

Realizado por Francis Lawrence, conhecido em filmes como Constantine, I am Legend, e três filmes da saga Hunger Games. Daí voltou a recrutar Jennifer Lawrence para a sua protagonista. A atriz apresenta uma exposição física muito grande nesta obra cinematográfica, algo que ainda não tínhamos visto. Mas nestas cenas era justificável para o desenvolvimento da personagem. O seu sotaque foi alterado para um russo, o que em algumas falas está perfeito, noutras nem por isso. O papel de Jeremy Irons também é interessante neste filme.

A narrativa está interessante, e voltamos à mesma guerra entre a Rússia e Estados Unidos da América. Só a partir de meio do filme é que começa a tornar-se mais surpreendente. Sobraram algumas pontas soltas, mas conseguiram superar tudo no final. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

3-5-estrelas

 

Game of Thrones – Personagens Influentes

Game of Thrones – Personagens Influentes

Parte 2

Depois da primeira ronda de suposições sobre o final de “Game of Thrones”, os dados foram lançados novamente. Nesta semana descobre o que já aconteceu e ainda vai acontecer a estas personagens: Tormund, Varys e Bran. Será que Tormund está vivo? Sabemos que Varys não é de confiar, o que vai tramar a seguir? Será que Bran vai contar a verdade a Jon Snow sobre as suas origens? Lê e descobre.

Tormund Giantsbane


Tormund é um guerreiro muito reconhecido pelo Free Folk (Os selvagens), que vivem do outro lado da Muralha, este é um dos líderes que seguia e reconhecia Mance Rayder, como o rei para lá da muralha, aquele que os lideraria na Long Night (a noite longa). Após Mance ser morto, ele passa a ver Jon Snow como este líder e segue-o.

Apaixonou-se por Brienne mal a viu e isto deu origem a alguns momentos mais engraçados, numa série por vezes demasiado séria, como por exemplo os seus olhares descarados para ela e mais tarde o diálogo com o The Hound – Sandor Clegane, contando o seu interesse por esta.

Será que este romance entre Tormund e Brienne se vai desenvolver?
Este quase morreu na luta com os White Walkers naquela “ilha de gelo no final”, acabando mesmo por ter sido salvo por Sandor Clegane. No último episódio este estava na muralha, quando o exército liderado pelo Night King, que usa o seu novo dragão ressuscitado, Viserion, para a destruir, Tormund mandou todos correrem e em seguida vemos o rasto de destruição, ficando uma questão para esta temporada: Será que o Tormund sobreviveu?

Varys


Varys, a “Aranha” ou “Mestre dos Sussuros”, sempre foi das personagens mais misteriosas da série. Originário da cidade livre de Lys, foi vendido pelo seu mestre a um feiticeiro que o submeteu a um ritual macabro e que o mutilou para a vida. E, deixou-o para morrer. Contudo, conseguiu sobreviver. Depressa percebeu o poder que os segredos e informações poderiam ter como forma de chantagem. Juntou-se a Illyrio, e depressa ganharam fama graças à rede de informadores que disponham. E, foi dessa forma que foi convidado para o conselho do rei Aerys II. Varys percebeu qual o poder que uma informação podia ter no jogo político do poder. Também serviu como conselheiro do rei Robert Baratheon e, depois do seu suposto filho Joffrey Baratheon. Varys é manipulador e astuto, mas diz que o que faz é para o bem do reino. Realmente, ele tentou avisar Ned Stark das verdadeiras intenções de Cersei, e tentou chamá-lo à razão quando foi preso, ajudou Gendry a fugir das garras da mesma e ajudou também Tyrion, depois de ele ter morto o pai. Se ele fez por motivos altruístas ou egoístas não sabemos. Também ele fugiu com Tyrion, e juntaram-se a Daenerys Targaryen e à sua causa. É verdade que Varys conspirou com Illyrio para apoiar a causa Targaryen, por isso não foi grande surpresa quando se juntou a Daenerys. Não gosta de Melisandre e sempre se mostrou céptico em relação a profecias e visões. Devido também ao que lhe aconteceu no passado. Melisandre vaticinou a sua morte, que ele iria morrer em Westeros. Como irá morrer então o mestre dos sussurros? Por traição ou por sacrifício? E como irá reagir à pretensão de Jon ao trono, será que irá apoiar agora Jon, e destronar Daenerys? Ou terá planos para o proscrito Gendry? Certo é que Varys será uma das personagens que quase de certeza que irá morrer nesta última temporada.

Bran Stark


Dos filhos mais novos dos Stark, Bran em criança era um aventureiro. A sua vida mudou quando descobriu um grave segredo na torre, enquanto fazia escalada. Empurrado por Jamie Lannister que foi apanhado no acto com a irmã, caiu. Não morreu, mas perdeu a capacidade de andar. Após a morte do seu irmão. Rob, Bran tornou-se o senhor de Winterfell, mas o seu posto estava ameaçado. Theon Greyjoy decidiu conquistar o local e reivindicar o título. Bran conseguiu escapar do palácio que outrora fora seu. Hodor transportava Bran durante todo o caminho. Dirigiam-se para norte, mas encontraram-se com Jojen e a sua irmã. Jojen era um sensitivo tal como Bran, e ajudou-o a compreender essas habilidades. Tal é explicado quando conhece o Corvo dos Três Olhos, que aparecia nos seus sonhos. Um dos poderes de Bran é a capacidade de conseguir visões sobre o passado e assim descobrir a verdade. Foi num desses momentos que descobriu a verdade sobre as origens de Jon Snow. Bran Stark torna-se o próximo Corvo dos Três Olhos e terá a missão de controlar os seus poderes, antes dos White Walkers conquistarem os Sete Reinos. Volta para Winterfell, agora governada pelos Stark e reencontra-se com as irmãs, Arya e Sansa. A indiferença de Bran tornou-se evidente. A sua personalidade vívida perdeu-se. Agora tornou-se somente num vidente e segue essa missão com afinco. Na sua última visão, assistiu à chegada dos White Walkers à Muralha do Norte com um dragão morto-vivo a cuspir fogo azul. Bran será uma personagem importante para alinhar o destino de Jon Snow e Daenerys Targaryan e o ponto-chave para governar os Sete Reinos está nas suas visões.

Os dados estão lançados para o final da série mais épica. Descobrimos que desde o início de “Guerra dos Tronos” não podemos adorar uma personagem. Mas será que que a tua favorita vai sobreviver. Descobre durante as próximas semanas as suposições das bloggers BeautifulDreams, MoreThanEntertainment e Tagarela Geek.