Saltar para o conteúdo

CategoriaSéries de Drama

Sharp Objects

Um drama familiar tenebroso que explora os limites da sanidade mental. Amy Adams destaca-se brilhantemente no protagonismo ao lado de Patricia Clarkson.

Mulherzinhas

“Little Women” em título original foi uma série de 2017, desenvolvida pela BBC. Adaptada pelo livro de época com sucesso, escrito por Louisa May Alcott, descreve a história de quatro irmãs em plena Guerra Civil.

Socorro

“Rescue Me” no seu título original é uma série de 2004 que conseguiu sete temporadas. Talvez das primeiras séries televisivas que se focaram na tragédia do dia 11 de setembro de 2001 que abalou não só os Estados Unidos da América no seu centro, como o resto do mundo. A série aborda a vida de Tommy Gavin, um bombeiro que esteve presente nas torres gémeas após a ataque onde a sua vida mudou para sempre.

Por 13 Razões

Os temas debatidos nesta série são fortes e chegou a altura de dizer “chega” e ajudar quem mais necessita. No início de cada episódio os atores abordam os fãs com indicações de linha de ajuda caso necessitem. Um facto é que o recurso a estas linhas aumentou desde a estreia da série.

Girls

“Girls” narra a história de Hannah Horvath (Lena Dunham) uma aspirante a escritora que deverá tornar-se independente, depois dos pais lhe cortarem o crédito. Com 24 anos é acomodada, dependente, imatura e muito insegura. Hannah divide o apartamento em Nova Iorque com Marnie (Allison Williams), a mais responsável que vive presa num relacionamento que já não deseja.

Big Little Lies

Começa com uma morte. Ninguém sabe quem é. Muito menos desconfiamos quem é o assassino. Ouvimos testemunhas. Várias testemunhas, mas nenhuma parece saber do que está a falar. Ninguém conhece a história, não verdadeiramente. Conhecemos as personagens principais. Madeline Mackenzie (Reese Witherspoon), melhor amiga de Celeste Wright (Nicole Kidman), conhece Jane Chapman (Shailene Woodley), recente na cidade de Monterey, enquanto ambas levam os seus filhos para a escola primária.

Outlander

O último episódio da segunda temporada de “Outlander” deixou os fãs de coração partido. Claire (Caitriona Balfe) foi levada novamente para a sua época, o ano de 1948, para manter em segurança o bebé que mantinha no seu ventre. Entretanto Jamie (Sam Heughan) teria de continuar em 1746, e lutar na Batalha dos Culloden, tal como previa a História. Nesta nova terceira temporada, o casal terá um novo obstáculo: descobrir como podem viver um sem o outro.

The Good Fight

Logo no primeiro episódio, a série “The Good Fight” provou que pode ser controversa. Os criadores Michelle King e Robert King fizeram questão de que assim fosse. Argumentistas com opinião política vincada, já tinham apresentado essa atitude na série “The Good Wife”. Os nomes são parecidos, mas não é por acaso. “The Good Fight” é mesmo um spin-off de “The Good Wife”.

Girlboss

De auto-estima elevada e nariz empinado assim é a protagonista de “Girlboss”, Sophia Amoruso. Baseada em factos verídicos sobre a início da idade adulta até à construção do seu império.

Por 13 Razões

A Netflix brindou-nos com uma nova série no final do mês de março. “Por 13 Razões” foca-se numa mensagem forte, tão forte que conseguiu por toda a internet a falar sobre o assunto. Baseado nos livros de Jay Asher, “13 Reasons Why” é uma série original do canal de streaming

Gilmore Girls: A Year in the Life

e existe série que merecia um revival, Gilmore Girls é essa série. O final foi insosso e deixou o público cheio de dúvidas. Bem para os fãs da série na altura tiveram de esperar 9 anos para saber o que aconteceu às personagens. No meu caso foi apenas um dia, já que tenho a Netflix assisti a todos os episódios de “Gilmore Girls” de rajada, aproveitando para assistir a “A Year in the Life”.