O caminho até “Vingadores: Guerra do Infinito”

O caminho até “Vingadores: Guerra do Infinito”

O culminar de toda a história e todas as linhas temporais vão juntar-se neste próximo filme que estreia mundialmente a 26 de abril. Com esta técnica os produtores da Marvel previnem possíveis spoilers. Este será o maior e provavelmente o mais longo filme da Marvel alguma vez feito.  Esperam-se grandes surpresas (boas a más)  sobre o destino das nossas personagens favoritas.  No entanto algumas perguntas prevalecem. Será que Thanos vai conseguir todas as Pedras do Infinito? Se sim, a que custo?  Está tudo em aberto, e sem dúvida tudo pode acontecer.

Anúncios

Os 10 melhores livros de Nicholas Sparks adaptados ao cinema

Os 10 melhores livros de Nicholas Sparks adaptados ao cinema

Depois de ver mais um filme do escritor Nicholas Sparks, percebi que já os vi quase todos. Podem achar lamechas, mas de vez em quando sabe bem assistir a um filme com uma história assim. Romance e muito drama à mistura, um misto de sentimentos que ninguém fica indiferente. Esta é uma lista das melhores adaptações para cinema dos livros de Nicholas Sparks.

10º A Melodia do Adeus

Miley Cyrus conheceu o seu atual namorado Liam Hemsworth no filme “Melodia do Adeus“. Ambos interpretam um casal que se apaixona. Ronnie é uma rapariga rebelde que é obrigada a passar as férias de verão no Sul com o seu pai. Através da paixão pela música surge um romance que não vai ser fácil devido ao clima emocional de ambos.

A Melodia do Adeus - www.wook.pt

9º O Sorriso das Estrelas

Resultado de imagem para night Rodanthe gif

Por vezes é difícil entregarmos-nos ao amor. Um dos obstáculos pode ser a idade que já avançada pelo tempo, descobre que é melhor desistir. Em “O Sorriso das Estrelas“, Richard Gere e Diane Lane apaixonam-se como se fosse a primeira vez. Paul é um médico que viaja para visitar o seu filho, contudo é surpreendido pelo afeto que sente por uma mulher com um casamento fracassado numa praia perto do farol.

8º Palavras que nunca te direi

Resultado de imagem para message on the bottle movie gif

Em 1999 este foi o primeiro livro de Nicholas Sparks adaptado ao cinema. “Palavras que nunca te direi” tem como protagonista o galã Kevin Costner e Robin Wright. Theresa descobre uma estranha mensagem numa garrafa na praia. Decidida a procurar o autor daquelas palavras, parte numa viagem de auto-descoberta.

7º Juntos ao Luar

Channing Tatum (que ficou recentemente solteiro) faz par romântico com Amanda Seyfried neste filme. Um soldado apaixona-se por uma estudante conservadora no tempo que ele está em casa antes de partir para a sua missão. Juntos definem a lua como ponto de encontro. Porque não importa onde estiveres, a lua nunca é maior do que o teu polegar.

Resultado de imagem para dear john gif

6º Uma Escolha por Amor

Apesar de primeiro estranhar, gostei muito da química entre estes dois. Travis e Gabby são vizinhos e não se dão bem ao início. Na pequena vila costeira apaixonam-se apesar de já manterem uma relação. Uma trágica situação vai mudar a vida de ambos e por à prova o amor que sentem um pelo outro.

Imagem relacionada

5º Um Refúgio para a Vida

Uma mulher com um passado misterioso, muda-se para Southport, North Carolina. Começa a apaixonar-se por um viúvo e só ele vai conseguir confrontar o terrível segredo do passado dela. Este é um filme sobre recomeços e que possível sempre encontrar o amor.

Resultado de imagem para safe haven gif
Um Refúgio para a vida- www.wook.pt

4º O Melhor de Mim

Entre o passado e o presente compreendemos o romance de Dawson e Amanda. Um jovem casal que se apaixonou em adolescente, mas que uma terrível situação os separou. Reencontraram-se 20 anos depois e perceberam que o amor ainda existe, apesar de terem avançado com as suas vidas. Como não podia deixar de ser Nicholas Sparks adiciona o fator trágico à história.

Imagem relacionadaNicholas Sparks - www.wook.pt

3º Uma Vida a Teu Lado

Gosto deste por seguir uma narrativa diferente. “Uma vida a teu lado” apresenta duas histórias paralelas. Além disso adiciona o factor de ação. Luke, o cowboy de rodeo, apaixona-se por Sofia uma estudante. Contudo a vida de Luke é arriscada devido à sua perigosa profissão. Será o amor mais forte?

Resultado de imagem para the longest ride gif

2º Um Amor para Recordar

Provavelmente o primeiro filme que vi de Nicholas Sparkes. Dois adolescentes da Carolina do Norte. Landon Carter e Jamie Sullivan juntam-se depois das confusões de Landon. Obrigado a ser um aluno melhor tem a ajuda de Jamie nos estudos. Apenas existe uma regra: não se podem apaixonar. Evidentemente que algumas regras são para quebrar, contudo Jamie esconde um segredo.

Imagem relacionada

1º O Diário da Nossa Paixão

Em primeiro lugar só podia estar “O Diário da Nossa Paixão“. Já o vi uma dezena de vezes e gostos sempre. Este foi o único livro que li do autor. Allie e Noah não se suportavam. Isso até ao dia em que ele a obriga a sair consigo. Um amor de verão que será curto. Os pais da jovem não apoiam o romance e proíbem de se encontrarem. Só o tempo os vai juntar, quando passados anos se reencontram e esclarecem todo o passado. Um jovem Ryan Gosling e Rachel McAdams assumem o protagonismo.

Resultado de imagem para the notebook gif

Qual é para vocês o melhor filme?

Os melhores filmes sobre relacionamentos homossexuais

Os melhores filmes sobre relacionamentos homossexuais

Cada vez mais o cinema, dissector de histórias, apresenta-nos diferentes pontos de observação sobre personagens. Os relacionamentos homossexuais começaram finalmente a receber espaço na 7ª arte. Narrativas, algumas controversas, que se focam no amor entre pessoas do mesmo sexo, ou então faz parte de uma referência para o desenvolvimento da personagem.

O segredo de Brokeback Mountain (2005)

Realizado por Ang Lee e criado por Annie Proulx e Larry McMurtry temos a história de um amor proibido e secreto entre dois cowboys que se encontram em Brokeback Mountain. Durante anos seguimos a vida destes dois homens que descobrem o amor no cimo das montanhas. Os atores Heath Ledger e Jake Gyllenhaal são os protagonistas neste filme nomeado para os Óscares.

Resultado de imagem para Brokeback Mountain gif

Filadélfia (1993)

Num filme mais dramático, seguimos a história de Adrew Beckett (Tom Hanks) um homem infetado com o vírus da Sida é despedido da empresa onde trabalha devido à sua condição. Indignado contrata um advogado homofóbico em tempo limitado como seu único defensor para processar a empresa de indevida demissão. No elenco temos Denzel Washington e Antonio Banderas. Filadélfia conseguiu três Óscares da Academia: Melhor Ator (Tom Hanks), Melhor Argumento Original e Melhor Caracterização.

Imagem relacionada

Chama-me pelo teu nome (2017)

O mais recente filme é “Chama-me pelo teu nome” de Luca Guadagnino. Um filme bonito que se foca na iminência do primeiro amor. Elio um jovem que está a passar férias em Itália com a família, conhece Oliver um estudante americano que apareceu para ajudar do seu pai num estudo. Juntos compreendem que poeticamente uma forte conexão existe entre ambos. Os últimos 10 minutos finais são de partir o coração. Esteve nomeado para o Óscar de Melhor Filme, mas apenas conseguiu o de Melhor Argumento Adaptado.

Resultado de imagem para call me by your name gif

Os rapazes não choram (1999)

Protagonizado por Hilary Swank, “Os Rapazes não choram” é uma história original, baseado em factos reais de Kimberly Pierce, também realizadora e Andy Beinen. Brandon Teena chegou recentemente a Nebraska. Diverte-se com os amigos, bebe, e surfa. Assim conhece algumas raparigas. Começa a sentir uma atração por Lana. Contudo Brandon esconde um segredo. Na verdade o seu nome é Tenna Brandon e nasceu mulher. Quando os habitantes da vila descobrem a sua vida radicalmente. Recebeu dois Óscares este filme de Melhor Atriz Principal e Melhor Atriz Secundária.

Resultado de imagem para Boys Don't Cry gif

Milk (2008)

Baseado numa história verídica de Harvey Milk e a sua luta como um ativista gay que lutou pelos direitos gay. Tornou-se no primeiro gay a ser eleito a um cargo público na Califórnia como supervisor da cidade de São Francisco. A sua luta insistente foi retratada neste filme de Gus Van Sant. Recebeu uma mão cheia de Óscares: Melhor Ator para Sean Penn, Melhor Argumento Original, Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator Secundário, Melhor Caracterização, Melhor Banda Sonora e Melhor Montagem.

Resultado de imagem para milk movie gif

A Single Man (2009)

Na década de 1960, um professor de inglês, George, protagonizado por Colin Firth vê-se numa situação difícil, incapaz de conciliar a sua vida, um ano após a morte do seu namorado. Realizado por Tom Ford, este é um filme que se foca nas emoções reais de perder alguém e nas dúvidas da vida. George terá de encontrar o melhor caminho. “A Single Man” não recebeu nenhum Óscar mas Colin Firth esteve indicado para Melhor Ator.

Resultado de imagem para A Single Man gif

Casa de Doidas (1996)

Um bom filme de comédia com as interpretações de Robin Williams e Gene Hackman. Numa história original de Jean Poiret, baseado numa peça teatral e Francis Veber. O filme foi realizado por Mike Nichols. O proprietário de um cabaret gay e o seu companheiro drag queen terão de fingir-se heterossexuais para a namorada do filho com os pais demasiadamente moralistas. O filme esteve nomeado para melhor direção de arte. Uma comédia mesmo divertida.

Resultado de imagem para The Birdcage movie gif

Carol (2015)

O romance entre duas mulher é apresentado neste filme que se baseia nos anos 50. Therese desenvolve uma relação íntima com uma mulher mais velha. As delicadas interpretações  valeram as nomeações de Rooney Mara para melhor Atriz Secundária e a Cate Blanchett para Melhor Atriz Principal. “Carol” esteve também nomeado para Melhor Filme e Argumento Adaptado.

Resultado de imagem para carol gif

Jogo da Imitação (2014)

Uma história verídica de Alan Turing, o inventor do primeiro computador. Um herói da Segunda Guerra Mundial, que possibilitou a vitória dos Aliados. Contudo a sua vida ficou marcada pela sua homossexualidade que na época era vista como algo muito ofensivo. A interpretação de Benedict Cumberbatch foi excepcional. Conseguiu uma nomeação de Óscar, mas apenas ganhou o Óscar de Melhor Argumento Adaptado.

Imagem relacionada

Moonlight (2016)

Ainda nas bocas do mundo pelos Óscares do ano passado, “Moonlight” é muito mais do que isso. Explicado em forma de crónica, conhecemos a criança e adolescente até ao adulto de um afro-americano que é um homossexual a viver em Miami. Conseguiu o Óscar de Melhor Filme, Melhor Ator Secundário e Melhor Argumento Adaptado.

Resultado de imagem para moonlight movie  gif

6 acontecimentos que não gostei em ‘Diários do Vampiro’

6 acontecimentos que não gostei em ‘Diários do Vampiro’

A série “Diários do Vampiro” terminou no ano passado, mas ficaram-me situações entaladas que não concordei. Se fosse eu, fazia de maneira diferente, mas Julie Plec foi quem decidiu. Esta é a lista de 10 acontecimentos que não gostei em “Diários do Vampiro”.

Morte do Tyler

O Tyler não era das minhas personagens favoritas. De longe. Mas fazia parte do elenco inicial e isso já era importante. Depois de muitos episódios fugido e reencontrado na série “Originals” esta personagem teve um fim que podia ter sido evitado. Na última temporada, Damon sob a influência de Sybill mata impiedosamente Tyler.

Caroline e Alaric

Pode mesmo dizer-se que Alaric foi das personagens mais azaradas da série. Ficou sem a sua esposa, que escolheu ser vampira. A sua namorada Jenna morreu como sacrifício e a sua noiva no dia do casamento foi assassinada pelo próprio irmão. Contudo quando Caroline engravidou das suas filhas, pensou ter reencontrado o amor. Este noivo de Caroline durante três anos, mas ela só pensava noutro. A história destes dois é um pouco disfuncional e não avançou para o enredo.

Stefan ser Silas

Vampire Diaries” era uma série que se focava em Doppelgängers. Mas a insistência no assunto era tão cansativo que já aborrecia. Na quinta temporada foi apresentado um novo vilão com origem na antiga Grécia, mas não encheu as medidas. Silas era nada mais nada menos do que o Doppelgänger de Stefan.

Bad girl Elena

Quando Elena tornou-se vampira aceitou dedicar-se a fazer uma dieta apenas com sangue animal. Mas essa ideia de vegetariana de vampiro não resultou como pensado. Elena tinha fome por sangue humano. Na quarta temporada ainda não certa dos seus sentimentos amplificados esta personagem era um espírito livre e isso tornou-a muito idêntica a Katherine.

Saga dos Travelers

A quinta temporada ficou marcada pelos Travelers. Uma ceita de bruxas que de geração em geração tem transmitido o conhecimento dos seus poderosos feitiços. Esta foi a saga mais aborrecida da série “Vampire Diaries“. Um lineamento fraco dos episódios e das personagens que quase desisti de assistir à série neste momento.

Romance de Lily com Enzo

Tanto “Vampire Diaries” como “Originals” foca-se bastante no poder dos progenitores. Na temporada seis apareceu a mãe de Stefan e Damon, que pensavam estar morta. Com o avançar da história apercebemos que Enzo nutre um romance com Lily do passado. Ambos não mantém química nenhuma. Além disso torna-se um pouco estranho já que é o mesmo Enzo que começa a namorar com Bonnie.

Os filmes de heróis que mais esperamos este ano

Os filmes de heróis que mais esperamos este ano

Os estúdios de cinema encontram a sua galinha dos ovos de ouro. Os filmes de super-heróis conseguem vender bem. Quase todos os anos somos abordados com filmes dedicados a esta temática de heróis com super-poderes. Depois do filme Black Panther (que em breve terá crítica no blogue) o primeiro super-herói de cor a ter um filme próprio arrasou bilheteiras e tornou-se num dos melhores filmes da Marvel dos últimos tempos. Mas durante o ano de 2018 mais filmes do género apareceram. Aqui fica a lista.

Avengers: Infinity War

4 de maio

É já em maio que o um dos filmes mais arriscados de super-heróis vai estrear. Em Avengers: Infinity War todos os heróis da Marvel vão se juntar, para derrotar um inimigo em comum, o destruidor Thanos. Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Homem-Aranha, Guardiões da Galáxia, Dr. Strange, Black Widow, Scarlet Witch. Todos estes heróis num só filme. Vai ser ousado mas penso que vai valer a pena.

Deadpool 2

18 de maio

No mesmo mês, a Marvel não vai ter mãos a medir para tanto filme. Estreia Deadpool 2. Depois do sucesso do primeiro filme, este segundo promete mais aventura, má língua e muita ação. Ryan Reynolds volta a ser o protagonista deste anti-herói que só pensa nele.

The Incredibles 2

14 junho

A continuação do filme de super-heróis criada pela Pixar vai finalmente chegar aos cinemas. A espera foi longa mas finalmente vai estrear. A família Incredible terá novos desafios, mas ainda não sabemos muito sobre o assunto. Um filme para toda a família.

Ant-man and the Wasp

6 julho

Outra continuação dos estúdios da Marvel. Depois do filme de 2015, Ant-Man tem uma parceira, Wasp. Esta é a primeira vez desta personagem no grande ecrã. O primeiro trailer já foi lançado e podemos esperar por muita ação e comédia.

Venom

5 outubro

Venom, o vilão de Spider-man vai ter o seu primeiro filme próprio. Interpretado por Tom Hardy, será um filme que vamos torcer pelo mau da fita? A sua origem vai ser explicada e o primeiro teaser já foi lançado e eu já fiquei ansiosa.

X-men Dark Phoenix

2 novembro

Ainda não se sabe muito sobre X-Men Dark Phoenix. Quem viu o último X-Men Apocalypse percebeu que Jean Grey (Sophie Turner) para derrotar o vilão teve que soltar todo o seu poder. Tal efeito criou a Dark Phoenix, uma devastadora força mutante. O filme estreia em novembro. Ainda não tem trailer.

x_men_apocalypse

Aquaman

21 dezembro

Esta personagem já nos foi apresentada no filme “Liga da Justiça” (2017), mas as suas origens ainda não são bem conhecidas. “Aquaman” será o filme da DC lançado este ano, com Jason Momoa no principal papel.

jason momoa-got-aquaman

8 acontecimentos que não gostei em ‘Dawson’s Creek’

8 acontecimentos que não gostei em ‘Dawson’s Creek’

Quem diria que a série “Dawson’s Creek” faz 20 anos? Lembro-me de ainda ser miúda e acompanhar esta série durante as férias de verão transmitido no canal TVI (ainda não existiam os morangos com açúcar) e de achar que os adolescentes eram complicados. Revi a série quando entrei para a faculdade e tudo já fez um pouco mais de sentido. “Dawson’s Creek” também acompanhou-me durante a minha adolescência. Fui-me afeiçoando às personagens, mas existem situações que não concordo nada. Esta é a lista.

1. O trágico destino de Mitch

Ainda não recuperei dito. Mitch teve o seu fim marcado na série quando morreu de forma trágica enquanto conduzia. O problema é que o acidente foi provocado pelo próprio enquanto conduzia e comia um cone de gelado. O gelado escorregou e Mitch despistou-se. Não me convenceu.

2. O fim da amizade com Andy

Apesar dos seus problemas, Andy conseguiu fazer parte do grupo. Manteve um romance sério com Pacey, e eram os dois felizes. Considerada como a mais maternal do grupo, era também a mais responsável. Andy fazia parte da equipa, contudo a sua forte depressão abalou a amizade.

3. O caso de Joey com um professor

A personalidade da Joey não parecia a mesma na temporada. Sempre muito racional e com receio de se entregar completamente ao amor, Joey caiu no mesmo erro que Pacey na primeira temporada, ter um caso com um professor. Talvez os argumentistas tinham a intenção de tornar a protagonista mais adulta, mas tal não caiu muito bem no historial da personagem. Caracterizo este momento como esquisito.

4. O estranho romance de Dawson com Gretchem

Gretchem Witter era a irmã mais velha de Pacey. Voltou para Capeside para reunir-se novamente com a família. Ou assim pensavam. Dawson começou a conviver mais com Gretchem (a sua paixão de infância) e juntos começaram um rápido romance. Mas não tinham nada haver um com o outro.

5. A despedida da Jen

O drama principal da série focava-se no triângulo amoroso do Dawson-Joey-Pacey, e por isso algumas personagens foram completamente abandonadas à sua sorte. Jen Lindley (Michelle Williams) foi desses casos. No último episódio descobriu-se que tinha uma filha e que ia morrer. Além disso nunca chegou a encontrar o amor que tanto procurou. Não percebo este drama, a morte dela foi totalmente exagerada.

6. O forte protagonismo de Joey

Como integrante do elenco principal Joey Porter (Katie Holmes) era das personagens com mais desenvolvimento. Contudo foi um exagero. Os inúmeros namorados, as volta e acaba histórias e ainda as cantorias forçadas. A personagem era muitas vezes exposta a situações que não enquadravam na sua tipologia.

7. A traição de Andie

Logo na terceira temporada, Andie volta a Capeside, após um tempo a recuperar numa clínica. Pacey feliz com a chegada da namorada, fica magoado quando descobre que ela o traiu com um paciente da instituição. O casal termina de vez. Na minha opinião, Andie sempre foi uma pessoa pacífica, e esta situação de ter relações com outra pessoa foi muito estranha, já que ela e Pacey adiaram esse momento.

  

8. O fugaz namoro de Joey e Charlie

A Joey nunca foi muito decidida. Além de Dawson e Pacey outros romances surgiram, principalmente na sua ida para a faculdade. Charlie Todd (Chad Michael Murray) foi um desses casos. O ex-namorado de Jen aproximou-se de Joey. Juntos mantinham uma banda, e foi um dos motivos da separação do casal. Acho este casal demasiado fosco. Além disso ele já tinha andado com a Jen, a Joey não tem de ficar com todos.

Os melhores beijos do cinema em 2017

Os melhores beijos do cinema em 2017

Em Dia dos Namorados mostre o afeto e nada melhor do que um beijo apaixonado inesperado. Para comemorar este dia, o blogue escolheu 10 beijos que marcaram o cinema do ano passado. Beijos roubados, sedutores, com final feliz e românticos marcam este top. Esta é a lista.

Cipher e Dom – Velocidade Furiosa 8

Um beijo totalmente inesperado entre o protagonista e a antagonista. Chiper beija lentamente Dom como forma de provar a Letty que esta a assistir que ele está sob a sua influência. Não foi apaixonado, mas sem dúvida foi um bom beijo. Mais tarde o ator Vin Diesel vangloriou-se sobre o beijo, mas atriz Charlize Theron não achou tanta piada a esse comentário.

Anne e Phillip – O Grande Showman

Um beijo delicado e de alívio. Anne (Zendaya) feliz por Phillip (Zac Efron) estar bem, beija-o cuidadosamente no hospital.  Finalmente o casal entrega-se à paixão neste filme sobre o grande espectáculo.

Elizabeth e Will – Piratas das Caraíbas: Homens Mortos não contam histórias

Um beijo de reencontro é sempre o mais apetecível. Passados anos separados Elizabeth e Will voltam-se a reencontrarem-se e selam o amor com um beijo. A maldição foi quebrada pelo filho de ambos que assim possibilitou o pai chegar a terra firma. Os dois não falaram, nem precisaram.

Elisa e Homem Anfíbio – A Forma da Água

O romance de Guillermo del Toro foca-se no amor proibido entre uma humana e um homem anfíbio. Nesta cena final do filme, ambos estão livres finalmente. Ele beija-a ternamente enquanto lhe dá uma nova vida. Um beijo aquático infinito.

Bela e Monstro – A Bela e o Monstro

Um clássico da Disney, retratado novamente em cinema mas desta vez live-action. Bela (Emma Watson) beija apaixonadamente o Monstro (Dan Stevens)  quando o liberta da sua maldição. Um beijo digno de contos de fadas.

Erin e Jeff – Stronger A Força de Viver

Baseada numa história verídica sobre o sobrevivente ao ataque terrorista da Maratona de Boston, temos Jeff  (Jake Gyllenhaal) e Erin (Tatiana Maslany). Ambos tiveram os seus altos e baixos na relação, mas o amor conseguiu sobreviver. Esta beijo no rooftop do prédio foi o melhor.

Lorraine e Delphine em Atomic Blonde

Lorraine (Charlize Theron) uma agente do MI6 tenta terminar a sua missão. Para isso força uma conexão apaixonada com a agente francesa Delphine (Sofia Boutella). O beijo fogoso foi dado num bar. Com alcool, música e adrenalina à mistura a química entre as personagens é inquestionável.

Anastasia e Christian – As Cinquenta Sombras mais negras

Um beijo sensual no duche de roupa vestida. Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) entregam-se à paixão. Em “Cinquenta Sombras Mais Negras” este casal despe-se de pudores e beijam-se de formas originais.

Elio e Oliver – Chama-me pelo teu nome

O beijo carinhoso entre Elio e Oliver no centro da natureza é o dos momentos altos do filme. Quando finalmente estes dois se entregam ao amor. O filme apresenta uma cinematografia linear, bela e comovente que nos faz apaixonar por este casal.

Joi e K – Blade Runner 2049

Ela é uma projeção virtual, ele é um humano sintético criado por bioengenharia, contudo formaram dos casais mais lindos do cinema no ano passado. Ana de Armas e Ryan Gosling formam um casal “quase” perfeito. Nesta cena da chuva ela está feliz de finalmente conseguir sair para o exterior. Tenta exprimir a sua alegria com um beijo, mas não consegue completar a tarefa. Fica a intenção de um beijo romântico.

Séries que vão terminar em 2018

Séries que vão terminar em 2018

2018 será o ano de despedida de algumas séries de televisão. Estas são a que mais vamos sentir falta. Até ao momento estes foram os finais anunciados. Qual é a que te vai custar mais?

The Americans

Apreciada pela crítica (e com bons motivos) “The Americans” vai chegar ao fim. Os produtores sempre assim o disseram, quando chegar a altura certa, terminamos. Parece que é agora. A história segue um casal de espiões soviéticos disfarçados nos Estados Unidos da América como americanos na década de 80. A sexta temporada será a última, com 11 episódios. Estreia a 28 de março.

Scandal

O drama político criado por Shonda Rhimes vai deixa-la mais à vontade quando terminar. Olivia Pope uma das gerentes de crises da Casa Branca vai terminar a sua estadia na televisão na sétima temporada que já exibiu sete episódios em 2017. Vai voltar agora para mais onze.

House of Cards

A série que catapultou a Netflix para a fama, vai chegar ao fim. Após o escândalo com o ator Kevin Spacey, o que resultou no seu despedimento, “House of Cards” terá apenas só mais uma temporada.  Esta será apenas focada em Claire (Robin Wright), mas ainda sem data de estreia.

Nashville

Após seis temporadas baseadas em música country, “Nashville” tem o seu fim contado com 16 episódios. Muito drama e música à mistura foi o que esta série nos ofereceu nestes anos.

New Girl

A série de comédia da FOX protagonizada por Zoey Deschanel vai terminar na sétima temporada com oito episódios. Será assim o desfecho das aventuras de Jess. A estreia será no dia 10 de abril.

The Originals

Um ano depois do fim da série-mãe, “Vampire Diaries” será a vez de “The Originals” chegar ao fim. A história dos vampiros originais tentarem recuperar a sua cidade vai terminar com 13 episódios na quinta temporada, provavelmente no início da primavera. Além disso a criadora Julie Plec não descartou a possibilidade de continuar com mais um spin-off sobre os vampiros.

12 Monkeys

Esta adaptação do clássico de ficção científica de Terry Gilliam com Bruce Willis esteado em 1995 vai finalizar a história do homem mandado para o passado (nosso presente) com o propósito de encerra o desfecho de uma praga mortal que irá extinguir a Humanidade. Segundo o canal Syfy a quarta será a última.

The Fosters

A história da família adotiva mais diversa da televisão vai terminar após cinco temporadas, já no início do ano. No entanto a emissora Freeform anunciou que irá começar um nosvo spin-off da série com a presença de Callie (Maia Mitchell) e Mariana (Cierra Ramirez).

Veep

A série de comédia política da HBO vai terminar este ano. O canal televisivo já anunciou que a sétima temporada desta série vencedora de vários prémios será a última. A protagonista Julia Louis-Dreyfus explicou a decisão de concluir a produção: “Nós não queremos repetir-nos ou desgastarmo-nos”. Contudo recentemente também anunciou que estava a enfrentar um cancro da mama e iria começar os tratamentos.

Os animes que ando a ver…

Os animes que ando a ver…

A par das séries que ando a ver, para quem não leu aqui está o texto  também estou a ver anime. Normalmente consigo adiantar mais episódios na minha hora de almoço. Fica então aqui a lista do que ando a ver de momento.

Animes que ando a ver1

Sakura Card Captor: Este anime ainda é recente. Estreou há três semanas. Como sou uma fã assumida da Sakura não podia deixar escapar esta oportunidade de continuar a ver a sua história. A animação é linda e as personagens estão mais crescidas.

Boruto: Este está um pouco fora de contexto. Eu não estou a seguir Boruto. Vi alguns episódios soltos, mas nada que me surpreendesse. A história é maçadora, não acontece nada e o Boruto é um embirrento. Nada como o Naruto no seu tempo.

Inuyasha: Comecei a ver para fazer cosplay da Kagome para o Iberanime OPO no ano passado. Fiquei logo rendida a este anime. Como via os episódios no youtube e como houve um tempo que não tive internet, perdi o fio à meada e entretanto comecei a ver outras coisas, como Sabrina A Bruxinha Adolescente. Entretanto já estou a terminar esta temporada da série e já começo com o meu querido Inuysha.

One Piece: Uma relação de amor-ódio. Adiantei muitos episódios e consegui a chegar a meio do anime. Mas entretanto fiquei sem episódios e agora vou ter de começar a ver online. Algo que me custa mais. Estou empenhada a terminar este anime. No meu tempo de almoço vou aproveitar para adiantar os episódios.

Animes que ando a ver2

Fairy Tail: Este é um daqueles animes que seguia de semana em semana religiosamente. Contudo com a proximidade da manga, o anime ficou em hiatus. Já voltou e vai terminar este ano. Nunca mais recuperei “Fairy Tail“. Mas quando terminar os que me falta vou dar mais uma oportunidade.

Dragon Ball Super: Tal como “Fairy Tail” e devido às pausas semanais que fui perdendo o rasto deste anime. Tenho mesmo que me actualizar porque esta história é épica e este ano vai ser o ano de Dragon Ball.

The Heroic Legend of Arslan: Só vi um episódio porque estava à procura de um anime para começar a ver. Como era da mesma escritora de Full Metall, why not? A história parecia interessante, mas tive de abandonar o projeto porque Inuyasha chegou à frente.

Baccano: Outro anime que só vi um episódio. A história era confusa, mas foi isso que me intrigou. Não sei o motivo de não continuar, mas quero fazer isso.

Animes que ando a ver3

Nanatsu no Taizai: Não é dos meus animes favoritos. A narrativa ainda tem muito para dar. A primeira temporada terminei muito bem, mas soube que a segunda já está a ser transmitida. Mais uma para começar a ver.

Digimon Tri: Adoro Digimon. Assim que soube que este grupo ia voltar fiquei feliz da vida. Por isso tenho seguido estes mega episódios. Os últimos tem saído fracos, uma narrativa confusa e com muito para explicar. Espero que próximo seja muito melhor.

One Punch-Man: Adorei ver este anime. Muito engraçado e com personagens carismáticas.  Vai voltar ainda este ano a segunda temporada. Este não vou perder.

Attack on Titan: Terminei recentemente a segunda temporada de Attack on Titan que gostei mais do que a primeira. A história está a tornar-se mais madura e complexa o que é positivo. A continuação deve estar para breve.

Os melhores vestidos de noiva das séries de tv

Em muitas séries o final perfeito acontece com um casamento. Ou então este é só o começo de uma grande aventura. De uma maneira ou de outra, não perdemos a oportunidade de nos encantar com este momento. Esta é a lista dos melhores vestidos de noiva das séries de televisão.

Daenerys Targaryen – Guerra dos Tronos

game-of-thrones-daenerys-targaryen-123354613

O casamento aconteceu logo na primeira temporada. Daenerys era ainda uma menina inocente, vendida pelo seu próprio irmão para casar com um dothraki. Um casamento de realeza onde recebeu os ovos dos seus dragões. O vestido utilizado na cerimónia foi em tons de cinzento em tecido leve e preso com duas alças ao pescoço. Em breve Daenerys ia tornar-se uma khaleesi.

Claire Foster – Outlander

outlander

O casamento entre Claire e Jaime pode ter sido forçado pela parte de ambos, mas tornou-se bem real. O casal apaixonou-se realmente na noite de núpcias num amor que ultrapassou anos. O vestido de Claire foi preparado à época como muito tecido e volume. Em tons de branco e cinzento ficava completo com a utilização de flores como acessórios.

Elizabeth – The Crown

the-crown-guarda-roupa-6

Semelhante ao vestido utilizado pela própria Rainha Elizabeth no seu dia de casamento, este vestido é mesmo de realeza. Um vestido branco com detalhes prateados , junta-se um ramos de flores exuberante e um véu simples e fica tudo ótimo.

Blair – Gossip Girl

blair gossip girl

Blair já ditava tendências de moda na série “Gossip Girl“. Digno de uma princesa o vestido em tule com renda é simples e indicado à personagem. Para completar o look uma tiara brilhante. Infelizmente este não foi um casamento para durar, mas o vestido é lindo e isso ninguém pode negar.

April – Anatomia de Grey

April Kepner-Grey Anatomy

April Kepner ia ter o casamento de sonho. Contudo o seu coração tramou-a e deixou o noivo no altar pelo Jackson. Entretanto já não estão juntos na série. O vestido utilizado por April no casamento era bastante elegante e com uma alça rendada transparente. O penteado com uma trança segurava o longo véu.

Temperance Brennan – Bones

temperance bones

Este foi um daqueles casais que demorou, mas finalmente aconteceu. Bones como é carinhosamente tratada, escolheu um vestido bastante simples sem volume e com um corpete rendado. O penteado é discreto assim como o ramo de flores e optou por não usar véu.

Mary Stuart – Reign

Mary Stuart - Reign

Um casamento real é um casamento real. Mary Stuart utiliza um vestido trabalhoso e com muita renda de manga comprida. À cintura optou por um enfeite com pérolas. O destaque está na majestosa coroa brilhante e nos brincos compridos que utiliza.

Jane – Sherlock

Jane Watson-Sherlock

Jane optou por um casamento floral. A cor eleita para o vestido foi um tom de beije, fugindo um pouco ao comum vestido branco. John acompanhava a futura esposa na mesma cor. Para decoração do cabelo, Jane optou por uma coroa de flores que combinava bem com o ramo.

Phoebe em FRIENDS

Friends

O casamento de Phoebe parecia que estava a correr mal, mas nem o frio e a neve abalaram o casal. Casamento com neve é casamento abençoado. A cor do vestido foi diferente, afinal estamos a falar da Phoebe que não é nada tradicional. Em tom de lilás muito claro, Phoebe conseguiu destacar-se na neve e não teve frio. Houve o ramo de flores que serviu de cor no casamento.

Emily em Revenge

Emily Throne Revenge

Este não foi o vestido utilizado no casamento de Emily, serviu apenas como acessório num ensaio fotográfico sobre o casamento. Contudo não deixa de ser um vestido muito lindo e repleto de detalhe. Os folhos da saia dão um ar volumoso que combinam bem com o corpete. O colar detalhadamente bem escolhido para a ocasião.