Saltar para o conteúdo

CategoriaCrítica

A minha opinião sobre os filmes que vejo.

Crítica: O amor e outras coisas impossíveis

Emilia Greenleaf (Natalie Portman) uma advogada estagiária começa a apaixonar-se pelo seu patrão Jack (Scott Cohen) e rapidamente os dois começam a envolver-se, mas com uma pequena questão, Jack é casado com Carolyn (Lisa Krudow) uma ginecologista de sucesso e juntos tem um filho. Após o casamento de Emilia com Jack o casal tem um bebé, mas infelizmente morre com apenas uns dias de vida. Agora Emilia terá de viver e seguir em frente com essa dor, mas vai “reapreendendo” a amar novamente juntamente com Jack e com o filho deste William, um miúdo de onze anos.

Crítica: Identidade Misteriosa

Apanhados de surpresa por uma forte tempestade, dez viajantes são forçados a abrigar-se num estranho hotel. Mas em vez de um refúgio, os viajantes descobrem no hotel um perigo maior que a tempestade. Há um assassino entre eles e, um a um, começam a ser assassinados.

Crítica: Gambit

O curador de arte Harry Deane (Colin Firth, O Discurso do Rei) elabora um plano para levar Lionel Shabandar (Alan Rickman, Harry Potter), o homem mais rico de Inglaterra e ávido colecionador, a comprar um falso quadro do pintor Monet. Para servir de isco ao seu comprador recruta uma rainha do rodeo do Texas (Cameron Diaz, Professora Baldas e Doidos por Mary) para agir como uma mulher cujo avô tinha revolucionado a pintura no final da Segunda Guerra Mundial.

Crítica: Django Libertado

nchained conta a história de Django, um escravo com vendido a um caçador de recompensas alemão para ajudar na captura dos irmãos assassinos Brittle. O seu sucesso leva Schultz a libertar Django, mas os dois homens decidem permanecer juntos. Assim, Schultz persegue os criminosos mais procurados do Sul com Django a seu lado. Apesar de aperfeiçoar as suas capacidades de caça, Django mantém-se focado num objectivo: encontrar e resgatar Broomhilda, a sua mulher que perdeu no comércio de escravos há muitos anos atrás. A procura de Schultz e Django leva-os até Calvin Candie, o proprietário de “Candyland”, uma plantação infame onde os escravos são preparados pelo treinador Ace Woody a lutarem entre si por desporto. Ao explorar a plantação sob um falso pretexto Django e Schultz despertam a atenção de Stephen, um escravo da confiança de Candie. Os seus movimentos são seguidos e uma organização traiçoeira acaba por os cercar. Django e Schultz, ao tentarem escapar com Broomhilda, terão que escolher entre a independência e a solidariedade, entre o sacrifício e a sobrevivência…

Crítica: Os Miseráveis

Com a França do século XIX como pano de fundo, Os Miseráveis conta uma apaixonante história de sonhos desfeitos, de um amor não correspondido, paixão, sacrifício e redenção, num testemunho intemporal da sobrevivência do espírito humano. Jackman interpreta um ex-prisioneiro, Jean Valjean, perseguido durante décadas pelo cruel polícia Javert (Russell Crowe), depois de ter quebrado a sua liberdade condicional. Quando Valjean aceita cuidar de Cosette, a filha da operária Fantine (Anne Hathaway), as suas vidas mudam para sempre.

Crítica: O Impossível

Maria (Naomi Watts), Henry (Ewan McGregor) e os seus três filhos viajam até à Tailândia para passarem as suas férias de inverno, esperando encontrar alguns dias de descanso num paraíso tropical. Mas na manhã de 26 de Dezembro, enquanto a família relaxa na piscina após as festividades de Natal da noite anterior, um ruído aterrador surge vindo do centro da terra. Enquanto Maria permanece paralisada de medo, vê uma enorme parede de água negra, que se abate sobre todo o hotel, aproximar-se em sua direção.

Crítica: Hellboy 2 O Exército Dourado

Após a quebra de uma antiga trégua mantida há anos entre a humanidade e o reino da fantasia, o inferno na Terra está prestes a deflagrar. Um príncipe cruel procura despertar um avassalador e impedioso exército, formado por guerreiros mecânicos imortais, para acabar com a raça humana. Hellboy terá a difícil tarefa de impedir os planos do malévolo príncipe e do seu exército.

Crítica: Sangue Quente

Um vírus misterioso devastou a civilização, transformando as suas vítimas em monstros comedores de carne, sem memória das suas vidas passadas. O que resta da humanidade está escondida em bunkers fortificados, onde os sobreviventes vivem aterrorizados pelos seus antigos entes queridos. Mas tudo se altera quando um grupo de zombies esfomeados se cruza com um grupo de humanos em busca de mantimentos. R (Nicholas Hoult), um zombie com alma, fica de tal forma cativado pela bela humana Julie (Teresa Palmer) que acaba por salvá-la de ser comida pelos seus companheiros

Crítica: Die Hard 2 Assalto ao Aeroporto

Numa véspera de Natal coberta de neve, na capital da nação, um grupo de terroristas apodera-se de um importante aeroporto internacional, e mantém como reféns milhares de pessoas que viajam durante a época festiva. Os terroristas, comandos militares renegados liderados por um oficial desonesto e sanguinário (William Sadler), vieram para salvar um barão da droga das garras da justiça. Estão preparados para todas as eventualidades menos uma: John McClaine, um polícia que não está de serviço, com a sensação de um mortífero déjà vu.

Crítica: Top Gun

op Gun – Ases indomáveis um filme de 1986 realizado por Tony Scott, e com as interpretações de Tom Cruise, Kelly McGillis, Val Kilmer, Anthony Edwards, Tom Skerritt, Meg Ryan, Tim Robbins, nos principais papéis.

Crítica: Homem de Ferro 3

Quando Stark encontra o seu mundo pessoal destruído pelas mãos do seu inimigo, embarca numa angustiante busca para encontrar os responsáveis. Esta busca irá testar constantemente a sua determinação. Encostado à parede, Stark terá de lutar sozinho, contando apenas com o seu engenho e instinto para proteger os que lhe são mais próximos. Na luta para regressar, Stark descobre a resposta à questão que secretamente o tem atormentado: o homem faz o fato ou o fato faz o homem?

Crítica: As Palavras

No pico do seu sucesso, um Homem Misterioso (Jeremy Irons) descobre Rody e confronta-o com a revelação de que é ele o verdadeiro autor do romance. O Homem conta-lhe as belas mas trágicas memórias da sua juventude na Paris dos pós Segunda Guerra Mundial que levaram à criação do livro. Vendo que um outro homem pagou o preço da verdade e da visão da história, Rory é levado a confrontar as questões essenciais da criatividade, da ambição e das escolhas morais que tomou.

Crítica: Die Hard Assalto ao Arranha-Céus

No topo da cidade de Los Angeles, um grupo de terroristas invadiu um edifício, fez reféns e declarou guerra. Mas um homem conseguir escapar ao seu controlo, um polícia que não estava de serviço. Ele está agora sozinho, cansado, e é a única esperança possível. Bruce Willis é a estrela, no papel do detective John McClaine da cidade de Nova Iorque, acabado de chegar a Los Angeles para passar o Natal com a sua mulher (Bonnie Bedelia), de quem está separado. Mas enquanto McClaine espera que a festa do escritório da sua mulher termine, os terroristas tomam controlo do edifício. Enquanto o seu líder, Hans Gruber (Alan Rickman), e o seu feroz homem de confiança (Alexander Godunov) reúnem os reféns, McClaine consegue fugir sem que ninguém repare. Tendo como armas apenas o seu revólver de serviço e a sua astúcia, McClaine lança-se numa guerra solitária.

Crítica: Sherlock Holmes: Jogo de Sombras

Há um novo criminoso à solta – o Professor Moriarty (Jared Harris), e ele não é apenas intelectualmente igual a Holmes, como também a sua capacidade para o mal, juntamente com uma enorme falta de consciência, pode mesmo dar-lhe vantagem face ao conhecido detective. Quando o príncipe herdeiro da Áustria é encontrado morto, a evidência, segundo o Inspector Lestrade (Eddie Marsan), aponta para suicídio. Mas Sherlock Holmes deduz que o príncipe foi assassinado

Crítica: Dream House (2011)

Will Atenton (Daneil Craig), um publicitário de sucesso, demite-se do seu trabalho em Manhattan para se mudar com a sua mulher (Rachel Weisz) e as suas duas filhas para uma cidade em New England. Mas, enquanto se preparam para uma nova vida, descobrem que a sua casa perfeita foi palco do assassinato de uma mãe e dos seus dois filhos, e que a cidade inteira acredita que os crimes foram cometidos pelo marido, o único sobrevivente. Quando Will começa a investigar, as suas únicas pistas vêm de Ann Paterson (Watts), uma vizinha que era próxima da família que morreu. Juntos, Will e Ann, terão de descobrir quem assassinou a família da casa dos sonhos de Will.