Saltar para o conteúdo

Crítica: Larry Crowne

Título: Larry Crowne
Ano: 2011
Realização: Tom Hanks
Interpretes:  Tom Hanks, Julia Roberts, Sarah Mahoney…
Sinopse: Após perder o seu emprego, um homem de meia-idade tenta reinventar-se novamente e decide começar a estudar.

Mr. Nice Guy

Um homem de meia idade procura um novo recomeço na sua vida que atualmente parece estar sem rumo. Despedido do seu emprego do qual era muito bom no que fazia, a atravessar um processo de divórcio e com dificuldades económicas, decide voltar a estudar e começar na faculdade, para melhorar a sua vida e ter mais oportunidades de sucesso.

Tom Hanks está no protagonismo e percebesse que este ator é mesmo o vizinho da porta do lado, os seus papeis são sempre de mr. nice guy e ninguém melhor do que ele para o ser. Divide o ecrã com Julia Roberts e ambos interpretam um casal que está a reaprender a amar. Enquanto isso Tom Hanks é também o realizador deste filme com drama e romance.

O plot estava lançado e Tom Hanks, vencedor de dois Óscares da Academia com os filmes Filadélfia e Forrest Gump, ambos com o Óscar de Melhor Ator. Depois de conquistar na interpretação, Hanks decide aceitar o papel atrás das câmaras e tornar-se em realizador. Esta é a sua primeira longa-metragem e torna-se um filme bastante leviano, divertido e até satisfatório. Hanks também assume o protagonismo e torna-se Larry Crown, um funcionário de um supermercado que de um momento para o outro é despedido, só porque não tem estudos suficientes. Desempregado e com dívidas na casa devido ao seu recente divórcio, decide arranjar um emprego em part-time num restaurante, enquanto torna-se estudante de uma faculdade. Nesse momento a sua vida bastante, pois aumenta o grau de amizades e ainda recebe a simpatia de uma professora de oratória rancorosa com a sua vida (Julia Roberts), que detesta dar aulas. A vida de Larry Crowne rapidamente recebe um rumo positivo e uma esperança renovada que lhe faltava.

Nesta obra cinematográfica temos um argumento bastante leviano sobre romance que nos faz crer no melhor das pessoas. Um happy ending mesmo com as adversidades da vida. Os protagonistas estavam um pouco perdidos, mas encontraram um novo significado para a sua identidade. Este é um filme de sábado à tarde, mas com uma mensagem de positividade. Tom Hanks está indicado para este papel e até a sua realização está bastante natural, apesar de haver alguns momentos que necessitassem de algum impulso mais coerente. Contudo transformou-se num fantástico e leve filme. A química entre Hanks e Roberts, podia ter sido mais trabalhada, esta foi a primeira vez que trabalharam juntos. Julia Roberts é já a rainha das comédias românticas, mas neste filme houve emoções que falharam.

Concluindo “Larry Crowne” é uma tentativa de comédia-romance, mas não será daqueles filmes memoráveis. Fico sempre bem-disposta quando assisto aos filmes de Tom Hanks e este não foi excepção. O blogue atribui 3 estrelas em 5.

Rating: 3 out of 5.

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: