Saltar para o conteúdo

I’m not okay with this

Mente atribulada de uma adolescente

Sydney (Sophia Lillis) é a protagonista desta série que se torna só mais uma no catálogo de séries sobre adolescentes da Netflix. Sydney podia ser como qualquer um de nós. Tem as suas frustrações (muitas), uma mente atribulada, e parece não pertencer.

Mas se isso fosse tudo. Além de tentar ser uma adolescente normal, Sydney começou a despertar dentro de si, super-poderes. Poderes que a deixam descontrolada e zangada. Tem receio no que se vai tornar. Nesta nova série da Netflix juntamos o sobrenatural à mente atribulada de uma adolescente.

Nos primeiros segundos do primeiro episódio, acompanhamos uma adolescente a correr. Esta a fugir de algo, ou então está a fugir dela própria. Uma cenário de terror, quase que reconhecemos aquele momento. Parece o filme “Carrie“. Quando após um baile escolar, numa brincadeira deixam escorrer sangue de porco por cima de Carrie. Uma brincadeira que teve consequências graves, quando a jovem revela os seus poderes psíquicos. Sydney a protagonista de “I’m not okay with this” segue com o mesmo cenário de medo. A fugir, assustada, coberta de sangue. Claro que o para conhecermos o que lhe aconteceu, temos que assistir à temporada completa de sete episódios.

Primeiro conhecemos a protagonista. Interpretada pela atriz Sophia Lillis, que já a conhecíamos de excelentes interpretações (e sempre muito pesadas) como em It” e “Sharp Objects“. Somos transportados para a sua vida caótica, após a perda do pai por suicídio. A relação que tem com a mãe não é a mais amigável e ainda cuida do seu irmão mais novo. Enquanto isso lida com a escola e com a descoberta da sua sexualidade, pois sente-se atraída pela sua melhor amiga, que recentemente começou a namorar. Sozinha e desamparada, ninguém compreende os seus verdadeiros sentimentos, mas o seu vizinho da porta ao lado, faz questão de conhece-la melhor. Apesar de Sydney não estar nem aí. Para piorar a situação a jovem começa a desenvolver estranhos poderes psíquicos que manifestam-se com a sua raiva e que não consegue controla-los.

Os episódios são curtos e por isso esta primeira temporada vê-se muito rapidamente. A Netflix volta a focar-se na inconstante mente jovem com um pouco de sobrenatural, para a sua programação. O final desta temporada foi misterioso e dá vontade de conhecer mais, nomeadamente o passado da jovem e com o que está relacionado. Pois tal como a protagonista, também não percebemos o que se está a passar.

I’m not okay with this” é uma pequena série sobre o crescimento, as responsabilidades e as nossas próprias frustrações. Os furações que ocorrem dentro de nós próprios sem que nos apercebemos.

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: