Saltar para o conteúdo

Crítica: Maléfica: Mestre do Mal

Título: Maleficent: Mistress of Evil 
Ano: 2019
Realização: Joachim Rønning
Interpretes:  Angelina Jolie, Elle Fanning, Harris Dickinson…
Sinopse: Maléfica e a sua filha Aurora, começam a questionar os valores de família, enquanto novas revelações surgem sobre o lado bom e mau.

A continuação do primeiro filme baseado na vilã da Disney, Maléfica, foi lançado 5 após. Maléfica ainda não é bem vista pelo povo humano, mas juntamente com a sua afilhada Aurora, são protectoras do reino das fadas. Contudo tudo muda, quando a jovem princesa é pedida em casamento por Phillip e assim começa um jogo de interesses de política pelo povo humano e o reino das fadas. Uma reviravolta toma precedentes quando ambos os mundos entram em colisão. Ingriss (Michelle Pfeiffer) realizou um plano que promete ser eficaz para destruir a raça de Maléfica (Angelina Jolie) e todo o grupo de fadas.

Neste filme não existem rodeios, a ação é rápida e depressa os acontecimentos mais importantes acontecem. Capta logo a nossa atenção com espectador. Existe uma forte guerra e só pode haver um vencedor. Maléfica como sendo das vilãs mais respeitadas de Disney, neste filme brilhantemente interpretada por Angelina Jolie (não via outra atriz a fazê-lo) consegue fazer com que adoremos esta personagem. Além todo o filme se envolve sobre a sua história. Contudo Michelle Pfeiffer entra fortemente nesta sequela e torna-se uma vilã admirável. A sua força e destreza, sem medo de atacar é de nos fazer querer ver mais.

-Mistress! I have a little bit of news.

-*Don’t* – ruin my morning!

Diaval e Maléfica

O argumento apesar de focar-se em assuntos até interessantes, não foram muito bem resolvidos e o final foi apressado. Contudo segue uma história de fantasia aceitável e com cenários lindos, mesmo sobre castelos e princesas e ainda um guarda-roupa invejável. Um forte aplauso para o departamento de roupa pois esmerou-se bastante, o cache deve ter ficado por aí. O elenco mantém-se fantástico também. Gostei de algumas das referências que ainda conseguiram fazer com o clássico filme de animação. Concluindo este é mais um filme da Disney que nos encanta com magia, mas que ainda faltava algo para impressionar. O blogue atribui 3 estrelas em 5.

Rating: 3 out of 5.

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: