Crítica: Jojo Rabbit

Título: Jojo Rabbit
Ano: 2019
Realização: Taika Waititi
Interpretes: Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Scarlett Johansson…
Sinopse: Um jovem menino do exercito alemão, descobriu que a mãe esconde uma judia em casa.

O realizador Taika Waititi não teve medo de arriscar. Brincar com assuntos sérios pode não ser do agrado de todos, mas conseguiu a nossa atenção com este filme muito original sobre a Segunda Guerra Mundial. Jojo é um menino com 10 anos que tem um ídolo. Ele é, Adolf Hitler. Apaixonado por tudo o que é nazi e viciado na cruz suástica, vive com aqueles ideais corruptos que sempre lhe ensinaram. Ainda na escola, grande parte do seu tempo é a propagar a política nazi, distribui panfletos a apoiar Hitler, aprende a defender-se e a odiar os judeus. A sua mãe ajuda-o como pode, pois o pai está ausente e nem sempre tem apoio. Jojo tem ainda um amigo imaginário, que é nada mais nada menos do que o próprio Hitler. O próprio Taika Waititi interpreta esta personagem. A vida no campo de treino não é fácil e Jojo percebe que afinal tem o coração mole e sensível. Aliás é quando descobre que tem uma judia escondida na própria casa, que Jojo começa a descobrir ter mais respeito pelo outro.

You’re not a Nazi, Jojo. You’re a ten-year-old kid who likes dressing up in a funny uniform and wants to be part of a club.

Elsa Korr

Jojo Rabbit” é um filme diferente e mais leve sobre este período negro da história. Diferente do retratado noutros filmes de guerra, este não explora as dificuldades humanas em sobreviver, nem as implicações de morte, fome e guerra. Pelo contrário este filme utiliza o humor como principal arma e tenta disfarçar a ferida. Contudo também tem a sua quota de drama e pressiona o que estes acontecimentos de mais negativo trouxe. Apesar do elenco principal ser mais jovem, Roman Griffin Davis e Thomasin McKenzie estão perfeitos e conseguem aquele ar inocente esperado, mas ao mesmo tempo com dúvidas das decisões dos adultos. Já no elenco mais experiente temos Scarlett Johansson que está divertidissíma e recebeu a nomeação para melhor atriz secundária e Sam Rockwell, a sua personagem foi das melhores.

Concluindo, “Jojo Rabbit” é diferente, divertido e consegue ser carismático. Recebeu a nomeação para Melhor Filme, será que vai ganhar? O blogue atribui 4 estrelas em 5.

⭐⭐⭐⭐

20th Century Studios Portugal

beautifuldreams

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s