Crítica: Rocketman

Título: Rocketman

Ano: 2019

Realização: Dexter Fletcher

Interpretes:  Taron Egerton, Jamie Bell, Richard Madden…

Sinopse: Uma fantasia musical sobre a fantástica história de vida de Elton John na altura onde tentava alcançar a fama.

Já conhecíamos o nível de excentricidade do artista Elton John. As suas inovadoras performances apresentavam sempre algo de novo e empolgante. Mas nunca vimos nada como este filme. “Rocketman” é um carrossel de emoções, brilho e cores sobre os momentos mais emblemáticos da vida do músico e compositor. Desde a sua infância e ao simples facto querer ser amado, até ao talento pela música que despertou em si o gosto pelo rock e o sonho de ser o protagonista da sua história. A descoberta da homossexualidade e o sucesso imediato, com músicas originais e espectáculos sempre esgotados. O seu vício das drogas e álcool é também retratado, assim como a sua dificuldade em manter-se de pé novamente quando bateu no fundo. A fama tem destas coisas.

Não estava preparada para esta filme. Em género musical, somos levados a conhecer a vida do músico através da perspectiva das suas canções que se enquadram tão bem na duração desta obra cinematográfica. Houve um lineamento perspicaz da narrativa com movimentos e sentimentos a decorrer ao longo da música. As emoções fluem bem melhor com música.

I’ve got the number one album in America, again, I’m about to embark on the highest grossing tour in rock history, I’m personally responsible for 5% of all record sales on the entire planet, and I have the biggest headdress known to man, so, yeah, I think I’m OK!

Elton John

No protagonismo temos Taron Egerton, que tem evoluído muito como ator. Depois da sua participação em “Kingsman“, já esteve nomeado para vários prémios, o Óscar escapou-lhe este ano, mas para a próxima quem sabe. A sua interpretação está fenomenal neste filme. Um Elton John fiel e com a aprovação do original. Neste filme é apresentado a luta do artista durante a sua carreira e limitações, mas nunca perdeu o foco e conseguiu salvar-se a tempo. Este é um filme sobre procura de identidade num mundo de vícios.

O guarda-roupa é outro factor empolgante deste filme. Recriaram os fatos mais emblemáticos do músico. Com os trajes das suas atuações. Tal conseguiu acrescentar a magia do próprio Elton John à obra cinematográfica.”Rocketman” não se foca na história de vida do sucesso na música, mas sim um triunfo de vencedor das suas vulnerabilidades tal como é apresentado no início do filme e daí vamos conhecendo a raiz desses males. Contudo foram problemas que não foram bem resolvidos, apenas aceites por Elton de forma a continuar a viver e paz e conseguir finalmente ter a liberdade para encontrar o amor. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

⭐⭐⭐⭐

Paramount Pictures Portugal

beautifuldreams

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

2 thoughts on “Crítica: Rocketman

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s