Saltar para o conteúdo

Joker

Título: Joker

Ano: 2019

Realização: Todd Phillips

Interpretes:  Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz…

Sinopse: Na cidade de Gotham, um homem mentalmente perturbado e comediante, Arthur Fleck, é abalado e maltratado pela sociedade. Aceita-se como é a começa um movimento de sangue e crime. Este caminho revolucionário, leva-o ao encontro do seu alter-ego, Joker.

O desconcertante filme de Todd Phillips baseado na banda desenhada da DC que aborda Joker um dos seus principais vilões. Um filme criado para adultos e não para levar as crianças ao cinema. Este é mesmo para levar a sério. Desconfortável e instável de assistir, mas muito intenso e já está na lista como dos melhores filmes do ano.

Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) é um palhaço triste e sem talento que sempre sonhou ser um comediante. Aproveita cada trabalho que consegue encontrar, mas a vida em Gotham City é complicada. As taxas de criminalidade são muito altas e a crise económica faz parte do seu dia-a-dia. O lixo da sociedade é várias vezes retratado neste filme que tornam Arthur Fleck em “Joker”. Vive com a sua mãe, que precisa de constantes cuidados, mas que o chama de “Happy”, muito devido à sua condição de riso incontrolável, quando fica emocionalmente afectado. É deprimente assistirmos a este filme. Arthur é muitas vezes maltratado, enganado, gozado e humilhado por todos que o rodeiam. Só lhe resta uma saída deste ciclo, assumir a sua verdadeira personalidade e deixar a sua insanidade vencer e transformar-se finalmente no Joker.

O que de melhor tem esta obra cinematográfica é o desempenho fenomenal de Joaquin Phoenix. O papel que o colocou novamente nas luzes da ribalta e que está em risco de ganhar o Óscar para Melhor Ator. Phoenix assumiu o papel que muitos tinham medo de aceitar, após o brilhantismo de Heath Ledger no filme “Cavaleiro das Trevas“. Jared Leto falhou em “Suicide Squad” tornando-se num Joker comestível e sem personalidade. Mas Phoenix não caiu no mesmo erro. Mergulhou dentro desta personagem e conseguiu criar algo só dele. Ao seu próprio jeito e ritmo, este é um Joker renascido. Insano, completamente louco, divertido e com danças memoráveis.

I used to think that my life was a tragedy, but now I realize, it’s a fucking comedy.

Arthur Fleck

Além da interpretação de Joaquin Phoenix, a realização de Todd Phillips também é soberba. A forma como vaguemos, tal como a mente de Arthur sobre o que é real ou fictício é impressionante. A imagem de uma Gotham destruída está bem representada, juntando os departamentos de fotografia e guarda-roupa.

O que deixa em marca este filme, pode não ser a história sobre um vilão fictício. Outras interpretações podem induzir em erro daquilo que se pretende. Já foi proibido o uso das máscaras do filme como representação de protestos e afins. Apesar de já conhecermos um pouco da história deste vilão da DC, o realizador conseguiu criar algumas surpresas no argumento na construção deste filme. A corrida aos Óscares já começou e “Joker” está nomeado. O blogue atribui 4,5 estrelas em 5.

Rating: 4 out of 5.

Warner Bros Portugal

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

One thought on “Joker Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: