Crítica: Dois Papas

Título: The Two Popes

Ano: 2019

Realização: Fernando Meirelles

Interpretes: Anthony Hopkins, Jonathan Pryce, Juan Minujín…

Sinopse: Atrás dos muros do Vaticano o conservador Papa Bento XVI e o liberal e futuro Papa Francisco devem encontrar um caminho seguro para o futuro da Igreja Católica.

O realizador Fernando Meirelles baseou-se em factos verídicos e criou a sua própria história fictícia sobre a união pela igreja católica de mensageiros de Deus. Não existem provas reais que tais eventos aconteceram e como sabem o Vaticano é bom a guardar segredos, mas o encontro que se tornou uma amável amizade pode ter sido real. Mesmo que não por estes contornos de comer pizza, beber Fanta e ver futebol. Fernando Meirelles cria a sua própria visão daquela que poderá ter sido das decisões mais complicadas da Igreja Católica, a resignação do Papa Bento XVI ao Papado e a sucessão de Francisco à posição máxima.

Fora essas circunstâncias se é real ou não, temos um filme pacífico, apenas com comunicação, onde se fala dos Beatles, do futuro da Igreja, escândalos, e popularidade. Um argumento decisivo com apenas uma conversa entre os dois protagonistas. Anthony Hopkins e Jonathan Pryce estão brilhantemente nas suas personagens. Mesmo idênticos ao originais, o que torna esta adaptação bem mais natural e convincente.

When no one is to blame, everyone is to blame

Papa Francisco

Além o filme ser baseado apenas num momento de encontro. Temos a história do Papa Francisco explorada. As suas origens, como se tornou padre e como chegou a cardeal. Um momento da sua vida que não se orgulha. Toda essa verdade é exposta durante este filme. Além da densidade dramática exigente, são propostos vários momentos divertidos durante a conversa que surpreenderam pela espontaneidade. Neste retrato intimista sobre religião podemos conhecer que cada uma das personagens tem a sua ideia sobre Deus e como atuar em diferentes situações. Os cenários estão impecáveis e a ainda nos rendemos à beleza da Capela Sistina, pintada por Miguel Ângelo, mesmo não sendo o original. O blogue atribui 3,5 estrelas em 5.

⭐⭐⭐

beautifuldreams

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s