Dois Homens e Meio

“Dois Homens e Meio” ou em versão original “Two and Half Men” é uma série norte-americana criada por  Chuck Lorre e Lee Aronsohn, e estreou a 2003, terminado após 12 temporadas em 2015. Protagonizada por Jon Cryer e Agnus T. Jones, sendo e períodos diferentes acompanhados por Charlie Sheen e Ashton Kutcher. Neste sitcom acompanhamos o dia-a-dia numa casa com testosterona a mais.

A narrativa centra-se na Califórnia, mais precisamente em Malibu, numa casa de praia. Dois irmãos, muito diferentes um do outro, vivem juntos. Charlie é o dono da casa e vive a sua vida ao máximo. Cria jingles conhecidos e ganha muito dinheiro, diverte-se com muitas mulheres, noites exageradas e álcool. Já o irmão é considerado o oposto, um falhado e recém divorciado, oferece-se para viver com o irmão. Quase sem dinheiro, trabalha como osteopata num consultório e tem um filho de 10 anos. O rumo da história mudou drasticamente, após o tratamento ofensivo que Charlie Sheen fez aos criadores da série, e mesmo devido aos tratamento dos seus vícios. Sheen foi despedido e entrou uma nova personagem, Walden Schimidt, um bilionário da Internet que comprou a casa de Charlie e por arrasto tem o irmão dele, Alan. Walden também está a recuperar de um divórcio e aí Alan vai ser o seu grande apoio.

Imagem relacionada

A comédia machista é o ponto chave deste comédia. No entanto ainda conseguimos tirar algumas risadas de cada episódio. Um humor exagerado que até convence. Mesmo seguindo o mesmo trajecto cada episódio, consegue surpreender com o argumento imprevisível e com alguma piada.

O que ajudou a manter a segurança desta série, durante tantos anos, foi mesmo a base feminina. Além dos protagonistas masculinos, conhecemos a mãe de Alan e Charlie, uma mulher viciada em plásticas, sem carinho emocional que pensa que é mais nova. A neurótica Judith, ex-mulher de Alan que se queixa constantemente e Berta, a empregada de Charlie que tem a língua afiada e consegue meter medo. Estas foram as personagens que se mantiveram até ao fim, contudo existem muitas outras que foram recorrentes durante algum tempo.

Resultado de imagem para two and half men gif

Relativamente à mudança de protagonista da série. A atitude de Charlie Sheen não foi a mais correta, contudo a série gerava muito à sua volta, onde até o nome da personagem se mantinha igual ao seu. A sua falta foi sentida, mesmo na perspectiva diferente na chegada de Ashton Kutcher.

beautifuldreams

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s