Roteiro Itália: Florença Dia 3 e 4

Partimos de Roma logo pela manhã, apanhamos o comboio  para Florença. A viagem é cerca de uma hora e meia. Chegamos a Florença e dirigimo-nos ao hotel. Lá foi explicado os principais pontos de referência da cidade. Deixamos as malas e rumo ao destino mais longe do mapa. Queríamos visitar a Piazzale Michelangelo, que apresenta uma vista panorâmica da cidade inteira. O caminho para lá foi longo e o calor era demais, mas conseguimos. Antes ainda passamos Basílica de San Miniato al Monte o ponto mais alto. Lá existe um pequeno cemitério com grandes nomes florencenses, é o caso de Carlo Collodi (criador do Pinóquio) o mais conhecido, mas também políticos, pintores e escritores. À chegada da praça ficamos deslumbrados com tanta beleza, a vista é mesmo extraordinária. Um conselho: ver o pôr-do-sol naquele local é um serão obrigatório.

Depois descer do topo para a cidade. Paramos para almoçar num astoria (restaurante de vinhos) uma pizza. Mesmo na porta ao lado estava uma gelataria com as melhores referências do TripAdvisor e decidimos experimentar. Sabores de manteiga de amendoim, laranja, coco e chocolate. Caminhamos até ao centro da cidade pelo rio. Chegamos à ponte Vecchio, famosa pela venda de ouro de um lado ao outro. Mas nem sempre fora assim. Na época renascentista dos Médici, aquela era uma ponte importante que ligava Florença com outros locais, contudo ali só se comercializava carne. Os talhantes da época enchiam a rua com o seu negócio. O desagrado dos Médici era tanto que com o seu poder comercial expulsaram os talhantes daquele local e criaram um espaço para a venda de ouro, até aos dias de hoje.

Florença-BlogBeautifulDreams (3)
A ponte Vecchio

Como estamos em Florença e devemos ver museus, entramos no Palazzo Vecchio, espaço onde foi filmado o filme “Inferno“. No espaço é possível encontrar grandes obras de Donatello e rosto de Dante. Subimos à torre também, onde provavelmente prendiam os condenados, devido às celas encontradas enquanto subíamos as apertadas escadas. Passamos pela Capela dos Médici, onde estão lá sepultados 49 membros da família, mas não entramos. O mesmo aconteceu com a Basílica de Santa Cruz onde estão sepultados Michaelangelo e Galileu Galilei. Tudo em Florença paga-se e por isso é preciso sermos mais selectivos nos museus que visitamos.

Florença-BlogBeautifulDreams (5)
Vista panorâmica da cidade

A caminho do hotel encontramos por coincidência a famosa estátua do javali no mercado. O chamado de Mercato del Porcelli tem uma mascote, a estátua de bronze de um javali. Segundo a lenda, quem lhe tocar no focinho receberá a sua sorte, e se lhe colocarem uma moeda na boca e esta cair certinha no buraco, essa pessoa terá sorte, se não, tal não irá acontecer. Este é um ponto turístico interessante. O calor neste dia foi o mais difícil de suportar. Neste dia também foi o único que choveu, ainda bem que já estávamos no hotel. A chuva passou e fomos jantar ao restaurante La Cantinetta Osteria con Cucina. Escolhi um ravioli e estava uma verdadeira delícia.

No dia seguinte após um excelente pequeno-almoço, partimos numa excursão. Num autocarro fomos visitar novamente a Piazzale Michelangelo, onde ficamos a conhecer a história daquele espaço. Depois entramos na Galleria de la’ Accademia, um espaço utilizado como escola e frequentado por Michaelangelo. Lá podemos vislumbrar a fantástica obra-prima David, uma escultura com 5 metros de altura. Depois da visita guiada, fomos almoçar. Decidi experimentar o Hard Rock Café do local. A bebida de verão era excelente e soube mesmo bem, experimentei a hambúrguer clássica, estava tudo bom, excepto as batatas fritas, demasiadamente salgadas e indigestas. Contudo o espaço era agradável. De tarde era necessário ter forças pois íamos subir os 414 degraus do Campanário de Giotto.

Florença-BlogBeautifulDreams (4)
Fotografia da vitória da chegada ao final dos 414 degraus do Campanário

Visitamos o Museu de Santa Maria del Fiore, com as obras originais que já não podem estar na basílica para não deteorizarem-se. Lamentavelmente não conseguimos visitar o Batistério de São João, porque estava em obras, mas subimos o Campanário. Foi doloroso, mas conseguimos após muito esforço, e a vista vale a pena. Depois da visita completa pela cidade fomos lanchar, e descansar. Aproveitar a cidade enquanto ali estávamos. Fomos jantar a um local perto da estação de comboios. Optei por uma salada César, mas sabor a vinagre era muito forte. Amanhã esperava-nos outro dia noutra cidade, Veneza.

Hotel Adler Cavalieri

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s