Era uma vez

Um final feliz…

Adam Horowitz e Edward Kitsis criaram em conjunto esta série. E se as personagens que conhecemos dos contos de fada eram reais no nosso mundo? Em 2011 a emissora da Disney, ABC, aceitou o projeto. As várias personagens dos filmes que conhecemos de animação, finalmente estariam todas juntas numa só história por contar. Durante sete temporadas acompanhamos os protagonistas na sua jornada contra o mal. Mas como conseguiram aglomerar tanta personagem numa só série? Sem esquecer que somos invadidos por vários locais fictícios como: A Terra do Nunca, O País das Maravilhas, Arendelle e Oz. No centro da narrativa temos Emma Swan, uma mulher solitária que vive aborrecida com o seu dia-a-dia. No dia do seu aniversário recebe uma inesperada surpresa. Um rapaz chamado Henry, assume ser seu filho e entrega-lhe o livro “Once Upon a Time“. O menino acredita que Emma é a única que pode libertar as personagens dos contos da fada de uma maldição que lhe fez perder a memória, e viverem como pessoas normais sem magia. É nesta viagem de descobrimento que Emma decide visitar Storybrooke, a cidade onde estão presentes todas essas personagens.

Imagem relacionada

Durante 7 temporadas e 155 episódios acompanhamos as aventuras dos protagonistas dos contos de fadas como Branca de Neve, O Príncipe Encantado, A Rainha Má, Peter Pan, Bella, Capuchinho Vermelho, Elsa e Ana, Cruella de Vil, Sininho, Rumpelstiltskin, entre outras personagens e cada uma à procura do seu final feliz. Depois de uma primeira temporada muito boa, em que cada episódio apresentava uma história secreta de cada personagem. A continuação da série manteve-se desgastada, com narrativas repetitivas e personagens pouco carismáticas. Para a lista dos melhores episódios da série podes ver aqui.

O elenco original saiu no final da sexta temporada e era por aí que a série devia terminar. Mas não. Assim sendo, na sétima e última houve a necessidade de criar uma nova história com novas personagens, mas ainda com ligações ao enredo principal que conhecíamos. A repetição dos acontecimentos foi cansativo e desmotivante para adorarmos as novas personagens.

once upon a time s GIF

Apesar de já conhecermos o enredo dos vários filmes de animação da Disney. Em Once Upon a Time houve a necessidade desnecessária de redimir as maldades dos vilões e torna-los bons. Ora essa deixa era desapropriada. Apesar dos vários favoritismos e previsibilidade tornou-se numa série de fantasia com um conteúdo novo e interessante. Um crossover com imensas personagens que já conhecemos das histórias e dos filmes da Disney, nomeadamente a Mérida, Mulan, Elsa e Anna de “Frozen“. Concluindo esta série televisiva apresentava um plot interessante, mas com o tempo desgastou-se e apresentou falhas irreparáveis. Nem o episódio final conseguiu recuperar a glória perdida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s