Melhores Filmes de 2016

Com um ano a terminar fazemos uma retrospectiva do que melhor aconteceu no cinema. Desta vez apresento os melhores filmes relativamente ao seu género cinematográfico. Vamos à lista.

Finding Dory (Animação)

Depois de “À Procura de Nemo” a Pixar decidiu reinventar o sucesso do filme para “À Procura de Dory“. O argumento continua o mesmo, mas ainda continua delicioso de assistir. A voz de Ellen DeGeneres na protagonista traçam momentos hilariantes de comédia. Quando parece que o filme está a terminar, acontece uma reviravolta. Se quiseres ler a crítica completa ao filme podes fazê-lo aqui.

Capitão América: Guerra Civil (Ficção Científica)

Este ano foi muitas vezes ao cinema. A culpa desta vontade compulsiva é dos filmes de super-heróis que prefiro vê-los logo quando possa. “Capitão América: Guerra Civil” não foi exceção. Apesar do argumento pouco renovador e com algumas falhas, o enredo é aliciante. Novas personagens, o foco de heróis contra heróis é a mistura para momentos frenéticos de ação. A crítica completa podes lê-la aqui.

O Livro da Selva (Aventura)

A Disney inspirou-se no clássico “Livro da Selva” para a concretização deste live-action. Com uma história diferente e com paisagens de cortar a respiração, Neel Sethi (Mogli) é o único ator humano neste filme. Esta obra cinematográfica conseguiu chegar ao patamar do filme antecessor e por isso merece estar nesta lista. Crítica completa aqui.

Evocação 2 (Terror)

O primeiro filme foi de meter medo e este conseguiu acompanhar o seu antecessor. “Evocação 2” baseado em factos verídicos segue a profissão sobrenatural do casal Lorraine e Ed Warren. Desta vez vão a Londre para ajudar uma família contra os espíritos malignos dentro de sua casa.

La-La-Land (Musical)

Tudo é possível em La-La-Land filme escrito e realizado por Damien Chazelle e com Emma Stone e Ryan Gosling nos papéis principais. Dança, ritmo e muito ação fica prometido. Com cenários luminosos e cheios de graça, sem dúvida que este é dos melhores filmes do género musical. Um pianista de jazz apaixona-se por uma aspirante a atriz em Los Angels. Só chega a portugal em janeiro.

Animais Noturnos (Thriller)

Neste thriller obscuro realizado por Tom Ford temos  Amy Adams e Jake Gyllenhaal como protagonistas. Uma propietária de uma galeria de arte, sente-se assombrada pelo lançamento do novo romance do seu ex-marido. Um conto que ela interpreta como uma vingança. 

Deadpool (Comédia)

Deadpool” prima pelo seu atrevimento. A comédia está ao auge, afinal Tim Miller estava completamente à vontade com esta personagem. Arrogante, irónico, sarcástico e sem meios nem fim, Deadpool consegue levar a sua avante. Completamente sem pudores, está personagem atingiu o seu sucesso e até já foi confirmado o segundo filme. Crítica completa aqui.

Bons Rapazes (Crime)

Russel Crowe e Ryan Gosling juntaram-se num filme de ação e comédia. Em Los Angels, 1977, dois investigadores provados juntam-se para descobrir a verdade de um assassinato de uma atriz porno. Realizado por Shane Black (Arma Mortífera 2) o resultado só podia ser hilariante.

Hell or High Water (Western)

Na categoria de western o prémio vai para Hell or High Water. Um pai divorciado e o seu irmão ex-prisioneiro, criam um esquema de forma a salvar o Rancho da família em West Texas. Com Dale Dickey, Ben Foster e Chris Pine nos principais papeis. Num filme realizado por David Mackenzie.

Manchester by the Sea (Drama)

Um tio é forçado a cuidar do seu sobrinho adolescente após a morte do pai. Neste drama temos Casey Affleck e Michelle Williams nos principais papéis. Realizado e escrito por Kenneth Lonergan, este é sem dúvida um dos dramas do ano.

Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los (Fantasia)

Relativamente à fantasia é melhor deixarmo-nos guiar pela imaginação de J.K. Rowling. “Monstros Fantastásticos e Onde Encontrá-los” é a nova adaptação cinematográfica da escritora depois de Harry Potter. O primeiro de muitos correu bastante bem e segue as aventuras de Newt Scamander. Para a crítica completa clica aqui.

Rogue One: Uma História de Star Wars (Ação)

Para filme de ação do ano escolhi “Rogue One: Uma História de Star Wars”, a crítica podes ler aqui. De uma nova perspectiva percebemos o que se passou antes do Episódio IV. Felicity Jones lidera a equipa no papel principal.

A Luz entre os Oceanos (Romance)

Com estreia recente nos cinemas portuguesas, “The Light Betwen Oceans” fez os atores Alicia Vikander e Michael Fassbender apaixonarem-se na vida real. Por isso vamos acompanhar todo o clima romântico. Um casal que perde o filho bebé, reencontram a esperança quando salvam uma menina de um barco à deriva. Este filme promete conquistar.

Anúncios