Saltar para o conteúdo

Crítica: Um ponto de viragem

Título: You’re not you
Ano: 2014
Realização: George C. Wolfe
Interpretes: Hilary Swank, Emmy Rossum, Josh Duhamel…
Sinopse: O drama centrado numa pianista que foi diagnosticada com a doença ALS e numa jovem estudante independente que se torna sua cuidadora.

Ao assistirmos a um filme com esta temática, já sabíamos que vai dramático e talvez pesado do carácter emocional. Eu gosto de filmes assim. Filmes que não temem em esconder um realidade difícil para qual ainda não existe cura. Hilary Swank interpreta, Kate uma pianista que vive com o marido (Josh Duhamel) recebe o diagnóstico de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). Com o passar do tempo a doença começa a dificultar cada vez mais a vida de Kate. Necessita de ajuda para as tarefas mais básicas, desejando manter a sua dignidade, não quer que a olhem como uma pessoa doente, mas como alguém igual. É nesse momento que Bec, uma jovem rebelde e desatina com uma vida pessoal completamente confusa, decide ajudar Kate. Apesar da dificuldade do trabalho e da oposição do marido de Kate, as duas tornam-se amigas. Enquanto que Kate ajuda Bec a organizar a sua vida de forma a tirar melhor partido das suas escolhas, Bec faz rir Kate nos momentos que ela mais necessita.

O enredo centra-se na amizade que se constrói entre ambas as mulheres. Este é um exemplo de vida apesar de se tornar no típico cliché de Hollywood. Não sei como este desempenho de Hilary Swank não foi muito comentado. Nota-se um estudo na sua personagem, brilhantemente interpretada. Emily Rossum também não fica muito atrás. “You´re not you” não é um filme sobre a doença, mas sim os sentimentos quem por ela passa. Abrindo questões que ultimamente tem dado muito que falar, como a eutanásia e a morte com dignidade humana. O ponto final do final é o climax de toda a história e o momento mais difícil. Concluindo a mensagem principal que o filme transmite é importante, é necessário haver respeito, apesar de tudo. O blogue atribui 3, 5 estrelas em 5.

Rating: 3 out of 5.

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

One thought on “Crítica: Um ponto de viragem Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: