Crítica: Harry Potter e os Talismãs da Morte – Parte 1

harry potter and the deathly hallows part 1_1

Título: Harry Potter and the Deadly Hallows Part 1

Ano: 2010

Realização: David Yates

Interpretes: Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, Alan Rickman…

Sinopse: Enquanto Harry corre contra o tempo para salvar o mundo do mal, ele descobre a existência dos três amuletos mais poderosos dos feiticeiros: Os Talismãs da Morte.

harry potter and the deathly hallows part 1_3

Este é um filme de transição. O livro final de “Harry Potter e os Talismãs da Morte” foi dividido em duas partes. A razão pode estar na decisão da indústria querer fazer mais dinheiro, mas assim também conseguiu captar melhor os pormenores da história. Pela primeira vez o grupo dos três feiticeiros: Harry, Ron e Hermione não estão na escola. Estão sozinhos, numa jornada quase impossível, traçada por Dumbledore para Harry finalmente cumprir o seu destino. A missão é descobrir os horcruxes restantes de Lord Voldmort e destruí-los. A tarefa não é fácil: primeiro porque um horcruxe pode ser qualquer coisa e segundo, os feiticeiros ainda não sabem uma forma de os destruir. Esta Parte 1 é um filme sobre indecisões, onde a amizade é posta à prova. O final da infância termina aqui, a morte de Hedwing tem propositadamente esse significado, segundo a escritora J.K.Rowling. As crianças cresceram e agora tem de enfrentar o mundo, o vínculo que protegia Harry (a morte da sua mãe significa o amor) foi quebrado e agora numa corrida contra o tempo tem de ser um adulto “obrigado” e terminar de uma vez por todas com o mal. Muitos podem achar este filme esquisito (eu achei) estava habituada a Hogwarts, mas não é por isso que deixa de ser uma excelente aventura.

Harry Potter and the Deathly Hallows Part 1

Talismãs da Morte: Parte 1” é um filme mais nostálgico e sombrio, numa road trip à procura de pistas sobre a história de Voldemort. Neste vai-e-vem seguimos Harry, Ron e Hermione em acampamentos em florestas e descampados tentando perceber a mensagem escondida que Dumbledor deixou para o trio antes de morrer. Apesar de não conter tudo que está retratado no livro, o filme é bastante interessante com uma narrativa fluída e construtiva. Quando termina a vontade de saber a continuação é enorme, este é o factor negativo do filme ser dividido em duas partes. Para ser perfeito tinha mesmo de conseguir durar 5 horas no total. Concluindo o filme é bom, mas não aconselho a vê-lo apenas sem o filme seguinte. A Parte 1 é apenas a rampa de lançamento para algo ainda mais espectacular e o final de toda a saga. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s