Crítica: Ted

tedTítulo: Ted

Ano: 2012

Realização: Seth MacFarlane

Interpretes: Seth MacFarlane, Mark Whalberg, Mila Kunis

Sinopse: Esta animada comédia conta a história de John Bennett, um adulto que tem de lidar com um ursinho de peluche que ganhou vida como resultado de um desejo de criança… e que se recusa a deixá-lo desde esse dia. (Fonte: SapoMag)

mila-markSeth Macfarlane deixou Family Guy para realizar o seu primeiro filme. Com um humor típico e que já nos habituou, em Ted assistimos a uma comédia pouco convencional. O protagonista e nome do filme, não é um ursinho de peluche normal, não. Este reage como um adulto irresponsável e com pouca moral, mas no fundo com bom coração. O seu dono, John (Mark Whalberg) é ainda muito infantil nas suas ações e por isso não assume responsavelmente o seu compromisso com a atriz Mila Kunis (que é também a voz de Megan em Family Guy) e aí está lançado o plot do filme, que por vezes escolhas difíceis devem ser tomadas na nossa vida.

mark tedEste filme surpreendeu-me pela positiva, pois tornou-se bastante divertido de ver, com um humor simples mas engraçado, sem ser exagerado. As várias referências no filme, fazem lembrar a adolescência nos anos 80. O enredo é dinâmico e nada saturante com piadas quanto basta e até uma dose de drama para completar a história. Concluindo, Ted é para rir às gargalhadas do princípio até o fim e vale a pena conhecer esta história. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

One thought on “Crítica: Ted

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s