Saltar para o conteúdo

Crítica: Em parte incerta


Onde está a minha mulher?

Gone Girl ou Em parte incerta em título português é um filme de 2014, realizado por David Fincher, com as participações de Ben Affleck, Missi Pyle, Neil Patrick Harris, Rosamund Pike, Scoot McNairySela, Ward Tyler Perry , entre outros. Sinopse: No quinto aniversário de casamento, Nick Dunne relata que a sua bela esposa, Amy, desapareceu. Sob a pressão da polícia e com um barulho ensurdecedor causado pelos media, o retrato da união feliz de Nick e Amy começa a desmoronar-se. Rapidamente, as mentiras, os enganos e os comportamentos estranhos de Nick fazem com que todos questionem: Será que Nick Dunne matou a sua mulher? (Fonte: Sapo Cinema)

Baseado no livro de Gillian Flynn esta história de mistério segue um casal tipicamente normal, com os seus problemas típicos de casados. Até a um estranho evento que faz questionar o comportamento do marido Nick (Ben Affleck). Numa escrita cheia de impressibilidade o espectador não adivinha o desenvolvimento das personagens. Onde está Amy? O culpado é o marido do seu desaparecimento? Num enredo cheio de suspense e com um plano de fundo negro e sombrio, sobre como a psicologia humana funciona. Envolvendo problemas matrimoniais, a polícia e os meios de comunicação, tudo é possível para o seu desfecho, mesmo a mais trágica das situações. Num jogo e gato e rato, todos são culpados até provar o contrário, mas serão as provas encontradas?

David Fincher hipnotiza-nos com os seus filmes, tal é o suspense nele presente. A sua técnica, faz-nos andar à procura de pistas para descobrir como será o “grande final”. São outros filmes de mistério como: “Fight Club“, “Se7en” que devido ao seu diálogo perturbador, mas sólido, conquistou o público. Quanto aos atores, Rosamund Pike surpreende bastante com o seu papel, a atriz reencarna na perfeição a personagem. Valeu-lhe a nomeação do Oscar de melhor atriz secundária. Já Ben Affleck também não está mal. Gone Girl é surpreendente do princípio ao fim, cheio de twists que de repente muda o rumo de toda a história e tudo o que acreditamos perde o valor. Na minha opinião a falha encontra-se no final, esperava algo mais aberto. Só que viu o filme é que percebe a sua potencialidade. Eu gostei e já há muito não via um filme assim. O blogue atribui 4 estrelas em 5.

Rating: 4 out of 5.

beautifuldreams Ver todos

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

One thought on “Crítica: Em parte incerta Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: