A Lenda de Korra

A Lenda de Korra (The Legend of Korra) é uma sequela da animação Avatar: The Last Airbender começou em 2010 e terminada em 2014. Foi criada por Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko. O que pareceu uma excelente ideia, Last Airbender já tinha sido um sucesso, não correu tão bem com a Lenda de Korra. Quer dizer a história estava lá, mas devido à constante incerteza da continuação do programa, os criadores não fizeram juz à animação, e nota-se que tudo foi feito à pressa. Com um total de quatro temporadas e com 52 episódios, abrangendo os Livros: Ar, Espíritos, Mudança e Equilíbrio, focámos-nos na história de Korra uma jovem que desde pequena está destinada a ser a Avatar. Devido ao seu controlo dos quatro elementos: ar, terra, fogo e água. Achei benéfico e inovador, o facto da personagem principal ser feminina. Korra não está sozinha, a ela junta-se Mako e Bolin, também dobradores de elementos, o primeiro é do fogo e o segundo da terra, são dois irmãos. Mako é mais sério e futuro interesse amoroso de Korra, já Bolin é mais divertido, tornando-o por vezes um pouco infantil. Ao grupo ainda se junta Asami, uma jovem bonita proprietária de uma empresa de maquinaria e Tenzin, filho do Avatar anterior, Aang, que terá como missão ser mestre de Korra. O objectivo da jovem avatar é conseguir controlar todos os elementos para manter o equilíbrio no mundo.

Na minha opinião esta animação, tinha tudo para conseguir ter sucesso. Não conseguiu, deixou de ser para crianças e tornou-se algo que os adultos poderiam assistir. As personagens eram mais velhas com problemas típicas da idade. Talvez a isso deveu-se a sua baixa audiência. Não resistiu e foi cancelado pela Nicklodean (seu canal de origem), em que a sua última temporada foi transmitida online. A primeira temporada tinha um vilão interessante que conseguia retirar os poderes dos dobradores, no entanto no episódio final e a descoberta do vilão mascarado foi pouco intrigante. No segundo livro apreendemos as origens do primeiro Avatar numa luta contra o bem e o mal, mas mais uma vez a história foi mal aproveitada. Na temporada três, para mim foi a melhor, com cenas de luta incríveis e vilões com histórias de um nível mais avançado. Era tudo o que Korra precisava para melhorar, mas terminou com muito que podia ser feito. Já no último livro temos uma vilã, que também não desgostei, mas a história não foi bem explorada. Concluindo a ideia principal está excelente, mas perde-se no decorrer dos episódios, talvez devido à pressa para finalizar. Apareceram personagens do Avatar Last Airbernder (que nostalgia), que podiam ter sido melhor aproveitadas. Sempre cheio de controvérsia, os criadores queriam terminar em grande, com a mensagem de igualdade entre todos e o interesse pelo mesmo sexo, foi muito inesperada a cena final. Admito que a história desilude bastante, mas os efeitos da animação, são muito bons. Tinha tudo para ser grande mas acabou por ser muito pouco.

beautifuldreams

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries televisivas, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s