Crítica: Amityville – A Mansão do Diabo

4jnq4n

Amityville – A Mansão do Diabo ou em título original The Amityville Horror é um filme de 2005, realizado por Andrew Douglas, com as interpretações de Ryan Reynolds, Melissa George, Philip Baker Hall, Rachel Nichols nos principais papéis. Sinopse: A 13 de Novembro de 1974 a Polícia de Sufolk County recebeu uma chamada telefónica frenética que os conduziu ao 112 da Ocean Avenue em Amityville, Long Island. Dentro da grande casa, eles descobriram um local de crime horrível que abalou a pacífica comunidade: uma família foi chacinada nas próprias camas. Um ano depois, George (Reynolds) e Kathy Lutz (George) e os seus filhos mudam-se para a casa. Mas, pouco depois de se instalarem, acontecimentos bizarros e inexplicáveis começam a ocorrer…(Fonte: CinemaGate)

The Amityville Horror House 2005 Chloe Grace Moretz

Um filme de terror não deve faltar no Halloween, e este foi o escolhido do ano. Eu sei que o Dia das Bruxas já passou à muito tempo, mas ainda tenho muitas críticas de filmes em atraso. Adiante, quanto é este filme, o facto de fazer um filme de terror assustador, é o facto de ser baseado em factos verídicos, nada nos dá um arrepio maior na espinha e pelo corpo todo. Amityville é um filme baseado na realidade sobre uma casa tipicamente americana que se diz assombrada, devido ao massacre de uma família que lá ocorreu. No final do filme decidi pesquisar sobre o filme no Google e quando cheguei às imagens assustei para valer, e bastou-me para não pesquisar mais, é que a história é mesma verídica e a família acabou mesmo por morrer ás mãos do filho mais velho, segundo o próprio “ouvia vozes na sua cabeça”.

the_amityville_horror-still_2

Este filme conta com a participação de Ryan Reynolds, admito que as prestações deste ator não são excelentes, sendo que neste filme também não me impressionou. O papel principal recaí mais sobre a atriz Melissa George que interpreta a esposa e mãe, que em algumas situações apetece-lhe mesmo gritar: “Sai daí oh mulher, o mais rápido que possas”, mas ela não nos dá ouvidos, não pudemos esperar mais é um filme de terror, tem de haver  suspense. À mais nova filha do casal temos a pequena Chloë Grace Moretz que ainda era criança, mas a sua determinação e ambição é notória. Admito que estava à espera que fosse mais de “meter medo”, e por isso não tentei ver este filme sozinha, mas estava enganada. O filme vê-se, é muito previsível e a história é pouco conclusiva. É mais um filme tipicamente do género. O Blog atribui 2,5 estrelas em 5.

golden_star2golden_star2golden_star2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s